A importância da língua de sinais para o desenvolvimento da pessoa surda: A noção de inclusão associada ao sentimento de pertencimento no espaço escolar.

Patricia Velho Dall'Astra

Resumo


Este artigo se propõe a expor conceitos relativos à deficiência auditiva, como a deficiência em si e a língua de sinais. Considerando a escola como um dos mais relevantes espaços de convivência das crianças (surdas e ouvintes) e o sentimento de pertencimento que as pessoas podem desenvolver concernente a esse espaço, será apresentada uma breve análise das três principais propostas da educação de surdos, para, depois, estabelecer uma relação entre a língua de sinais e sua importância para o desenvolvimento da pessoa surda (especialmente nos casos de surdez pré-linguística), de modo a facilitar o processo de inclusão social da mesma. Conclui-se que a escola, por ser um espaço tanto de construção de conhecimento como de laços afetivos, é o lugar ideal para relacionar os conteúdos escolares com a cultura surda, além de incentivar ouvintes a aprenderem a língua de sinais desde cedo – e, através de uma comunicação eficiente entre pessoas com e sem deficiência, promover um ambiente cada vez mais verdadeiramente inclusivo.

Palavras-chave: língua de sinais, surdez, educação.


Palavras-chave


língua de sinais; surdez; educação.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1984686X13374

CONTATO:

E-mail: revistaeducacaoespecial.ufsm@gmail.com

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Centro de Educação - Lapedoc
Av. Roraima, 1000 - Cidade Universitária
97105-900 - Santa Maria - RS, Brasil.
Telefone: +55 55 3220 8795

Link: https://periodicos.ufsm.br/educacaoespecial

 

ISSN eletrônico: 1984-686X

DOI10.5902/1984686X

Qualis/Capes: Educação A2

 

 

Periodicidade – Trimestral

Primeiro trimestre, jan./mar., limite para publicar a edição 31 março.

Segundo trimestre, abr./jun., limite para publicar a edição 30 junho.

Terceiro trimestre, jul./set., limite para publicar a edição 30 setembro.

Quarto trimestre, out./dez., limite para publicar a edição 31 dezembro.

Os dizeres acima dizem respeito somente à data de publicação da edição e não ao envio de artigos.

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

 

 Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International (CC BY-NC 4.0)

Contador de visitas
click counter
Contador de visitas

Acessos a partir de 30/11/2016

____________________________________________________