Educação especial e educação de jovens e adultos: uma interface em construção?

Rosângela Martins Cabral, Luciane Guimarães Batistella Bianchini, Taisa Grasiela Gomes Liduenha Gonçalves

Resumo


A Educação Especial (EE) e a Educação de Jovens e Adultos (EJA) apresentam semelhanças históricas de negação ao direito educacional e, recentemente, essas duas áreas têm se deparado com encontros e desafios. A partir  dessa ideia questionamos: como vem sendo construída a EJA para os alunos da EE?  Por meio de uma pesquisa qualitativa e quantitativa com análise bibliométrica, o presente estudo objetivou verificar se a produção acadêmica brasileira tem discutido essa temática. Também buscou identificar a percepção do processo de escolarização na EJA Especial por dois alunos com deficiência intelectual e física, estudantes de uma escola estadual paranaense, através de uma entrevista semiestruturada. Os resultados revelaram como pouco expressivo o número de trabalhos sobre o tema,  que totalizaram quatorze, no período de 2010 a 2016. Com relação às percepções dos alunos sobre sua trajetória escolar, eles destacaram que a visão orgânica e assistencialista, seja da família ou da escola, prevalece sobre suas reais possibilidades. Concluiu-se que a interface entre EE e EJA continua apresentando reflexões sobre a efetividade das políticas,  das interações sociais e das práticas inclusivas.


Palavras-chave


Educação especial; Educação de jovens e adultos; Escolarização.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil, 1988. Disponível em: . Acesso em: 29 abr.2018.

______. Brasil. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. 1996.

______. Conselho Nacional de Educação/ Coordenadoria de Educação Básica. Parecer nº 11/2000, de 10 de maio de 2000. Brasília, 2000._______. Resolução CNE/CP nº 1/2002, de 18 fevereiro de 2002. Institui Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores da Educação Básica, em nível superior, curso de licenciatura, de graduação plena. Brasília: MEC/CNE, 2002. Disponível em: portal.mec.gov.br/arqui- vos/pdf/. Acesso em: 07 mai. 2018.

______. Ministério da Educação. Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva. Brasília: MEC, 2008. Disponível em Acesso em: 05 mai. 2018.

ARAÚJO, Monica Dias de. Tessituras da inclusão na Educação de Jovens e Adultos no município de Altamira - Pará. 2013. 212 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade do Estado do Pará, Belém, 2013.

BORBA, Maria Conceição. Desafios e superações na relação entre educação inclusiva e trabalho: um estudo sobre as experiências de jovens com deficiência. 2010. 99 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade do Vale de Itajaí, Itajaí, 2010.

BOTTI, Flavya Herzog Adamkosky. Interfaces da educação de jovens e adultos e educação especial: o direito em análise. 2016. 118 f. Dissertação (Mestrado em Educação)- Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2016.

CAIADO, Katia Regina Moreno. Aluno deficiente visual na escola: lembranças e depoimentos. Campinas: Autores Associados; PUC, 2003.

CAIADO, Katia Regina Moreno; ZEPPONE, Rosemeire Maria Orlando. Educação e deficiência na voz de quem viveu essa trama: apoios e atendimentos durante a trajetória escolar. In: JESUS, Denise Meyrelles de; BAPTISTA, Claudio Roberto; CAIADO, Katia Regina Moreno. (Org.). Prática pedagógica na Educação Especial: multiplicidade do atendimento educacional especializado. 1 ed. v. 1. Araraquara, SP: Junqueira & Marin, 2013. p. 235-252.

CAMPOS, Juliane Aparecida de Paula Perez; DUARTE, Márcia. O aluno com deficiência na EJA: reflexões sobre o atendimento educacional especializado a partir do relato de uma professora da educação especial. Revista Educação Especial, Santa Maria, RS, v. 24, n. 40, p. 271-283, 2011.

CUEVAS, Marcia Roxana Cruces. Conversar e tensionar na formação (des)continuada inventiva/inclusiva: cartografia de uma escola-território. 2015. 271 f. Tese (Doutorado em Educação)- Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2015.

DANTAS, Dulciana de Carvalho Lopes. A inclusão de pessoas com deficiência intelectual na Educação de Jovens e Adultos (EJA): um estudo de caso. 2012. 288 f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2012.

FERRARO, Alceu Ravanello. Analfabetismo no Brasil: desconceitos e políticas de Exclusão. Perspectiva, Florianópolis, v. 22, n. 1, p. 111-126, jan./jun. 2004.

FERRARO, Alceu Ravanello; DUTT-ROSS, Steven. Diagnóstico da escolarização no Brasil na perspectiva da exclusão escolar. Revista Brasileira de Educação, v. 22, p. 01-26, 2017.

FERREIRA, Maria Cecília Carareto; FERREIRA, Júlio Romero. Sobre inclusão, políticas públicas e práticas pedagógicas. In: GÓES, Maria Cecília Rafael de; LAPLANE, Adriana Lia Friszman (Org.). Políticas e práticas de educação inclusiva. Campinas, SP: Autores Associados, 2013. p.21-48.

FREITAS, Ana Paula Ribeiro. A educação escolar de jovens e adultos com deficiência: do direito conquistado à luta por sua efetivação. 2010. 202 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010.

FREITAS, Marcia da Silva. Nas margens do direito à educação: o enlace entre a Educação de Jovens e Adultos e a Educação Especial no município de Itaboraí/RJ'. 2015.180f. Dissertação (Mestrado em Educação)- Universidade do Estado do Rio de Janeiro, São Gonçalo, 2015.

FREIRE, Paulo. Educação como prática da liberdade. 6 ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1976.

GATTI, Bernardete. Formação de professores no Brasil: características e problemas. Educação e Sociedade, Campinas, v. 31, n. 113, p. 1355-1379, out.-dez. 2010.

GONÇALVES, Taísa Grasiela Gomes Liduenha. Alunos com deficiência na Educação de Jovens e Adultos em assentamentos paulistas: experiências do PRONERA. 2014. 203 f. Tese (Doutorado em Educação Especial) – Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2014.

______. Escolarização de alunos com deficiência na Educação de Jovens e Adultos: Uma análise dos indicadores educacionais brasileiros. 2012. 75 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2012.

GONÇALVES, Taísa Grasiela Gomes Liduenha; MELETTI, Silvia Márcia Ferreira; SANTOS, Natália Gomes. Nível instrucional de pessoas com deficiência no Brasil. Crítica Educativa, v. 1, p. 24-39, 2015.

HAAS, Clarissa. Educação de jovens e adultos e Educação Especial: a (re)invenção da articulação necessária entre as áreas. Educação (UFSM), Santa Maria, RS, v. 40, n. 2, p. 347-359, 2015.

______. Narrativas e percursos escolares de jovens e adultos com deficiência: "Isso me lembra uma história!". 2013. 216 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2013.

HAAS, Clarissa; GONÇALVES, Taísa Grasiela Gomes Liduenha. Em tempos de democratização do direito à educação: como têm se delineado as políticas de acesso à EJA aos estudantes com deficiência no Rio Grande do Sul?. Revista Brasileira de Educação Especial, v. 21, p. 443-458, 2015.

HAYASHI, Carlos Roberto Massao. Apontamentos sobre a coleta de dados em estudos bibliométricos e cientométricos. Filosofia e Educação, São Carlos, v. 5, p. 89-102, 2013.

______. Um estudo bibliométrico da produção científica sobre a educação jesuítica no Brasil colonial. Biblios: Revista Electrónica de Bibliotecología, Archivología y Museologia, ano 8, n. 27, p. 1-18, 2007.

LIMA, Fabiana de Oliveira. Experiências inclusivas na educação de jovens e adultos em um município do interior paulista. 2015. 103f. Dissertação (Mestrado em Educação)- Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Marília, 2015.

MELETTI, Silvia Márcia Ferreira Meletti; RIBEIRO, Karen. Indicadores educacionais sobre a Educação Especial no Brasil. Cadernos CEDES, Campinas, v. 34, n. 93, p. 175-189, 2014.

PEDROSO, Cristina Cinto Araujo; CAMPOS, Juliane Aparecida de Paula Perez; DUARTE, Márcia . Formação de professores e educação inclusiva: análise das matrizes curriculares dos cursos de licenciatura. Educação Unisinos (Online), v. 17, p. 40-47, 2013.

SAVIANI, Dermeval. Educação socialista, pedagogia histórico-crítica e os desafios da sociedade de classes. In: LOMBARDI, José Claudinei; SAVIANI, Dermeval. (Org.) Marxismo e Educação: debates contemporâneos. 2 ed. Campinas: Autores Associados; HISTEDBR, 2008.

SILVA, Márcia Regina da; HAYASHI, Carlos Roberto Massao; HAYASHI; HAYASHI, Maria Cristina Piumbato Innocentini. Análise bibliométrica e cientométrica: desafios para especialistas que atuam no campo. Revista de Ciência da Informação e Documentação, v.2 n.1, p.110-129. 2011.

SILVA, Reni Gomes da. Limites e possibilidades da inclusão escolar de deficientes no ensino médio modalidade Educação de Jovens e Adultos: percepções de alunos e professores. 2013. Tese (Doutorado em Educação)- Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2013.

SOUZA, Sandra Cristina Morais de. A educação de jovens e adultos na perspectiva da inclusão: o olhar das professoras. 2013. 122 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2013.

TINÓS, Lucia Maria Santos. Caminhos de alunos com deficiências à Educação de Jovens e Adultos: conhecendo e compreendendo trajetórias escolares. 2010. 125 f. Tese (Doutorado em Educação Especial) –Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2010.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1984686X30841

CONTATO:

E-mail: revistaeducacaoespecial.ufsm@gmail.com

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Centro de Educação - Lapedoc
Av. Roraima, 1000 - Cidade Universitária
97105-900 - Santa Maria - RS, Brasil.
Telefone: +55 55 3220 8795

Link: https://periodicos.ufsm.br/educacaoespecial

 

ISSN eletrônico: 1984-686X

DOIhttp://dx.doi.org/10.5902/1984686X

Qualis/Capes: Educação A2

 

 

Periodicidade – Publicação contínua


O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

 

 Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International (CC BY-NC 4.0)

Contador de visitas
click counter
Contador de visitas

Acessos a partir de 30/11/2016

____________________________________________________