A pesquisa na formação do professor universitário: competências na produção e transmissão do conhecimento

Autores

  • Jenekesia Lins Silva UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS (UFAL) / CENTRO DE EDUCAÇÃO (CEDU) http://orcid.org/0000-0003-0064-1206
  • Ana Paula Monteiro Rêgo UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS
  • Luís Paulo Leopoldo Mercado UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS/CENTRO DE EDUCAÇÃO

DOI:

https://doi.org/10.5902/1984644438695

Palavras-chave:

Formação docente, Competências, Pesquisa, Ensino superior.

Resumo

Este artigo traz a produção de pesquisa como uma das mais importantes atribuições do professor universitário. A formação universitária do profissional de Educação, como professor de graduação, não é considerada suficiente para o desenvolvimento da capacidade de produzir e tornar o grupo de professores em pesquisadores. As formações e pós-graduações possibilitam reflexões acerca da formação dos professores universitários e suas atribuições e enfatizam discussões sobre a pesquisa na universidade. Este é um artigo de reflexão teórica que teve como objetivo relatar os fundamentos teóricos de Perrenoud (2001), Tardif e Lahaye, (1991), Ramos (2010), Pimenta (2009), Gerhardt e Silveira (2009), Soares (2018), que nortearam as discussões ocorridas no Curso de Formação Continuada “Atuação e Competências do Professor Universitário” do Curso de Pós-graduação em Educação, na disciplina Metodologia do Ensino Superior com Tecnologias da Informação e Comunicação da Universidade Federal de Alagoas (UFAL) durante o primeiro semestre de 2018. Como forma de elucidar o percurso de uma formação que favoreça a habilidade de desenvolver pesquisa na universidade, apresentamos a construção de um Curso de Formação para professores universitários como pesquisadores e orientadores de pesquisas. Os resultados deste estudo podem ser utilizados como percurso de formação de professores com ênfase na pesquisa. A pesquisa na formação docente fomenta inovação na prática pedagógica no intuito de fornecer subsídios para a produção do conhecimento, o qual induz progressão positiva na prática pedagógica e promove uma formação reflexiva sob a óptica da transmissão do conhecimento.

Biografia do Autor

Jenekesia Lins Silva, UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS (UFAL) / CENTRO DE EDUCAÇÃO (CEDU)

Licenciada em Física pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL);

Licenciada em Pedagogia pelo Centro Universitário Internacional (UNINTER);

Especialista em Metodologia do Ensino de Física e Matemática pelo Centro Universitário Internacional (UNINTER);

Mestre em Ensino de Ciências e Matemática pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL);

Doutoranda em Educação pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL).

Ana Paula Monteiro Rêgo, UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS

Possui graduação em Psicologia pelo Centro de Estudos Superiores de Maceió - CESMAC (1993) e mestrado em Psicologia pela Universidade Federal de Alagoas - UFAL (2016). Atualmente é professor assistente da Universidade Estadual de Alagoas - UNEAL e professor assistente da Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas- UNCISAL. Esta coordenando o Curso de Pós-Graduação Lato Senso em Educação Inclusiva oferecido pela UNEAL. Tem experiência na área de Psicologia Clínica, atendendo a crianças e adolescentes com transtornos no desenvolvimento. Temas que tem pesquisado: infância, sofrimento psíquico em crianças e adolescentes e inclusão de pessoas com deficiência em diversos contextos.

Luís Paulo Leopoldo Mercado, UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS/CENTRO DE EDUCAÇÃO

Professor Titular da Universidade Federal de Alagoas com atuação na graduação em Educação Física e Pedagogia e na Pós-Graduação (Mestrado e Doutorado em Educação). Bolsista Produtividade em Pesquisa 2 do CNPq. Doutor em Educação (PUC/SP, 1998), Mestre em Educação (UFSM, 1993), Especialista em Formação de Professores em Mídias na Educação (UFAL, 2010), Licenciado em Ciências Biológicas Licenciatura Plena (UFSM, 1989). Bacharel em Direito (CESMAC, 2012). Realizou Aperfeiçoamento em Formação em Tutoria Online pela Organização dos Estados Americanos (OEA/INEAM) e em Melhoria da Qualidade da Educação Básica pela UNESCO (UNESCO/OEA). Lider do Grupo de Pesquisa Tecnologias da Informação e Comunicação na Formação de Professores Presencial e Online, certificado pelo CNPq. Na Gestão Universitária da Universidade Federal de Alagoas, exerceu os seguintes cargos: Direção da Coordenadoria Institucional de Educação a Distância (Cied), Coordenador da Universidade Aberta do Brasil, Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Educação por três gestões, Chefe do Departamento de Teorias e Fundamentos da Educação do Centro de Educação. Atualmente é Vice-Presidente da Comissão Permanente de Pessoal Docente (CPPD) da UFAL. Tem experiência na área de Educação a Distância Online e Tecnologia da Informação e Comunicação na Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: formação de professores , formação continuada de professores, educação a distância, Integridade na Pesquisa, Ética e Inteligência Artificial, Tecnologias da Informação e Comunicação. Avaliador Institucional do INEP. Avaliador do INEP para Credenciamento de IES e polos para oferta de Educação a Distância. Avaliador do Inep para reconhecimento e renovação de reconhecimento de cursos de Direito. Avaliador Especial da Educação Superior (AEES) da SERES/MEC. Avaliador ad-hoc da SEED/MEC, Sesu/MEC (Reuni), CAPES, CNPq, FINEP, FAPEAL. Possui publicações nacionais e internacionais na área de Educação a Distância, Tutoria Online e TIC na Educação. Orientou 9 Teses de Doutorado defendidas na Universidade Federal de Alagoas. Co-orientou 1 Tese de Doutorado, defendida na Universidade Federal de Pernambuco. Orientou 40 Dissertações de Mestrado defendidas nos Programas de Pós-Graduação em Educação da UFAL, UFPB e Universidade de Aveiro (Portugal). Atualmente orienta 9 teses de doutorado, 4 dissertações de mestrado e 2 estudantes de Iniciação Científica.

Referências

BOLZAN, Doris Pires Vargas; ISAIA, Silvia Maria de Aguiar. Pedagogia universitária e aprendizagem docente: relações e novos sentidos da professoralidade. Revista Diálogo Educacional, Curitiba, v. 10, n. 29, p. 13-26, jan./abr. 2010.

CHAUÍ, Marilena. A universidade operacional. Folha de São Paulo, 09 de maio de 1999. Caderno Mais.

DEMO, Pedro. Pesquisa: princípio científico e educativo. 8ªed. São Paulo: Cortez, 2001.

GATTI, Bernadete A. A construção da pesquisa em educação no Brasil. Brasília: Plano, 2002.

GERHARDT, Tatiana Engel; SILVEIRA, Denise Tolfo. Planejamento e gestão para o desenvolvimento rural da SEAD/UFRGS. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2009.

LUDKE, Menga; CRUZ, Giseli Barreto da. Aproximando universidade e escola de educação básica pela pesquisa. Cadernos de Pesquisa. v. 35, n.125, São Paulo maio/ago. 2005.

MASETTO, Marcos T. Docência na universidade. Campinas: Papirus, 1998.

NERVO, Alessandra Cristiane dos Santos; FERREIRA, Fábio Lustosa. A importância da pesquisa como principio educativo para a formação científica de educando no ensino superior. Revista Educação em Foco, n. 7, 2015, p. 31-40.

SHIGUNOV NETO, Alexandre; MACIEL, Lizete Shizue Bomura. A importância da pesquisa para a prática pedagógica dos professores que atuam na educação superior brasileira: algumas discussões iniciais. Revista Brasileira de Docência, Ensino e Pesquisa em Administração, v. 1 n.1, p. 04-23, maio. 2009.

PERRENOUD, Philippe. Dez novas competências para uma nova profissão. Pátio Revista Pedagógica. n. 17, maio/julho, 2001, p. 8-12.

PERRENOUD, Philippe. A formação dos professores no século XXI. In: PERRENOUD, Philippe; THURLLER, Monica Gather (Orgs.). As competências para ensinar no século XXI: a formação dos professores e o desafio da avaliação. Porto Alegre: Artmed, 2002ª. p. 11-33.

PIMENTA, Selma, Garrido. A profissão professor universitário: processo de construção da identidade docente. In: CUNHA, Maria Isabel et al. (org). Docência universitária: profissionalização e práticas educativas. Feira de Santana: UEFS Editora, 2009, p. 33-55.

RAMOS, Katia Maria da Cruz. Reconfigurar a profissionalidade docente universitária: um olhar sobre ações de atualização pedagógico-didática. Porto: Universidade do Porto, 2010.

SOARES, Paulo César. Contradições na pesquisa e pós-graduação no Brasil. Estudos Avançados, n 32. 2018, p. 289-313

TARDIF, Maurice; LESSARD, Claude; LAHAYE, Louise. Os professores face ao saber: esboço de uma problemática do saber docente. Anais: Seminário de Pesquisa Sobre o Saber Docente na Faculdade Federal do Ceará, Fortaleza, 1991.

VASCONCELLOS, Maura Maria Morita; OLIVEIRA, Cláudia Chueire de. Docência na universidade: compromisso profissional e qualidade de ensino na graduação. Santa Maria, Educação, v. 36, n.2, p. 219-234, maio/ago. 2011.

Downloads

Publicado

2021-03-10

Como Citar

Silva, J. L., Rêgo, A. P. M., & Mercado, L. P. L. (2021). A pesquisa na formação do professor universitário: competências na produção e transmissão do conhecimento. Educação, 46(1), e21/ 1–20. https://doi.org/10.5902/1984644438695