A Cartografia Social como recurso metodológico para o ensino de Geografia

Roberto Antônio Finatto, Maria Isabel Farias

Resumo


Este texto apresenta e analisa as possibilidades de uso da Cartografia Social na educação básica, sobretudo nos anos iniciais e finais do ensino fundamental. A proposta metodológica apresentada foi estruturada, executada e avaliada durante o programa Escola da Terra, voltado à formação de professores(as) dos anos iniciais do ensino fundamental, entre 2017 e 2019, no estado do Paraná. A Cartografia Social apresenta-se como um recurso fundamental para o desenvolvimento da noção espacial, bem como permite identificar, analisar e problematizar os aspectos da realidade presentes na escola e na comunidade onde ela estiver inserida. Portanto, o trabalho pedagógico com a Cartografia Social possibilita, simultaneamente, o conhecimento da linguagem cartográfica e a problematização da realidade concreta do cotidiano escolar, questões centrais no ensino da Geografia.


Palavras-chave


Cartografia; Educação do Campo; Ensino de Geografia; Metodologia de ensino

Texto completo:

PDF

Referências


ACSELRAD, H.; COLI, L. R. Disputas cartográficas e disputas territoriais. In: ACSELRAD, H. (Org.) Cartografias Sociais e Território. Rio de Janeiro: IPPUR/UFRJ, 2008, p. 13-44.

BARGAS, J. K. R; CARDOSO, L. F. C. Cartografia Social e organização política das comunidades remanescentes de quilombos de Salvaterra, Marajó, Pará, Brasil. Bol. Mus. Para. Emílio Goeldi. Cienc. Hum., Belém, v. 10, n. 2, p. 469-488 maio-ago. 2015.

CALLAI, H. C. A Geografia e a escola: muda a Geografia? Muda o ensino? Terra Livre. São Paulo: AGB, n. 16, p. 133-152, 2001.

CALDART, R. S. et al. Inventário da realidade: guia metodológico para uso nas escolas do campo. 2016. Veranópolis, Rio Grande do Sul. (Texto elaborado durante o Seminário Educação em Agroecologia nas Escolas do Campo) [não publicado].

CARVALHO, J. I. F. et al. A Cartografia Social como possibilidade para o ensino de Geografia: a pesquisa colaborativa em ação. Revista de Geografia (Recife), v. 33, n. 2, 2016.

CASTRO, I. E. Escala e pesquisa na geografia. Problema ou solução? Espaço Aberto, PPGG - UFRJ, V. 4, N.1, p. 87-100, 2014.

COSTA LIMA, M. V.; COSTA, S. M. G. Cartografia Social das crianças e adolescentes ribeirinhas/quilombolas da Amazônia. Revista Geografares, n°12, p.76-113, Julho, 2012.

COSTA, F. R; LIMA, F. A. F. A linguagem cartográfica e o ensino-aprendizagem da Geografia: algumas reflexões. Geografia Ensino & Pesquisa, v. 16, n. 2 p. 105 - 116 maio/ago. 2012.

FERNANDES, B. M. Questão Agrária: conflitualidade e desenvolvimento territorial. In: BUAINAIN, A. M. et al. (Orgs.). Luta pela Terra, Reforma Agrária e Gestão de Conflitos no Brasil. Campinas: Editora da Unicamp, p. 173-224, 2008.

FRANCISCHETT, M. N. A cartografia no ensino da geografia: construindo os caminhos do cotidiano. Rio de Janeiro: Litteris, 2002.

FRANCISCHETT, M. N. A cartografia no ensino-aprendizagem da Geografia. Biblioteca On-Line de Ciências da Comunicação. 2004. p. 01-12. Disponível em: . Acesso em 15 de abr de 2020.

FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. 9ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra. 1981.

GOMES, M. F. V. B. Cartografia Social e Geografia Escolar: aproximações e possibilidades. Revista Brasileira de Educação em Geografia, Campinas, v. 7, n. 13, p. 97-110, jan./jun., 2017.

HARLEY, J. B. Mapas, conocimiento y poder. In: _____. La nueva naturaleza de los mapas. Ensayos sobre la historia de la cartografía. México: fce, 2005, p. 79-112.

LACOSTE, I. A Geografia - isso serve, em primeiro lugar, para fazer a guerra. 19ª ed. Campinas/SP: Papirus, 2012.

MARTINUCI, O. S. Geografia, Semiologia Gráfica e Coremática. Mercator, Fortaleza, v. 15, n.3, p. 37-52, jul./set., 2016.

MEC – MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Escola da Terra. Disponível em . Acesso em 02 de abr. de 2020.

MENDES, J. S.; GORAYEB, A.; BRANNSTROM, C. Diagnóstico participativo e Cartografia Social aplicados aos estudos de impactos das usinas eólicas no litoral do Ceará: o caso da praia de Xavier, Camocim. Geosaberes, Fortaleza, v. 6, número especial (3), p. 243 - 254, Fevereiro. 2016.

MILAGRES, C. S. F. O uso da Cartografia Social e das técnicas participativas no ordenamento territorial em projetos de reforma agrária. 2011. Dissertação (Mestrado em Extensão Rural) – Universidade Federal de Viçosa, Viçosa/MG. 2011.

MOREIRA, R. Pensar e Ser em Geografia – ensaios de história, epistemologia e ontologia do espaço geográfico. São Paulo: Contexto, 2007.

PARECER CEE/CEB N.º 1011/10. Consulta sobre as Normas e princípios para a implementação da Educação Básica do Campo no Sistema Estadual de Ensino do Paraná, bem como do processo de definição da identidade das Escolas do Campo. 2010. Disponível em . Acesso em 15 de abr de 2020.

RAFFESTIN, C. Por uma geografia do poder. São Paulo: Editora Ática S. A., 1993.

RICHTER, D. A linguagem cartográfica no ensino em Geografia. Revista Brasileira de Educação em Geografia, Campinas, v. 7, n. 13, p. 277-300, jan./jun., 2017

SANTOS, M. O dinheiro e o território. GEOgraphia, Niterói, ano 1, n. 1, p.07-13, 1999.

SANTOS, M. A natureza do espaço – técnica e tempo, razão e emoção. São Paulo: Edusp, 2008.

SILVA, C. A.; SCHIPPER, I. Cartografia da ação social: reflexão e criatividade no contato da escola com a cidade. Rev. Tamoios, São Gonçalo, ano 08, n. 1, p. 25-39, jan/jun. 2012.

SIMIELLI, M. E. O mapa como meio de comunicação e a alfabetização cartográfica. In: ALMEIDA, R. D. (Org.). Cartografia escolar. 2 ed. São Paulo: Contexto. 2014. p.71-93.

SOUZA, J. G.; KATUTA, A. M. Geografia e conhecimentos cartográficos – A cartografia no movimento de renovação da geografia brasileira e a importância do uso de mapas. São Paulo: Editora Unesp, 2001.

SUERTEGARAY, D. M. A.; OLIVEIRA, M. G.; PIRES, C. L. Z. Flona de Tefé-AM: mapeamento participativo e uso do SIG. Revista FSA, Teresina, v. 9, n. 2, art. 12, pp. 173-186, Ago./Dez. 2012.

ZIBECHI, R. Territórios em resistência: cartografia política das periferias urbanas latino-americanas. Rio de janeiro: Consequência Editora, 2015.




DOI: https://doi.org/10.5902/2236499443605

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Indexações e Bases Bibliográficas