Familiares de crianças e adolescentes com autismo: percepções do contexto escolar

Autores

  • Martha Morais Minatel Universidade Federal de Sergipe
  • Thelma Simões Matsukura Universidade Federal de São Carlos

DOI:

https://doi.org/10.5902/1984686X14708

Palavras-chave:

Autismo, Família, Escola

Resumo

Leis e diretrizes respaldam ações direcionadas à inclusão de pessoas com deficiência na rede regular de ensino. Objetivou-se identificar, sob a ótica de famílias de crianças e adolescentes com autismo, as experiências no contexto escolar vivenciadas pelos mesmos junto a escolas regulares e especiais. Foram participantes do estudo 20 famílias de indivíduos com autismo. Instrumentos utilizados: Questionário de Identificação e entrevista semiestruturada. Dados obtidos por meio do Questionário de Identificação foram analisados descritivamente e a análise qualitativa foi feita por meio da técnica do Discurso do Sujeito Coletivo. Dentre os resultados identificou-se que das 20 crianças/adolescentes com autismo, 15 já estiveram na escola regular e somente 5 permaneceram. As percepções familiares das experiências no contexto educacional revelaram dificuldades e desafios, como a busca por uma escola que respondesse às expectativas parentais, a garantia da vaga e a garantia da inclusão e respeito aos direitos do filho enquanto pessoa em desenvolvimento e com necessidades a serem consideradas. Observou-se que as preocupações das famílias voltam-se para questões do cuidado, aceitação e respeito a seus filhos. Considera-se que as famílias vivenciaram um cotidiano marcado por dificuldades e preocupações no processo de inclusão escolar, no que diz respeito aos direitos, ao cuidado e ao preparo da escola em receber essa população; destacou-se a vivência do preconceito e da discriminação. Acredita-se que este artigo traz contribuições para a ampliação do conhecimento da realidade vivida por famílias de pessoas com autismo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Martha Morais Minatel, Universidade Federal de Sergipe

Mestre em Terapia Ocupacional pelo Programa de Pós-Graduação em Terapia Ocupacional,  Universidade Federal de São Carlos - UFSCar, São Carlos, SP, Brasil, Professora Assistente do Núcleo de Terapia Ocupacional da Universidade Federal de Sergipe.

Thelma Simões Matsukura, Universidade Federal de São Carlos

Doutora pelo Programa de Pós-Graduação em Saúde Mental, Universidade  de São Paulo -USP, Ribeirão Preto, SP, Brasil, Docente dos Programas de Pós-Graduação em Terapia Ocupacional e de Pós-Graduação em Educação Especial, Departamento de Terapia Ocupacional, Centro de Ciências Biológicas e da Saúde, Universidade Federal de São Carlos -UFSCar, São Carlos, SP, Brasil.

Downloads

Publicado

2015-05-11

Como Citar

Minatel, M. M., & Matsukura, T. S. (2015). Familiares de crianças e adolescentes com autismo: percepções do contexto escolar. Revista Educação Especial, 28(52), 429–442. https://doi.org/10.5902/1984686X14708

Edição

Seção

Artigos – Demanda contínua

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.