Percepção ambiental de alunos do ensino fundamental no município de Tupanciretã/RS

Nathália Leal Carvalho, Milene Almeida Ribas, Themis Goretti Moreira Leal Carvalho, Afonso Lopes Barcellos

Resumo


A Educação Ambiental aguça os meios de percepção e compreensão de fatores que incitam a preservação ambiental, valores que conduzem a preservação ambiental e melhoria do meio em que vivemos. Com o objetivo de avaliar a percepção ambiental de alunos de ensino fundamental de duas escolas, em Tupanciretã/RS. A análise foi baseada em um questionário, sendo posteriormente feita a análise relativa às respostas. Os alunos conhecem os problemas ambientais no Município e do ambiente escolar, têm consciência da importância da mudança de atitudes e hábitos e percebem a importância de se trabalhar a Educação Ambiental a partir da realidade escolar.

Palavras-chave


Educação ambiental; Preservação ambiental; Sustentabilidade

Texto completo:

HTML PDF

Referências


ABREU, Raphael Lorenzeto de. Localização de Tupanciretã. Wikipedia, 2006. Disponível em: https://pt.wikipedia.org/wiki/Tupanciret%C3%A3. Acesso em: 31 jan. 2018.

BARCELOS, Valdo. Educação ambiental: sobre princípios, metodologias e atitudes. Petrópolis: Vozes, 2009.

BERNA, Vilmar. Como fazer educação ambiental. 2. ed. São Paulo: Paulus, 2004.

BORTOLON, Brenda; MENDES, Marisa Schmitt Siqueira. A Importância da Educação Ambiental para o Alcance da Sustentabilidade. Revista Eletrônica de Iniciação Científica, Itajaí, v. 5, n.1, p. 118-136, 2014.

COSTA, Cristiano Cunha; MAROTI, Paulo Sérgio. Percepção ambiental de docentes em escola rural no estado de Sergipe. REMOA/UFSM, v. 11, n. 11, p. 2379-2388, jan./abr. 2013.

COSTA, Ângela de Cassia; ARÁUJO, Andrea. Percepção ambiental dos alunos de uma escola da rede pública municipal da cidade de Raposa – MA. Recanto das letras, Maranhão, 2009. Disponível em: http://recantodasletras.uol.com.br/trabalhosacademicos/1759863. Acesso em: 20 dez. 2017.

DIAS, Genebaldo Freire. Educação ambiental: princípios e práticas. 3. ed. São Paulo: Gaia, 1992.

DIAS, Genebaldo Freire. Educação Ambiental: princípios e práticas. 9. ed. São Paulo: Gaia, 2004.

FERNANDES, R. S. et al. O uso da percepção ambiental como instrumento de gestão em aplicações ligadas às áreas educacional, social e ambiental. In: ENCONTRO DA ANPPAS, 2., 2004, Indaiatuba. Anais eletrônicos... Belém: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ambiente e Sociedade, 2004. Disponível em: http://www.redeceas.esalq.usp.br/noticias/Percepcao_Ambiental.pdf. Acesso em: 31 jan. 2018.

FIGUEIRÓ, P.S. Educação para a Sustentabilidade em cursos de graduação em Administração: proposta de uma estrutura analítica. 2015. 262 f. Tese (Doutorado em Administração). Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2015. Disponível em: http://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/131866/000982132.pdf?sequence=1. Acesso em: 26 jan. 2016.

GONÇALVES, Wantuelfer. Florestas urbanas: ação ambiental. Porto Alegre: Ed. Cinco Continentes, 1999.

HERMAN, M. L. et al. Orientando a criança para amar a terra. São Paulo: Augustus, 1992.

HERMSDOFF, S. Responsabilidade ambiental é de todos. FGV: Centro de estudos em Sustentabilidade, jul. 2013. Disponível em: http://www.pagina22.com.br/index.php/2013/07/responsabilidade-ambiental-e-de-todos/. Acesso em: 02 fev. 2018.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Dados do Município. Prefeitura Municipal de Tupanciretã, Tupanciretã, 2010. Disponível em: http://www.tupancireta.rs.gov.br/pagina/id/63/?dados-do-municipio.html. Acesso em: 31 jan. 2018.

LEFF, Enrique. Saber ambiental: sustentabilidade, racionalidade, complexidade, poder. Petrópolis: Vozes, 2005.

MARCZWSKI, M. Avaliação da percepção ambiental em uma população de estudantes do ensino fundamental de uma escola municipal rural: um estudo de caso. 2006. 188 f. Dissertação (Mestrado em Ecologia). Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2006.

MEDEIROS, A. B. et al. A Importância da educação ambiental na escola nas séries iniciais. Revista Faculdade Montes Belos, v. 4, n. 1, set. 2011.

MIRANDA, A. M. Percepção ambiental: O despertar para o conhecimento científico através de uma horta educativa. In: 1º Encontro de Educação do Colégio Gonçalves Dias, 2008, Nova Iguaçu/RJ. Anais eletrônicos... Nova Iguaçu, 2008. Disponível em: http://novaiguacu.com.br/eegd/2008/percepcao_ambiental.pdf. Acesso em: 02 fev. 2018.

MORIN, Edgar. Os sete saberes necessários à educação do futuro. 11.ed. São Paulo: Cortez, 2005.

OLIVEIRA, N. A. S. A percepção dos resíduos sólidos (lixo) de origem domiciliar, no bairro Cajuru - Curitiba-PR: um olhar reflexivo a partir da educação ambiental. 2006. 174 f. Dissertação (Mestrado em Geografia). Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2006.

PEREIRA, E. M.; FARRAPEIRA, C. M. R.; PINTO, S. L. Percepção e educação ambiental sobre manguezais em escolas públicas da Região Metropolitana do Recife. Rev. eletrônica Mestr. Educ. Ambient., v.17, 2006.

SILVA, D. G. A importância da educação ambiental para a sustentabilidade. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Curso de Ciências Biológicas). Faculdade Estadual de Educação, Ciências e Letras de Paranavaí, São Joaquim, 2012.

SILVA, F. V. P. A educação ambiental na formação da cidadania. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Curso de Ciências Biológicas). Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix, Belo Horizonte, MG, 2008.

SILVA, V. M. A importância da preservação e conscientização do uso das águas na comunidade de Paulista - PB. 2012. 55 f. Monografia (Curso de Licenciatura em Ciências Exatas). Universidade Estadual da Paraíba, Patos, Paraíba, 2012.

VASCONCELOS, F. A. L. Análise comparativa da percepção ambiental e conhecimento de alunos da rede pública e particular da Região Metropolitana do Grande Recife acerca do tema “Ambientes Recifais”. 2005. 70 f. Monografia (Bacharelado em Ciências Biológicas). Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, 2005.

VIRGENS, R. A. A educação ambiental no ambiente escolar. 2011. Monografia (Curso de Licenciatura em Biologia). Consórcio Setentrional de Educação a Distância – Universidade de Brasília e Universidade Estadual de Goiás, Brasília, 2011.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2236130840940

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.