Reconhecimento docente: a experiência social de professores do ensino privado gaúcho

Jerusa Alves Cuty, Marcos Villela Pereira

Resumo


O presente artigo objetiva analisar o reconhecimento social docente sob a visão articulada da teoria do reconhecimento de Axel Honneth com o modelo desenvolvido por Nancy Fraser – integrando as esferas de reconhecimento com os conceitos de redistribuição e status, analisando como os professores se veem como sujeitos frente à ausência de reconhecimento social e a consequente falta de autorrealização. Para tanto, trabalhou-se com um recorte restrito, a partir de um corpus mais extenso, produzido em uma pesquisa que analisou os discursos docentes publicados na coluna Palavra de Professor do jornal Extra Classe, do SINPRO/RS, entre 2006 e 2015, investigando como eles sugerem aspectos de relações interpessoais na coluna “Palavra de Professor”, e formulando considerações sobre a significação do reconhecimento para docentes do ensino privado do Rio Grande do Sul. As análises limitam-se a explorar traços de presença ou ausência do reconhecimento em sequências discursivas extraídas do jornal, explorando indicadores estratégicos derivados de um olhar dirigido aos traços enunciativos dos sujeitos.


Palavras-chave


Reconhecimento Docente; Ensino Privado; Professor

Texto completo:

PDF HTML

Referências


ADORNO, Theodor W. Consignas. Buenos Aires: Amorrortu, 1972.

CUTY, Jerusa Alves. A Presença e a Ausência do Reconhecimento Social: os discursos docentes na coluna “Palavra de Professor” (Jornal Extra Classe, SINPRO/RS, 2006 – 2015). 2017, 144f. Dissertação, Mestrado em Educação, PUCRS, Porto Alegre, 2017.

JORNAL EXTRA CLASSE. Palavra de Professor. SINPRO/RS. Porto Alegre. Disponível em: https://www.extraclasse.org.br/opiniao/ Acesso em 28 out. 2017.

FRASER, Nancy. Da redistribuição ao reconhecimento? Dilemas da justiça na era pós-socialista. In: Souza, Jessé. (org.). Democracia hoje: novos desafios para a teoria democrática contemporânea. Brasília: UNB, 2001.

FRASER, Nancy. Mapeando a imaginação feminista: Da redistribuição ao reconhecimento e à representação. Estudos feministas, n. 15, 2007a.

FRASER, Nancy. Reenquadrando a justiça em um mundo globalizado. Lua Nova. São Paulo, n. 77, p. 11-39, 2009. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ln/n77/a01n77.pdf. Acesso em 20 abr. 2018.

HONNETH, Axel. Luta por reconhecimento: a gramática moral dos conflitos sociais. 2.ed. São Paulo: Editora 34, 2009

HOUAISS, Antônio. Pequeno dicionário Houaiss da Língua Portuguesa. São Paulo: Moderna, 2015.

HOUAISS, Antônio e VILLAR, Mauro de Salles. Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa. Rio de Janeiro: Objetiva, 2001.

MENDONÇA. Ricardo Fabrino. Reconhecimento em debate: os modelos de Honneth e Fraser em sua relação com o legado habermasiano. Revista de Sociologia e Política. Curitiba, n. 29, p. 169-185, nov. 2007. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rscocp/n29/a12n29.pdf Acesso em 12 abr. 2018.

PINTO, Celi Regina Jardim. Nota sobre a controvérsia Fraser-Honneth informada pelo cenário brasileiro. Lua Nova. São Paulo, n.74, p. 35-58, 2008. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ln/n74/03.pdf




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1984644432842

CONTATO:

E-mail: revistaeducacaoufsm@gmail.com

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Centro de Educação - Lapedoc - Prédio 16
Av. Roraima, 1000 - Cidade Universitária
97105-900 - Santa Maria - RS, Brasil.
Telefone: +55 55 3220 8795

Link: https://periodicos.ufsm.br/reveducacao


ISSN Eletrônico: 1984-6444

DOI: http://dx.doi.org/10.5902/19846444

Qualis/Capes: Educação A1

Periodicidade: Publicação contínua

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

 

A Revista Educação (UFSM) agradece auxílio recebido por meio do Edital Pró-Revistas, da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, da Universidade Federal de Santa Maria. 

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International (CC BY 4.0).

Contador de visitas
click counter
Contador de visitas

Acessos a partir de 30/11/2016

____________________________________________________

    

SalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvar