Análise da produção científica com a temática inclusão no ensino superior: reflexões sobre artigos publicados no período de 2016 a novembro de 2018

Jair de Oliveira

Resumo


Este estudo analisa a produção científica brasileira, no que tange à temática da inclusão no ensino superior. É uma pesquisa de origem bibliográfica, caracteriza-se como um estudo descritivo e qualitativo, a qual analisou 36 artigos, selecionados a partir de uma consulta online no site da Capes e do Google Acadêmico. Ao todo, obteve-se 975 publicações que correspondiam ao tema da inclusão no ensino superior, no entanto, de acordo com a metodologia adotada neste estudo, excluiu-se os artigos que não correspondiam com os critérios de seleção. Assim, a análise dos dados consiste na observação dos 36 artigos selecionados, desta forma direcionamos dois momentos deste estudo: i) primeiramente ocorreu a revisão sistemática dos estudos bibliométricos sobre a inclusão no ensino superior, com o objetivo de compor um conjunto de orientações para embasar a realização dessas pesquisas; na sequência ii) realizou-se uma pesquisa de revisão sistemática ou estudo bibliométrico sobre o tema. Essas duas modalidades compõem o grupo de pesquisa de mapeamento de campos do conhecimento e de avaliação de resultados obtidos por meio da pesquisa bibliográfica nos sites mencionados. Os resultados dessa etapa mostraram que a inclusão é um processo em construção e dependente do comprometimento dos professores envolvidos na formação inclusiva, assim o aperfeiçoamento profissional, como a formação continuada, são elementos fundamentais na capacitação dos professores e demais servidores, para que assim, de fato, ocorra a inclusão no meio universitário.


Palavras-chave


Inclusão; Ensino Superior; Revisão Sistemática

Texto completo:

PDF HTML

Referências


ALEXANDRINO, E. G. et al. Desafios dos alunos com deficiência visual no ensino superior: um relato de experiência. Cinergis, v. 18, n. 1, p. 1-7, 2016.

ALMEIDA JÚNIOR, C. B.; FERNANDES, S. Políticas de acessibilidade no ensino superior: desafios institucionais. ESTÁCIO, Marcos André Ferreira; ALMEIDA, Diana Andreza Rebouças. PEOPLE WITH DISABILITIES IN HIGHER EDUCATION. Journal of Research in Special Educational Needs, v. 16, p. 836-840, 2016. Estação Científica (UNIFAP), v. 6, n. 3, p. 75-83, 2017.

ALMEIDA, J. G. A.; FERREIRA, E. L. Sentidos da inclusão de alunos com deficiência na educação superior: olhares a partir da Universidade Federal de Juiz de Fora. Psicologia Escolar e Educacional, v. 22, n. spe, p. 67-75, 2018.

AMORIM, É. G.; MMEDERIOS NETA; GUIMARÃES, J. A deficiência em foco nos currículos de graduação da UFRN: uma abordagem histórica (1960-2015). HOLOS, v. 2, p. 231-248, 2016.

ARAUJO, D. A. C.; ARAUJO, C. C. C.; ARAUJO, E. L. Educação especial no ensino superior: contribuições e perspectivas. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, v. 11, n. 25, p. 503-515, 2016.

BORGES, J. A. S.; PEREIRA, A. C. C. O estado da arte sobre políticas públicas para pessoas com deficiência no brasil: dialogando sobre transversalidade e educação. Revista do serviço público, v. 67, n. 4, p. 555-574, 2016.

BORGES, M. L. et al. Desafios institucionais à inclusão de estudantes com necessidades Educativas Especiais no Ensino Superior. Revista Portuguesa de Educação, v. 30, n. 2, p. 7-31, 2017.

BRASIL. Lei nº 13.146, de 6 de julho de 2015. Institui a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência). Brasília. Casa Civil, 2015.

BRASIL. Secretaria de Educação Especial. Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva. Brasília, DF, jan. 2008. [Documento elaborado pelo Grupo de Trabalho nomeado pela portaria n. 555/2007, prorrogada pela portaria n. 948/2007.

BRITO, A.E.C.A.; QUIRINO, D.L.C.; PORTO, L.C.M. Educação especial e inclusiva no ensino superior. Revista Educação, v.16, n.20-21, p.14-20, 2013.

BRITO, J.; ZEPPONE, Rosimeire Maria Orlando. Mapeamento de Teses e Dissertações sobre a inclusão de pessoas com deficiência no Ensino Superior no Brasil. Encontro da Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial, v. 8, 2013.

BUENO, J. G. S. Deficiência e ensino superior: balanço das dissertações e teses brasileiras (1987/2006). In: CHICON, J. F.; DRAGO, R.; VICTOR, S. L. (Orgs.). A educação inclusiva de crianças, adolescentes, jovens e adultos: avanços e desafios. Vitória: Edufes, 2013.

BURCI, T. V. L.; COSTA, M. L. F. Inclusão de pessoas com deficiência visual na educação a distância. Acta Scientiarum, v. 40, n. 2, p. e32212, 2018.

CABRAL, Leonardo Santos Amâncio. Inclusão do público-alvo da Educação Especial no Ensino Superior brasileiro: histórico, políticas e práticas/Inclusion of Special Education’s target audience in Brazilian Higher Education: History, policies and practices. Revista de Educação PUC-Campinas, v. 22, n. 3, p. 371-387, 2017.

CANDIDO, E. A. P.; NASCIMENTO, C. R. S.; MARTINS, M. F. A. Acessibilidade na educação superior também envolve o trabalho pedagógico. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, v. 11, n. 2esp, p. 1017-1033, 2016.

CAVALCANTI, A.; V. O PAPEL DO GESTOR ESCOLAR NO PROCESSO DE INCLUSÃO. IN.: ENCONTRO DE ENSINO, Pesquisa e Extensão. Anais... Presidente Prudente-SP. 2014.

CHAHINI, T. H. C. Atitudes sociais em relação à inclusão de alunos (as) com deficiência na educação superior. Interfaces da Educacao, v. 7, n. 19, p. 314-328, 2016a.

CHAHINI, T. H. C. Inclusão de alunos com deficiência na educação superior. Journal of Research in Special Educational Needs, v. 16, p. 598-602, 2016b.

CHAVES, S. Inclusão para todos. Revista Escola. Edição 47, out./nov., 2015.

CRUZ, C. L. P.; SOUZA, R. C. S. Urdidura da inclusão na universidade federal de Sergipe. Encontro Internacional de Formação de Professores e Fórum Permanente de Inovação Educacional, v. 10, n. 1, 2017.

DANTAS, T. C. Experiência de pessoas com deficiência no ensino superior: um olhar sobre a vivência de empoderamento e autoadvocacia. Crítica Educativa, v. 1, n. 2, p. 82-97, 2015.

DINIZ, M. Inclusão de pessoas com deficiência e/ou necessidades específicas-Avanços e desafios. Autêntica, 2017.

DUSSILEK, Carlos Alberto; MOREIRA, Jaqueline Costa Castilho. Inclusion in higher education: a systematic review of the conditions presented to students with disabilities. Research, Society and Development, v. 6, n. 4, p. 317-341, 2017.

ESTÁCIO, M. A. F.; ALMEIDA, D. A. R. PEOPLE WITH DISABILITIES IN HIGHER EDUCATION. Journal of Research in Special Educational Needs, v. 16, p. 836-840, 2016.

FERNANDES, Z. B. Universidade Inclusiva:(Trans) Formação e Cidadania. Journal of Research in Special Educational Needs, v. 16, p. 1067-1070, 2016.

FERREIRA, A. G. C. Bibliometria na avaliação de periódicos científicos. DataGramaZero, v. 11, n. 3, p. A05, 2010. Disponível em: http://www.brapci.inf.br/v/a/8927. Acesso em: 06 Out. 2018.

FERREIRA, Naidson Clayr Santos et al. Estudo bibliométrico sobre a política educacional para pessoas com deficiência entre 1997 e 2014 (Bibliometric study about educational policies for people with disabilities, between 1997 to 2014). Revista Eletrônica de Educação, v. 11, n. 3, p. 804-816, 2017.

FREITAS, F. P. M. et al. A formação do gestor escolar e o conceito de inclusão no Programa Educação inclusiva: Direito a diversidade. Revista Espacios, v. 37, n. 33, 2016.

FREITAS, F. P. M.; SCHNECKENBERG, M. Inclusão e a formação para atuação do gestor escolar. REPPE-Revista de Produtos Educacionais e Pesquisas em Ensino, v. 1, n. 1, p. 79-101, 2017.

FREITAS, K. E. Análise de Acessibilidade: Aplicação Parcial do Modelo Sicogea em um Centro de Ensino de uma Instituição Federal de Ensino. Revista de Gestão Ambiental e Sustentabilidade: GeAS, v. 5, n. 3, p. 120-134, 2016.

FREITAS, S. N.; TEIXEIRA, C. T.; RECH, A. J. D. Alunos com deficiência em situação de acolhimento institucional: desafios para a gestão e a inclusão escolar. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, v. 11, n. 4, p. 2104-2124, 2016.

GALVÃO, T. F.; PEREIRA, M. G. Revisões sistemáticas da literatura: passos para sua elaboração. Epidemiologia e Serviços de Saúde, v. 23, p. 183-184, 2014.

GHIRARDI, M. I. G. Trabalho e deficiência: as cooperativas como estratégia de inclusão social. Rev. Ter. Ocup. Univ. São Paulo, v. 15, n. 2, p. 49-54, maio/ago., 2004.

HAYASHI, M. C. P. I. Múltiplos olhares sobre a produção do conhecimento em educação especial. Revista Diálogo Educacional, v. 11, n. 32, 2011.

Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira [INEP] (2014). Censo da Educação Superior. 2014. Acessado: 20 nov. 2018. Disponível: http://portal.inep.gov.br/web/guest/sinopses-estatisticas-da-educacao-superior.

Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira [INEP] (2016). Censo da Educação Superior. 2016. Acessado: 20 nov. 2018. Disponível: http://portal.inep.gov.br/web/guest/sinopses-estatisticas-da-educacao-superior.

Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira [INEP] (2017). Censo da Educação Superior. 2017. Acessado: 20 nov. 2018. Disponível: Lhttp://portal.inep.gov.br/web/guest/sinopses-estatisticas-da-educacao-superior

MANHÃES, V. S. Breve análise da legislação das políticas públicas de empregabilidade para pessoas com deficiência. Cadernos gestão pública e cidadania, v. 15, n. 57, São Paulo, 2010.

MANTOAN, M. T. E. Inclusão escolar: o que é? Por quê? Como fazer?. Summus Editorial, 2003.

MARTINS, L. M. S. M.; SILVA, L. G. S.. Trajetória acadêmica de uma estudante com deficiência visual no ensino superior. Revista Educação em Questão, v. 54, n. 41, p. 251-274, 2016.

MEC. Ministério da Educação. Política nacional de educação especial na perspectiva da educação inclusiva. MEC/SEESP, junho de 2008.

MELO, F. R. L. V.; GARCÍA, M. E. M. Legislação para estudantes com deficiência no ensino superior no Brasil e em Portugal: algumas reflexões. Acta Scientiarum. Education, v. 38, n. 3, p. 259-269, 2016.

MENDES, C. L.; RIBEIRO, S. M. INCLUSÃO DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA NO ENSINO SUPERIOR: UM ESTUDO DA PRODUÇÃO ACADÊMICA NA ÁREA DA EDUCAÇÃO. Atos de Pesquisa em Educação, v. 12, n. 1, p. 189-206, 2017.

MENDES, E. G. – Pesquisas sobre inclusão escolar: Revisão da agenda de um grupo de pesquisa. Revista Eletrônica de Educação. São Carlos, SP: UFSCar, v.2, no. 1, p 3-25, jun. 2008.

MESSERSCHMIDT, D. W.; CASTRO, S. F. Docência com alunos com deficiência na universidade. Journal of Research in Special Educational Needs, v. 16, p. 394-398, 2016.

MICHELS, M. H. Gestão, formação docente e inclusão: eixos da reforma educacional brasileira que atribuem contornos à organização escolar. Revista Brasileira de Educação, v. 11, n. 33, p. 406-423, 2006.

MIRANDA, F. D. Educação especial em uma perspectiva inclusiva: aspectos históricos. Revista Educação Especial em Debate, v. 2, n. 4, p. 104-114, 2017.

MOURA, A. F.; LEITE, L. P.; MARTINS, S. E. S. O. Possibilidades de acesso à Universidade: estudantes surdos em questão. Journal of Research in Special Educational Needs, v. 16, p. 876-879, 2016.

NOZU, W. C. S.; SILVA, A. M.; ANACHE, A. A. Permanência do aluno com deficiência no ensino superior: dados censitários sobre as universidades federais da região centro-oeste. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, v. 13, n. 6, p. 1421-1435, 2018.

NUNES, V. L. M.; MAGALHÃES, C. M. GESTÃO SOCIAL NA EDUCAÇÃO PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA. HOLOS, v. 8, p. 355-365, 2016.

OLIVEIRA, A. A. S.; DRAGO, S. L. S. A gestão da inclusão escolar na rede municipal de São Paulo: algumas considerações sobre o Programa Inclui. Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, p. 347-372, 2012.

OLIVEIRA, Camila Dias; MILL, Daniel. Acessibilidade, inclusão e tecnologia assistiva: um estudo bibliométrico. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, v. 11, n. 3, p. 1169-1183, 2016.

OLIVEIRA, Ronaldo Queiroz de et al . A Inclusão de Pessoas com Necessidades Especiais no Ensino Superior. Rev. bras. educ. espec., Marília , v. 22, n. 2, p. 299-314, June 2016.

OMOTE, S. Atitudes em relação à inclusão no ensino superior. Journal of Research in Special Educational Needs, v. 16, p. 211-215, 2016.

PANSANATO, L. T. E.; RODRIGUES, L.; SILVA, C. E. Inclusão de estudante cego em curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas de uma instituição pública de ensino superior: um estudo de caso. Revista Educação Especial, v. 29, n. 55, 2016.

PEREIRA, R. R. et al. Inclusão de estudantes com deficiência no ensino superior: uma revisão sistemática. Revista Educação Especial, v. 1, n. 1, p. 147-160, 2016.

PLETSCH, M. D.; LEITE, L. P. Análise da produção científica sobre a inclusão no Ensino Superior brasileiro. Educar em Revista, p. 87-106, 2017.

SALES, N. Z.; MOREIRA, M. R.; COUTO, E. S. O convívio acadêmico: representações sociais de alunos com Necessidades Educacionais Especiais. Revista Educação Especial, v. 29, n. 55, 2016.

SAMPAIO, R.F.; MANCINI, M. C. Estudos de revisão sistemática: um guia para síntese criteriosa da evidência científica. Revista brasileira de fisioterapia, v. 11, n. 1, p. 83-89, 2007.

SANTANA, A. P. A inclusão do surdo no ensino superior no Brasil. Journal of Research in Special Educational Needs, v. 16, p. 85-88, 2016.

SANTOS, P. K.; DANTAS, N. M. R. Tecnologias assistivas e a inclusão do estudante surdo na educação superior. Revista Internacional de Educação Superior, v. 3, n. 3, p. 494-514, 2017.

SBRANA, R. A.; CARNEIRO, R. U. C. A inclusão de alunos público-alvo da educação especial na educação superior: um estudo de caso sobre o trabalho docente com uma aluna surda no curso de pedagogia. Temas em Educação e Saúde, v. 14, n. 1, p. 121-141, 2018.

SELAU, B.; DAMIANI, M. F.; COSTAS, F. A. T. Estudantes cegos na educação superior: o que fazer com os possíveis obstáculos? Acta Scientiarum. Education, v. 39, n. 4, p. 431-440, 2017.

Silva, Henrique Márcio, Souza, Sandra Mônica Chaves, Prado, Fernanda, Ribeiro, Adriano Leite, Lia, Carmen, & Carvalho, Regiane Luz. (2012). A inclusão de estudantes com deficiência no ensino superior: Revisão de literatura. Revista Da Universidade Vale Do Rio Verde, 10(2), 332-342.

SILVA, K. C.; MARTINS, S. E. S. O. Acessibilidade à educação superior brasileira: o que dizem os estudantes com deficiência. Journal of Research in Special Educational Needs, v. 16, n. S1, p. 116-119, 2016.

SILVA, K. C.; MARTINS, S. E. S. O. ACESSIBILIDADE À EDUCAÇÃO SUPERIOR BRASILEIRA: O QUE DIZEM OS ESTUDANTES COM DEFICIÊNCIA. Journal of Research in Special Educational Needs, v. 16, p. 116-119, 2016.

STROPARO, E. M.; MOREIRA, L. C. O papel da biblioteca universitária na inclusão de alunos com deficiência no ensino superior. Educação (UFSM), v. 1, n. 1, p. 209-222, 2016.

TEIXEIRA, M. C. T. Veloz et al. Inclusão escolar na prática de escolas inclusivas. Encontro: Revista de Psicologia, v. 11, n. 16, p. 199-222, 2015.

TEZANI, T.C. R. A relação entre gestão escolar e educação inclusiva: o que dizem os documentos oficiais? Revista on line de Política e Gestão Educacional, n. 6, 2017.

Torres; J.P.; Calheiros, D.S.; Santos, V. Inclusão na educação superior brasileira: Análise da produção cientifica. Interfaces da Educação, v.7, n.19, p.296-313, 2016.

UNESP. Câmpus Botucatu. Faculdade de ciências agronômicas. Biblioteca Paulo de Carvalho Mattos. Tipos de revisão de literatura. 2015. Disponível em: http://www.fca.unesp.br/Home/Biblioteca/tipos-de-evisao-de-literatura.pdf. Acesso em 10/10/2018.

VOSGERAU, Dilmeire Sant’Anna Ramos; ROMANOWSKI, Joana Paulin. Estudos de revisão: implicações conceituais e metodológicas. Revista Diálogo Educacional, v. 14, n. 41, p. 165-189, 2014.

WELLICHAN, D. S. P.; SOUZA, C. S. A inclusão na prática: alunos com deficiência no Ensino Superior. Revista on line de Política e Gestão Educacional, p. 146-166, 2017.

ZILIOTTO, D. M.; SOUZA, D. J.; ANDRADE, F. I. Quando a inclusão não se efetiva: a evasão de alunos surdos ou com deficiência auditiva no ensino superior. Revista Educação Especial, v. 31, n. 62, p. 727-740, 2018.

Modalidade do artigo: Relato de pesquisa ( ) Revisão de Literatura ( X )




DOI: https://doi.org/10.5902/1984686X36198

CONTATO:

E-mail: revistaeducacaoespecial.ufsm@gmail.com

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Centro de Educação - Lapedoc
Av. Roraima, 1000 - Cidade Universitária
97105-900 - Santa Maria - RS, Brasil.
Telefone: +55 55 3220 8795

Link: https://periodicos.ufsm.br/educacaoespecial

 

ISSN eletrônico: 1984-686X

DOIhttp://dx.doi.org/10.5902/1984686X

Qualis/Capes: Educação A2

Periodicidade: Publicação contínua

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

 

A Revista Educação Especial agradece auxílio recebido por meio do Edital Pró-Revistas, da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, da Universidade Federal de Santa Maria. 

 

 Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International (CC BY-NC 4.0)

Contador de visitas
click counter
Contador de visitas

Acessos a partir de 30/11/2016

__________________________________________________