Métodos de avaliação do comportamento adaptativo em pessoas com deficiência intelectual: uma revisão de literatura

Elizângela Fernandes Ferreira, Mey de Abreu Van Munster

Resumo


Os déficits cognitivos e adaptativos podem interferir no desenvolvimento da autonomia e da independência de pessoas com deficiência intelectual. Desta forma, identifica-se a necessidade de avaliar o comportamento adaptativo em pessoas nessa condição, a fim de ajustar o planejamento, a implementação e avaliação de programas de intervenção às necessidades desse público. Assim o presente estudo teve como objetivo analisar os métodos de avaliação do comportamento adaptativo empregados junto à população de pessoas com deficiência intelectual. Trata-se de uma pesquisa de cunho quali-quantitativo do tipo bibliográfica. Os dados foram coletados por meio do banco de dados da CAPES, da Dynamed e UptoDate. Os dados foram analisados, quantitativo e qualitativamente. Os resultados apontaram uma prevalência de utilização de instrumentos padronizados, com destaque para a Escala do Comportamento Adaptativo – Vineland. O contexto predominante neste método de avaliação foi o clínico, sendo a finalidade de maior incidência, a correlação do comportamento adaptativo com um fator externo. Já para os instrumentos não padronizados, o contexto com maior incidência foi o educacional. Nesse método a observação direta tem sido amplamente empregada. Quase todos os domínios do comportamento adaptativo têm sido avaliados nos estudos, contudo há uma evidência maior em aspectos relativos ao domínio social.


Palavras-chave


Deficiência Intelectual. Comportamento Adaptativo. Educação Especial.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1984686X14339

CONTATO:

E-mail: revistaeducacaoespecial.ufsm@gmail.com

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Centro de Educação - Lapedoc
Av. Roraima, 1000 - Cidade Universitária
97105-900 - Santa Maria - RS, Brasil.
Telefone: +55 55 3220 8795

Link: https://periodicos.ufsm.br/educacaoespecial

 

ISSN eletrônico: 1984-686X

DOI10.5902/1984686X

Qualis/Capes: Educação A2

 

 

Periodicidade – Trimestral

Primeiro trimestre, jan./mar., limite para publicar a edição 31 março.

Segundo trimestre, abr./jun., limite para publicar a edição 30 junho.

Terceiro trimestre, jul./set., limite para publicar a edição 30 setembro.

Quarto trimestre, out./dez., limite para publicar a edição 31 dezembro.

Os dizeres acima dizem respeito somente à data de publicação da edição e não ao envio de artigos.

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

 

 Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International (CC BY-NC 4.0)

Contador de visitas
click counter
Contador de visitas

Acessos a partir de 30/11/2016

____________________________________________________