Educação de surdos em tempos de inclusão

Ana Dorziat

Resumo


A educação de Surdos sempre foi tomada de forma técnica. Desde a época da visão oralista até os dias atuais, quando a língua de sinais é aceita nos diferentes ambientes, há uma simplificação de conceitos sobre o tema, contribuindo para a permanência de práticas educativas colonialistas. A partir dessa constatação, elaboramos o presente texto com foco na Língua de Sinais, trazendo algumas situações observadas em escolas inclusivas, com o objetivo de desocultar as intenções subliminares à inclusão na política e prática educacional, as quais criam expectativas de uma escola ideal sem por em questão a escola real, que, por estar a serviço do mercado, inaugura novos mecanismos de exclusão e discriminação sob o discurso da igualdade e da tolerância.


Palavras-chave


Surdos; Educação; Língua de Sinais; Inclusão/Exclusão.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1984686X14961

CONTATO:

E-mail: revistaeducacaoespecial.ufsm@gmail.com

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Centro de Educação - Lapedoc
Av. Roraima, 1000 - Cidade Universitária
97105-900 - Santa Maria - RS, Brasil.
Telefone: +55 55 3220 8795

Link: https://periodicos.ufsm.br/educacaoespecial

 

ISSN eletrônico: 1984-686X

DOIhttp://dx.doi.org/10.5902/1984686X

Qualis/Capes: Educação A2

 

 

Periodicidade – Publicação contínua


O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

 

 Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International (CC BY-NC 4.0)

Contador de visitas
click counter
Contador de visitas

Acessos a partir de 30/11/2016

____________________________________________________