Autoeficácia docente e Educação Especial: revisão da produção de conhecimento nacional e internacional com ênfase na formação de professores

Autores

  • Bárbara Amaral Martins Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, Pioneiros, Mato Grosso do Sul
  • Miguel Claudio Moriel Chacon Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho", São Paulo, São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.5902/1984686X35883

Palavras-chave:

Eficácia, Formação docente, Educação Especial.

Resumo

O professor tem um papel fundamental na efetivação da educação inclusiva, sendo imprescindíveis, conhecimentos, motivação e recursos. No âmbito motivacional, ressalta-se a importância da autoeficácia docente, compreendida como o julgamento do professor a respeito de suas capacidades profissionais. Se um professor tem dúvidas sobre suas competências didáticas, tende a visualizar um cenário de insucesso que influi negativamente sobre seu esforço e dedicação, o que evidencia a importância de altos níveis de autoeficácia, em especial, no trabalho com estudantes pertencentes ao público da Educação Especial. Logo, é relevante buscar estratégias que a fortaleçam, de maneira que a formação docente pode ser uma alternativa. O objetivo deste estudo é verificar a produção de conhecimentos acerca da autoeficácia docente no contexto da Educação Especial no Brasil e no exterior, e, analisar as pesquisas que investigaram os efeitos da formação sobre a autoeficácia de professores para a inclusão escolar. Revisaram-se, sistematicamente, artigos, teses e dissertações levantados a partir de seis bases de dados nacionais e internacionais, totalizando 74 produções que relacionam autoeficácia docente e Educação Especial, cinco delas, brasileiras. A análise ocorreu a partir da leitura dos trabalhos, elaboração de quadros de registro e estatística descritiva. Do total, as 12 pesquisas que envolviam formação de professores foram analisadas qualitativamente e demonstraram que a formação pode aumentar os níveis de autoeficácia docente, de modo que tal probabilidade é ampliada com a articulação entre teoria e prática bem-sucedida. Enfatiza-se a potencialidade das experiências vicárias na formação docente enquanto uma das principais fontes de autoeficácia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bárbara Amaral Martins, Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, Pioneiros, Mato Grosso do Sul

Mestre e Doutora em Educação pela Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho", Campus de Marília, com doutorado sanduíche na Universidade do Minho, Portugal. Docente do curso de Pedagogia da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, Campus do Pantanal.

Miguel Claudio Moriel Chacon, Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho", São Paulo, São Paulo

Mestre em Educação pela Universidade Estadual de Campinas. Doutor em Educação Brasileira pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" com doutorado sanduíche no Instituto de Ciências Humanas e Sociais - Université Rene Descartes, Paris V, Sorbonne. Pós-Doutor em Educação pela Universidade Federal de Santa Maria. Professor assistente doutor do Departamento de Educação Especial e do Programa de Pós-Graduação em Educação da Faculdade de Filosofia e Ciências - UNESP, Campus de Marília.

Referências

ALMEIDA, C. M. et al. Urban and Rural Preservice Special Education Teachers' Computer Use and Perceptions of Self-Efficacy. Rural Special Education Quarterly, v. 35, n. 03, p. 12-19, set. 2016.

ANDREU, L.; PALLARÉS, À; JUÁREZ, Ó. La incidência del entrenamiento en el nível de eficácia percebida: un estudio en un equipo feminino de fútbol. In: SALANOVA, M. [et al.]. Nuevos horizontes em la investigación sobre la autoeficacia. Castelló de la Plana: Publicacions de la Universitat Jaume I, D.L. 2004, p. 205-211.

AZZI, R. G.; POLYDORO, S. A. J.; BZUNECK, J. A. Considerações sobre a auto-eficácia docente. In: AZZI, R. G.; POLYDORO, S. A. J. (Orgs.). Auto-eficácia em diferentes contextos. Campinas, SP: Editora Alínea, 2006, p. 149-159.

BANDURA, A. Regulation of Cognitive Process Through Perceived Self-efficacy. Developmental Psychologycal, v. 25, n. 05, p. 729-735, 1989.

BANDURA, A. Self-efficacy: the exercise of control. New York: W.H. Freeman and Company, 1997.

BOOMGARD, M. C. Changes in perceived teacher self-efficacy and burnout as a result of facilitated discussion and self-reflection in an online course designed to prepare teachers to work with students with autism. San Francisco: USF, 2013. 212f. Tese (Doutorado em Educação), Faculdade da Escola de Educação, Universidade de San Francisco, 2013.

BOUJUT, E. et al. Self-efficacy and burnout in teachers of students with autism spectrum disorder. Research in Autism Spectrum Disorders, v. 36, p. 08-20, Abr. 2017.

BURTON, D.; PAC, D. Preparing Pre-Service Teachers to Teach Mathematics in Inclusive Classrooms: A Three-Year Case Study. School Science and Mathematics, v. 109, n. 02, p. 108-115, Fev. 2009.

CAPES. Resultado da Avaliação Quadrienal 2017. Disponível em: ˂http://avaliacaoquadrienal.capes.gov.br/resultado-da-avaliacao-quadrienal-2017-2˃. Acesso em: 31 de julho de 2018.

CHAO, C. N. G. et al. Improving teachers’ self-efficacy in applying teaching and learning strategies and classroom management to studentes with special education needs in Hong Kong. Teaching and Teacher Education, v. 66, p. 360-369, ago. 2017.

COLEMAN, M. E. Enhancing teacher efficacy and pedagogical practices amongst general and special education teachers. Estados Unidos: Rowan University, 2017. 242f. Tese (Doutorado em Educação), Faculdade de Educação, Rowan University, 2017.

FORLIN, C.; LOREMAN, T.; SHARMA, U. A system-wide professional learning approach about inclusion for teachers in Hong Kong. Asia-Pacific Journal of Teacher Education, v. 42, n. 03, p. 247-260, abr. 2014.

GAO, W.; MAGER, G. Enhancing Preservice Teachers' Sense of Efficacy and Attitudes toward School Diversity through Preparation: A Case of One U.S. Inclusive Teacher Education Program. International Journal of Special Education, v. 26, n. 02, p. 92-107, 2011.

IAOCHITE, R. T. et al. Autoeficácia no campo educacional: revisão das publicações em periódicos brasileiros. Psicologia Escolar e Educacional, v. 20, n. 01, p. 45-54, jan./abr. 2016.

LANCASTER, J.; BAIN, A. The design of pre-service inclusive education courses and their effects on self-efficacy: A comparative study. Asia-Pacific Journal of Teacher Education, v. 38, n. 02, p.117-128, 2010.

LEONARDO, F. C. L. Associações entre crenças e autoeficácia e estratégias inclusivas adotadas por professores universitários. Presidente Prudente: UNOESTE, 2017. 68f. Dissertação (Mestrado em Educação), Universidade do Oeste Paulista, Presidente Prudente, 2017.

MARTÍNEZ, M. I. Autoeficacia aplicada al trabajo y a las organizaciones. In: SALANOVA, M. [et al.]. Nuevos horizontes en la investigación sobre la autoeficacia. Castelló de la Plana: Publicacions de la Universitat Jaume I, D.L. 2004, p. 178-186.

OMOTE, S. Produção Acadêmica em Educação Especial. In: OMOTE, S.; OLIVEIRA, A. A. S.; CHACON, M. C.M. Ciência e Conhecimento em Educação Especial. São Carlos: Marquezine & Manzini: ABPEE, 2014, p. 13-24.

PEEBLES, J. L.; MENDAGLIO, S. The impact of direct experience on preservice teachers’ self-efficacy for teaching in inclusive classrooms. International Journal of Inclusive Education, v. 18, n. 12, p. 1321-1336, abr. 2014.

SANINI, C.; BOSA, C. A. Autismo e inclusão na educação infantil: Crenças e autoeficácia da educadora. Estudos psicológicos, Natal, v. 20, n. 03, p.173-183, jul./set. 2015.

SCHMID, M. B. S. Autoeficácia de professores: análise de modelo de intervenção para o uso das tecnologias digitais da informação e da comunicação. 2015. 142f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Centro de Educação, Comunicação e Artes, Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2015.

SCHWAB, S.; HELLMICH, F.; GÖREL, G. Self-Efficacy of Prospective Austrian and German Primary School Teachers Regarding the Implementation of Inclusive Education. Journal of Research in Special Educational Needs, v. 17, n. 03, p. 205-217, fev. 2017.

SHANI, M.; HEBEL, O. Educating towards Inclusive Education: Assessing a Teacher-Training Program for Working with Pupils with Special Educational Needs and Disabilities (SEND) Enrolled in General Education Schools. International Journal of Special Education, v. 31, n. 03, 2016.

SHARMA, U.; LOREMAN, T.; FORLIN, C. Measuring teacher efficacy to implement inclusive practices. Journal of Research in Special Educational Needs, v. 12, n. 01, p. 12-21, 2012.

SHARMA, U.; SHAUKAT, S.; FURLONGER, B. Attitudes and Self-Efficacy of Pre-Service Teachers towards Inclusion in Pakistan. Journal of Research in Special Educational Needs, v.15, n. 02, p. 97-105, abr. 2015.

SHARMA, U.; SOKAL, L. The Impact of a Teacher Education Course on Pre-Service Teachers' Beliefs about Inclusion: An International Comparison. Journal of Research in Special Educational Needs, v. 15, n. 04, p. 276-284, out. 2015.

SILVA, R. H. R.; GAMBOA, S. S. Análise epistemológica da pesquisa em educação especial: a construção de um instrumental de análise. Atos de pesquisa em Educação – PPGE/ME FURB, v. 06, n. 02, p. 373-402, mai./ago. 2011.

TINDALL, D.; CULHANE, M.; FOLEY, J. Pre-service teachers' self-efficacy towards children with disabilities: An Irish perspective. European Journal of Adapted Physical Activity, v. 09, n. 01, p. 27-40, 2016.

VENDITTI JÚNIOR, R. Análise da auto-eficácia docente de professores de educação física. Campinas: UNICAMP, 2005. 167f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Faculdade de Educação Física, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2005.

VENDITTI JÚNIOR, R. Auto-eficácia docente e motivação para a realização do(a) professor(a) de educação física adaptada. Campinas: UNICAMP, 2010. 315f. Tese (Doutorado em Educação Física) – Faculdade de Educação Física, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2010.

WOODCOCK, S., HEMMINGS, B., KAY, R. Does study of an inclusive education subject influence pre-service teachers' concerns and self-efficacy about inclusion? Australian Journal of Teacher Education, v. 37,n. 06, p. 1-11, jun. 2012.

Downloads

Publicado

2019-07-03

Como Citar

Martins, B. A., & Chacon, M. C. M. (2019). Autoeficácia docente e Educação Especial: revisão da produção de conhecimento nacional e internacional com ênfase na formação de professores. Revista Educação Especial, 32, e70/ 1–22. https://doi.org/10.5902/1984686X35883

Edição

Seção

Revisão de literatura/Estudo teórico

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)