Percepções de professores de educação física sobre a educação em saúde na escola

Cati Reckelberg Azambuja, Kelly Christine Maccarini Pandolfo, Rafaella Righes Machado, Daniela Lopes dos Santos, Maria Rosa Chitolina Schetinger

Resumo


O objetivo do estudo foi investigar percepções de professores sobre a educação em saúde e o tema transversal saúde na escola. Participaram do estudo de caso, oito professores de Educação Física da Rede Federal de Ensino Médio de Santa Maria-RS. Utilizou-se um questionário semi-estruturado. A interpretação dos resultados foi realizada pela categorização conforme a Análise de Conteúdo. Os resultados mostraram que os professores deste estudo conseguem dimensionar a importância do desenvolvimento do tema saúde no espaço. Conclui-se que apesar do reconhecimento da importância, os professores carecem de meios e estratégias para desenvolvimento dos Temas Transversais.


Palavras-chave


Educação em Saúde; Saúde; Educação Física

Texto completo:

PDF

Referências


BARDIN, Laurence. Análise de Conteúdo. 3ª ed. Lisboa: Edições 70, 2004.

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: ciências naturais. Brasília: MEC/SEF, 1997, 136 p. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/livro04.pdf. Acesso em: 12jan2014.

BÓGUS, Claudia M. A promoção da saúde e a pesquisa avaliativa. In: Villela WV, Kalckmann S, Pessoto UC, organizadores. Investigar para o SUS: construindo linhas de pesquisa. São Paulo: Instituto de Saúde; 2002. p. 49-58.

CATALAN, V. C. La transversalidad y la escuela promotora de salud. Revista Española de Salud Pública, Madri, v. 75, n. 6, p. 505-516, 2001.

COPETTI, J; SOARES, R. G; PUNTEL, R. L; FOLMER, V. Conhecimento dos professores de Educação Física para abordagem do tema saúde em suas aulas. Revista Brasileira de Ciência e Movimento, Brasília, v. 20, n. 4, p. 26-33, 2012.

DARIDO, Suraya C. Educação Física e Temas Transversais na Escola. Campinas, SP: Papirus, 2012.

DARIDO, S. C; RANGEL-BETTI, I. C; RAMOS, G. N. S; GALVÃO, Z.; FERREIRA, L. A; MOTA e SILVA, E. V. et al. Educação Física, a formação do cidadão e os parâmetros curriculares nacionais. Revista Paulista de Educação Física, São Paulo, v. 15, n. 1, p. 17-32, 2001.

DOS SANTOS GRAÇA, A. B; DO NASCIMENTO, J. V. Critérios para a implementação de práticas pedagógicas na formação inicial em Educação Física e implicações no conhecimento pedagógico do conteúdo dos futuros professores. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, São Paulo, v. 25, n. 3, p. 497-511, 2011.

FERNANDES, M. H; ROCHA, V. M; SOUZA, D. B. A concepção sobre saúde do escolar entre professores do ensino fundamental (1ª a 4ª séries). História, Ciências e Saúde, Manguinhos, v. 12, n. 2, p. 283-291, 2005.

GALINDO, C. J; INFORSATO, E. C. Manifestações de necessidade de formação continuada por professores do 1º ciclo do ensino fundamental. Dialogia, São Paulo, v. 7, n. 1, p. 63-76, 2008.

IERVOLINO, Solange Abrocesi. Escola promotora de saúde: um projeto de qualidade de vida. 2000. Dissertação (Mestrado) “ Faculdade de Saúde Pública da USP, São Paulo, 2000.

KIELHOFNER, Gary. Modelo de Ocupación Humana: teoría y aplicación. 3. ed. Buenos Aires: Médica Panamericana, 2004.

KNUTH, A. G; AZEVEDO, M. R; RIGO, L. C. A inserção de temas transversais em saúde nas aulas de educação física. Revista Brasileira de Atividade Física & Saúde, Pelotas, v. 12, n. 3, p. 73-78, 2007.

LANES, K. G; LANES, D. V. C; PUNTEL, R. L; SOARES, F. A. A; FOLMER, V. Sobrepeso e obesidade: implicações e alternativas no contexto escolar. Revista Ciências & Ideias, Rio de Janeiro, v. 3, n. 1, p. 1-18, 2011.

LARA, S; COPETTI, J; LANES, K. G; PUNTEL, R. L; FOLMER, V. Imagem corporal, medidas antropométricas e atividade física: ferramentas para a educação em saúde na escola. Revista Ciências & Ideias, Rio de Janeiro, v. 4, n. 2, p. 1-22, 2013a.

LARA, S; SALGUEIRO, A. C. F; LARA, M; PUNTEL, R. L; FOLMER, V. Educação e saúde no contexto escolar: saúde cardiovascular como tema gerador no curso normal médio. Revista Electrónica de Enseñanza de las Ciencias, Velência, v. 12, n. 1, p. 167-190, 2013b.

LOVISOLO, Hugo. Educação física: arte da mediação. Rio de Janeiro: Sprint. 1995.

MARIA, W. B; GUIMARÃES, A. C. A; MATIAS, T. S. Estilo de vida de adolescentes de escolas públicas e privadas de Florianópolis-SC. Revista da Educação Física/UEM, Maringá, v. 20, n. 4, p. 615-623, 2009.

RUFINO, L. G. B; DARIDO, S. C. Educação física escolar, tema transversal, saúde e livro didático: possíveis relações durante a prática pedagógica. Revista Brasileira de Ciência e Movimento, Brasília, v. 21, n. 3, p. 21-34, 2013.

TIBA, Içami. Puberdade e Adolescência: desenvolvimento biopsicossocial. São Paulo: Ágora, 1986.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2316546420496



Avaliação Qualis Capes (2014):

B4- Educação Física / B3- Interdisciplinar e Psicologia / B5- Educação 

Periodicidade: contínua

ISSN: 2316-5464 online

DOI: 10.5902/23165464

email: kinesisrevista@ufsm.br

 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.