Teoria multicultural em trabalhos acadêmicos e sua relação com as práticas pedagógicas

Autores

  • Flavia Angela Zanin Unicentro
  • Cibele Krause Lemke Unicentro

DOI:

https://doi.org/10.5902/1984644422998

Palavras-chave:

diferença, diversidade cultural, práticas pedagógicas

Resumo

O presente artigo tem por objetivo investigar como o multiculturalismo se apresenta nos trabalhos acadêmicos disponíveis no Portal CAPES e a possível relação destes trabalhos com as práticas pedagógicas. Na primeira parte do trabalho efetuou-se uma revisão bibliográfica sistematizada, em seguida realizou-se uma busca com critérios de período, considerando o momento em que se afloram as discussões sobre o multiculturalismo no Brasil. E, por fim, foram analisados os trabalhos selecionados buscando respaldo em vários autores. Ainda que seja um tema já instituído no universo acadêmico, as pesquisas disponíveis revelam que ainda merece ser mais pesquisado, sobretudo em relação à discussão do multiculturalismo e sua articulação às práticas pedagógicas, de modo que contribua para propiciar, a pesquisadores e professores, processos de reflexão que permitam construir uma educação mais justa e democrática.

Biografia do Autor

Flavia Angela Zanin, Unicentro

Licenciada em Letras - Português, Inglês e Literaturas pela Universidade Estadual do Centro-Oeste UNICENTRO (2002); graduada em Artes pelo Centro Universitário Claretiano de Batatais (2011); graduada em Pedagogia pelo Centro Universitário Claretiano de Batatais (2011). Pós graduada em Psicopedagogia Clínica e Institucional pelo IBPEX (2004) e em Educação Especial com ênfase em estimulação precoce pela FACEL (2013). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Orientação e Supervisão escolar. Foi diretora do Colégio SESI em Irati (2007/2008). Atualmente é Pedagoga e Professora da disciplina de Arte pela Secretaria do Estado do Paraná e Mestranda em Educação pela Universidade Estadual do Centro-Oeste UNICENTRO.

Cibele Krause Lemke, Unicentro

Possui graduação em Letras - habilitação em Língua Espanhola e Literaturas de Língua Espanhola pela Universidade Federal de Pelotas (2000); Mestrado em Linguística Aplicada pela Universidade Católica de Pelotas (2004) e Doutorado em Educação pela Universidade de São Paulo (2010). É Professora Adjunto C da Universidade Estadual do Centro-Oeste - UNICENTRO. Em 2008 e 2009 realizou estágio de doutoramento na Universitat Autònoma de Barcelona, Espanha. Lidera o grupo de pesquisa ?Língua, Imigração e Identidade? e atua na linha de pesquisa ?Ensino e aprendizagem de línguas em contextos linguísticamente complexos?. Também, participa do grupo de pesquisa ?Língua, História e Literatura Ucraniana?, na linha de pesquisa ?Questões de bilinguismo?. É docente do Curso de Letras e do Programa de Pós-Graduação em Educação da Unicentro, na linha de pesquisa "Educação, Cultura e Diversidade". Atualmente é Vice-Diretora do Setor de Ciências Humanas, Letras e Artes - SEHLA/I. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Língua Espanhola, atuando nos seguintes temas: prática pedagógica, ensino em contextos multilíngues, políticas linguísticas e formação de professores de línguas

Downloads

Publicado

2017-08-31

Como Citar

Zanin, F. A., & Lemke, C. K. (2017). Teoria multicultural em trabalhos acadêmicos e sua relação com as práticas pedagógicas. Educação, 42(2), 347–360. https://doi.org/10.5902/1984644422998

Edição

Seção

Artigo Demanda Contínua

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.