O ensino de Geografia em cursos técnicos de nível médio integrado: entre a formação intelectual e a formação para o mundo do trabalho

Melania Olimira Hohn, Willian Simões

Resumo


O presente artigo é resultado de um estudo cujo objetivo foi refletir sistematicamente sobre o ensino de Geografia em cursos técnicos de nível médio integrado em Chapecó-SC e região. Os procedimentos metodológicos envolveram, principalmente, aplicação de questionários com estudantes e entrevistas semiestruturadas com professores. As informações levantadas durante a pesquisa de campo direcionaram as leituras, reflexões e discussões para o eixo educação, trabalho e ensino de Geografia. Desta forma, estabeleceu-se um diálogo interdisciplinar com autores, em que focaremos neste artigo, sobretudo, sobre a histórica dicotomia existente entre a formação intelectual e a formação para o mundo do trabalho, alguns dilemas, desdobramentos e desafios para o ensino de Geografia. 


Palavras-chave


Ensino de Geografia; Educação e trabalho; Ensino técnico e profissional

Texto completo:

PDF

Referências


AGAMBEN, Giorgio. O que é o contemporâneo? e outros ensaios. Chapecó, SC: Argos, 2009.

ANDREIS, Adriana Maria. Ensino de Geografia: fronteiras e horizontes. Porto Alegre: Compasso Lugar-Cultura: Imprensa Livre, 2012.

ANTUNES, Ricardo L.C. Os Sentidos do Trabalho: ensaio sobre a afirmação e a negação do trabalho. 2. ed. São Paulo, SP: Ed. Boitempo, 2009.

APOLINÁRIO, Fábio. Dicionário de metodologia científica: um guia para a produção do conhecimento científico. São Paulo: Atlas, 2009.

BORGES, Maristela Corrêa. Da observação participante à participação observante: uma experiência de pesquisa qualitativa. In. PESSOA, Vera Lúcia Salazar; RAMIRES, Júlio Cesar e Lima (Org.). Geografia e Pesquisa Qualitativa: nas trilhas da investigação. Uberlândia: Assis, 2009.

BRASIL. Diretrizes Curriculares Nacionais da Educação Básica. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Diretoria de Currículos e Educação Integral. Brasília: MEC, SEB, DICEI, 2013

CALLAI, Helena Copetti. A Formação do Profissional da Geografia. O Professor. Ed. Unijúi, 2013. Coleção Ciências Sociais.

CALLAI, Helena Copetti. Educação Geográfica: ensinar e aprender Geografia. In. CASTELLAR, Sônia M. V; MUNHOZ, Gislaine Batista (org). Conhecimentos Escolares e Caminhos Metodológicos. São Paulo: Xamã, 2012.

CALLAI, Helena Copetti. O Ensino de Geografia: Recortes Espaciais Para Análise. In. CASTROGIOVANI, Antônio Carlos [et al]. Geografia em sala de aula: práticas e reflexões. 5ª ed. Porto Alegre: Ed. UFRGS, 2010.

CAVALCANTI, Lana de Souza. A Geografia Escolar e a sociedade brasileira contemporânea. In. CASTROGIOVANI, Antônio Carlos... [et al]. O ensino de geografia e suas composições curriculares. Porto Alegre: Mediação, 2014.

CAVALCANTI, Lana de Souza. COTIDIANO, MEDIAÇÃO PEDAGÓGICA E FORMAÇÃO DE CONCEITOS: uma contribuição de Vygotsky ao ensino de geografia. In. Cad. Cedes, Campinas, vol.25, n. 66, p. 185-207, maio/ago.2005. Disponível em: < http://www.cedes.unicamp.br> Acesso em: 04/09/2015.

FRIGOTTO, Gaudêncio. Trabalho, conhecimento, consciência e a educação do trabalhador: impasses teóricos e práticos. In. GOMEZ, Carlos Minayo [et al]. Trabalho e conhecimento: dilemas na educação do trabalhador. 6ª ed. São Paulo: Cortez, 2012.

FRIGOTTO, Gaudêncio; CIAVATTA, Maria; RAMOS, Marise (Org.). Ensino Médio Integrado: Concepção e Contradições. et al. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2010.

FRIGOTTO, Gaudêncio. Educação e a crise do capitalismo real. São Paulo: 6. ed. Cortez, 2010.

FRIGOTTO, Gaudêncio; CIAVATTA, Maria; RAMOS, Marise. A gênese do Decreto n. 5.124/2004: um debate no contexto controverso da democracia restrita. In.

FRIGOTTO, Gaudêncio; CIAVATTA, Maria; RAMOS, Marise. Ensino médio integrado: concepção e contradições. São Paulo: Cortez, 2005.

FRIGOTTO, Gaudêncio; CIAVATTA, Maria. (org.) ENSINO MÉDIO: Ciência, Cultura e Trabalho: Capítulo I - O Ensino Médio: eixos e concepções. RAMOS, Marise, Brasília: MEC, SEMTEC, p.35- 52. 2004.

GENTILI, Pablo. Desencanto e utopia: a educação no labirinto dos novos tempos. Petrópolis, RJ: Vozes, 2008.

GIL, Antônio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6ª ed. São Paulo: Atlas, 2008.

GRAMSCI, Antônio. Os intelectuais e a organização da cultura. Tradução de Carlos Nelson Coutinho. Rio de Janeiro. Civilização Brasileira S.A, 8. ed. 1991.

KAERCHER, Nestor André. Se a Geografia escolar é um pastel de vento o gato come a Geografia Crítica. Porto Alegre: Evangraf, 2014.

KUENZER, Acacia. (Org.) Ensino médio: Construindo uma proposta para os que vivem do trabalho. 6ª ed. São Paulo: Cortez, 2009.

MANACORDA, Mário A. História da educação: da antiguidade aos nossos dias. São Paulo: Cortez / Autores Associados, 1989.

MARX, Karl. O Capital: Crítica da economia política. Vol. I, Tomo I. São Paulo: Abril Cultural, 1983.

MOREIRA, Ruy. A formação espacial brasileira: contribuição crítica aos fundamentos espaciais da geografia do Brasil. Rio de Janeiro: Consequência, 2014.

NIELSEN JÚNIOR, Diogenes. Trabalho e educação profissional no Brasil: Reforma Capanema (1942). Campinas: Unicamp, 2004. (Dissertação de Mestrado)

NOGUEIRA, Valdir; CARNEIRO, Sônia M. M. Educação Geográfica e Formação da Consciência Espacial Cidadã. Curitiba, PR: UFPR, 2013.

ROMANELLI, Otaísa de O. História da educação no Brasil. Petrópolis: Vozes, 2001.

SANTOS, Milton. Por uma outra globalização: do pensamento único à consciência universal. 25ª ed. Rio de Janeiro: Recordo, 2015.

SAVIANI, Demerval. Trabalho e educação: fundamentos ontológicos e históricos. In. Revista Brasileira de Educação. v.12, n.34, jan/abr, 2007.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2236499426064

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Indexações e Bases Bibliográficas