Impactos sociais na vida da pessoa com implante coclear: uma revisão sistemática

Josana Carla Gomes Soares Silva, Vanessa Cristina Paulino, Maria da Piedade Resende da Costa

Resumo


Ainda existem divergências quanto ao uso do implante coclear (IC) entre a comunidade surda que vê este como um retrocesso na luta pelo reconhecimento de sua língua e cultura e a comunidade médica que acredita ser este o modo mais adequado em tratar a deficiência auditiva. Sobre esse tema, objetivou-se averiguar a produção nacional acerca dos efeitos sociais advindos do implante coclear na vida do indivíduo implantado. A pesquisa empregou a metodologia da Revisão Sistemática, que buscou revisar bibliografias e delinear um trabalho reflexivo e compreensivo, assim como fazer uma análise histórica-crítica interdisciplinar do tema. A análise permitiu considerar que os efeitos sociais na vida do implantado, decorrentes do IC, podem ser negativos quando relacionados ao aspecto físico do dispositivo externo, podendo resultar em vergonha, sentimento de inferioridade e insegurança. Os aspectos psicossociais e a qualidade de vida após o implante não foram abordados significativamente nos estudos analisados. A partir da análise dos estudos foi levantada a hipótese de que os efeitos sociais na vida da pessoa, em decorrência do implante coclear, são distintos em adolescentes e adultos. Por essa revisão sistemática observou-se ser necessário pesquisar mais sobre estes efeitos, com o propósito de compreender como eles afetam a qualidade de vida da pessoa implantada e como isto pode interferir em sua vida. Sugere-se, por fim, que uma revisão sistemática sobre o tema seja realizada em âmbito internacional, com a finalidade de analisar a produção científica na área.


Palavras-chave


Educação Especial. Pessoa Surda. Implante Coclear.

Texto completo:

PDF HTML

Referências


AKOBENG, Anthony Kwaku. Understanding systematic reviews and meta-analysis. Archives of Disease in Childhood. [Online] 2005. p. 845-848. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC1720526/pdf/v090p00845.pdf. Acesso em: 20 jan. 2019.

AMARAL, Vera Lúcia do. Psicologia da Educação. A Psicologia da adolescência - Aula 05. EDUFRN, Natal. 2007. p. 01 – 12. Disponível em: http://www.ead.uepb.edu.br/arquivos/cursos/Geografia_PAR_UAB/Fasciculos%20-%20Material/Psicologia_Educacao/Psi_Ed_A05_J_GR_20112007.pdf>. Acesso em: 22 jan. 2019.

BUARQUE, Laísa Flávia Soares Fernandes Peixoto, et. al. Satisfação dos usuários do implante coclear com perda auditiva pós-lingual. Rev. CEFAC, vol. 16 no. 4 São Paulo. 2014. p. 1078 – 1087. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rcefac/v16n4/1982-0216-rcefac-16-4-1078.pdf. Acesso em: 20 jan. 2019.

CARVALHO, Circe Nardon. Implante Coclear no Sul do Brasil: Realidade ou Fantasia? Monografia de Conclusão de Curso. Orientadora: Mirian Goldenberg. Centro de Especialização em Fonoaudiologia Clínica Audiologia Clínica. Porto Alegre, 1999. 61 p. Disponível em: http://www.cefac.br/library/teses/16dff7988edd3fb44e1b424efd9afa9f.pdf. Acesso em: 10 jan. 2019.

CORDEIRO, Alexander Magno, et. al. GRUPO DE ESTUDO DE REVISÃO SISTEMÁTICA DO RIO DE JANEIRO, et. al. Revisão sistemática: uma revisão narrativa. Rev. Col. Bras. Cir. [online], vol. 34, n. 6. 2007. p. 428 - 431. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rcbc/v34n6/11.pdf. Acesso em: 9 fev. 2019.

COSTA, Angelo Brandelli; ZOLTOWSKI, Ana Paula Couto. Como escrever um artigo de revisão sistemática. In.: KOLLER, Silvia, COUTO, Maria Clara de Paula, HOHENDORFF, Jean Von (Orgs). Manual de produção científica. Porto Alegre: Artmed. 2014, p. 55 – 70. [Recurso eletrônico]

FERNÁNDEZ-RÍOS, Luís; BUELA-CASAL, Gualberto. Standards for the preparation and writing of Psychology review articles. International Journal of Clinical and Health Psychology, vol. 9, n. 2. 2009. p. 329-344. Disponível em: http://www2.uned.es/reop/documentos/standards.pdf. Acesso: 30 set. 2018.

IMPLANTE Coclear. Grupo de Implante Coclear do Hospital de Clínicas -Faculdade Medicina - USP. [Online] São Paulo, 2005. s/p. Disponível em:

http:// http://www.implantecoclear.org.br/?p=43. Acesso em: 20 fev. 2019.

LICHTIG, Ida, et. al. O Implante Coclear e a Comunidade Surda: Desafio ou solução? In.: Anais do II Seminário ATIID - Acessibilidade, TI e Inclusão Digital São Paulo – SP, 23-24/09/2003. Anais eletrônicos... São Paulo, 2003. 05 p. Disponível em: http://www.fsp.usp.br/acessiblidade. Acesso em: 30 dez. 2018.

MURAKAMI, Gisele Aparecida de Oliveira, et. al. Expectativas prévias ao implante coclear e avaliação pós-implante em adolescentes. Rev. Estudos de Psicologia, 18 (2). Campinas, 2001. p. 05-16. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0103-166X2001000200001&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 30 jan. 2019.

NUNES, Leila Regina d'Oliveira de Paula; FERREIRA, Júlio Romero; MENDES, Eniceia Gonçalves. Anexo VI Roteiro de Análise de Teses e Dissertações. In: Análise crítica das teses e dissertações sobre Educação Especial nas áreas de Educação e Psicologia. PRODICS IV – FAPESP / Relatório Final. FAPESP. 2002. p. 328 – 335.

OLIVEIRA, José Antônio Aparecido de. Implante Coclear. Simpósio: SURDEZ: Implicações clínicas e possibilidades terapêuticas- Capítulo VI. Revista da Universidade de São Paulo e do Hospital das Clínicas da FMRP - Universidade de São Paulo, 2005, vol. 38 (304): 262 – 272, jul/dez. 2005 [Online]. Ribeirão Preto, 2005. p. 262 – 272. Disponível em: http://revista.fmrp.usp.br/2005/vol38n3e4/6_implante_coclear.pdf. Acesso em: 29 dez. 2018.

REZENDE, Patrícia Luiza Ferreira. Implante Coclear na constituição dos sujeitos surdos. [tese] / Patrícia Luiza Ferreira Rezende; Orientadora, Ronice Müller de Quadros, Coorientadora, Maura Corcini Lopes. ‐ Florianópolis, SC, 2010. 164 p. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/94074. Acesso em: 22 jan. 2019.

SANT’ANNA, Sandra Barreto Giorgi; EICHNER, Andréa Cristina de Oliveira; GUEDES, Mariana Cardoso. Benefício do implante coclear em indivíduos adultos com surdez pré-lingual. O Mundo da Saúde, abr/jun, 32(2). São Paulo, 2008. p. 238 – 242. Disponível em: https://www.saocamilo-sp.br/pdf/mundo_saude/59/238a242.pdf. Acesso em: 29 jan. 2019.

SACKS, Oliver. Vendo Vozes: uma Jornada pelo Mundo dos Surdos. Rio de Janeiro: Companhia das Letras, 2010. 200 p.

SILVA, Paulo Sérgio Modesto da. O Desenvolvimento da Adolescência na Teoria de Piaget. Psicologia. O portal dos Psicólogos. [Online]. 2011. 06 p. Disponível em: http://www.psicologia.pt/artigos/textos/TL0250.pdf. Acesso em: 4 fev. 2019.

SILVA, Josana Carla Gomes Soares; PAULINO, Vanessa Cristina; COSTA, Maria Da Piedade Resende da. Revisão sistemática acerca dos efeitos sociais do implante coclear na vida da pessoa implantada. In: Anais Do Congresso Brasileiro De Educação Especial, 2018, São Carlos. Anais eletrônicos... Campinas, GALOÁ, 2018. 12 p. Disponível em: https://proceedings.science/cbee/cbee-2018/papers/revisao-sistematica-acerca-dos-efeitos-sociais-do-implante-coclear-na-vida-da-pessoa-implantada. Acesso em: 12 jan. 2019.

TEFILI, Diego, et. al. Implantes cocleares: aspectos tecnológicos e papel socioeconômico. Rev. Bras. Eng. Bioméd. [online], vol. 29, n. 4. 2013. p. 414-433. Disponível em: http://dx.doi.org/10.4322/rbeb.2013.039. Acesso em: 24 jan. 2019.

TSUKAMOTO, Neide Mitiyo Shimazaki; FIALHO, Neusa Nogueira. A TECNOLOGIA DO IMPLANTE COCLEAR A FAVOR DA EXPRESSÃO BILÍNGUE PARA OS SURDOS. X ANPED SUL, Florianópolis, outubro de 2014. Anais eletrônicos... Florianópolis, 2014. 14 p. Disponível em: http://xanpedsul.faed.udesc.br/arq_pdf/367-0.pdf. Acesso em: 24 jan. 2019.

YAMADA, Midori Otake; BEVILACQUA, Maria Cecília. Dimensão afetiva da pessoa com surdez adquirida, antes e após o implante coclear. Estud. psicol., vol. 29, n. 1, [online]. Campinas, 2012. p. 63-69. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/estpsi/v29n1/a07v29n1.pdf. Acesso em: 28 dez. 2018.

ZANARDI, Maria Bozelli; YAMADA, Midori Otake; BEVILACQUA, Maria Cecília. A experiência do adolescente usuário de implante coclear. Psicologia em Revista, v. 15. Belo Horizonte, 2009. p. 69-89. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1677-11682009000100005. Acesso em: 28 jan. 2019.




DOI: https://doi.org/10.5902/1984686X38002

CONTATO:

E-mail: revistaeducacaoespecial.ufsm@gmail.com

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Centro de Educação - Lapedoc
Av. Roraima, 1000 - Cidade Universitária
97105-900 - Santa Maria - RS, Brasil.
Telefone: +55 55 3220 8795

Link: https://periodicos.ufsm.br/educacaoespecial

 

ISSN eletrônico: 1984-686X

DOIhttp://dx.doi.org/10.5902/1984686X

Qualis/Capes: Educação A2

Periodicidade: Publicação contínua

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

 

A Revista Educação Especial agradece auxílio recebido por meio do Edital Pró-Revistas, da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, da Universidade Federal de Santa Maria. 

 

 Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International (CC BY-NC 4.0)

Contador de visitas
click counter
Contador de visitas

Acessos a partir de 30/11/2016

__________________________________________________