A criança e o seu mundo: considerações acerca da educação natural nos dois primeiros livros do Emílio de Rousseau

Fernando Dala Santa

Resumo


No presente artigo objetivamos abordar alguns aspectos da educação natural pensada para a infância, expostos nos Livros I e II da obra Emílio ou da Educação, de Jean-Jacques Rousseau. O conceito de educação natural permite perceber a vinculação de Rousseau ao movimento iluminista, ao mesmo tempo em que revela o modo como argumenta enquanto crítico da razão. Na primeira infância a educação natural estaria fortemente ligada à tensão entre as necessidades infantis e a intervenção adulta, cujo equilíbrio iria permitir que a criança pudesse se desenvolver em consonância com a natureza. A segunda infância, por seu turno, seria permeada por uma educação de cunho sensível, em meio a jogos e brincadeiras, favorecendo a robustez física e o refinamento dos sentidos. A educação natural estaria fundamentada, nessa perspectiva, no respeito ao mundo infantil e na consequente compreensão da criança como ser completo em sua condição especial de desenvolvimento, o que a insere em um plano pedagógico cujo mote seria a formação do homem em sentido amplo.


Palavras-chave


Educação natural; Infância; Mundo da criança

Texto completo:

PDF HTML

Referências


BÖHM, Winfred. La história de la pedagogía: desde Platón hasta la actualidade. Villa Maria: Eduvim, 2010.

BURGELIN, Pierre. Prefácio. In. ROUSSEAU, Jean-Jacques. O contrato social. 3. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1996, IX-XXIII.

CASSIRER, Ernest. A filosofia do iluminismo. Trad. Álvaro Cabral. Campinas: editora da Unicamp, 1992.

DALBOSCO, Claudio Almir. Primeira infância e educação natural em Rousseau: as necessidades da criança. Educação, Porto Alegre, v. 62, n. 2, p. 313-336, maio/ago. 2007.

DALBOSCO, Claudio Almir. Paradoxos da educação natural no Émile de Rousseau: os cuidados do adulto. Educ. Soc., Campinas, vol. 30, n. 106, p. 175-193, jan./abr. 2009.

DALBOSCO, Claudio Almir. Educação natural em Rousseau. Das necessidades da criança e dos cuidados do adulto. São Paulo: Editora Cortez, 2011.

DALBOSCO, Claudio Almir. O lugar do Émile na arquitetônica do pensamento de Rousseau: problemas de vínculo entre educação e política. Veritas. Porto Alegre, v. 61, n. 1, jan.-abr. 2016, p. 7-25

DELGADO, Jorge Velázquez. Consideraciones en torno a la filosofía política de Jean-Jacques Rousseau. In. BENÍTEZ, Roberto Sánchez;

MÁRQUEZ, Víctor Manuel Hernández (Orgs.). La multiplicidad de Rousseau. Barcelona: Anthropos Editorial; Ciudad Juárez (México): Universidad Autónoma de Ciudad Juárez, 2016, p. 33-56.

GOETHE, Johan Wolfgang von. Anos de aprendizado de Wilhelm Meister. Trad. Nicolino Simone Neto. São Paulo: Ensaio, 1994.

GÓMEZ, Adolfo Lizárraga. Educación y libertad. El Emilio o de la educación de Jean-Jacques Rousseau. In. BENÍTEZ, Roberto Sánchez; MÁRQUEZ, Víctor Manuel Hernández (Orgs.). La multiplicidad de Rousseau. Barcelona: Anthropos Editorial; Ciudad Juárez (México): Universidad Autónoma de Ciudad Juárez, 2016, p. 189-207.

HERB, Karlfriedrich. Luz e sombra: o público e o privado em Jean-Jacques Rousseau e Hannah Arendt. Philósophos. Goiânia, v. 7, n. 1 p. 75-90, 2002.

HOTTOIS, Gilbert. Historia de la filosofia: del renacimiento a la posmodernidad. Madrid: Ediciones Cátedra, 1999.

PLATÃO. A República. Trad. Maria Helena da Rocha Pereira. 9. ed. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 2001.

REALE, Giovanni; ANTISERI, Dario. História da filosofia: do

humanismo a Kant. São Paulo: Paulus, 1990.

ROUSSEAU, Jean-Jacques. Discurso sobre a origem e os fundamentos da desigualdade entre os homens. São Paulo: Nova Cultural, 1991.

ROUSSEAU, Jean-Jacques. Emílio ou da educação. 3.ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1995.

ROUSSEAU, Jean-Jacques. O contrato social. 3. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1996.

SOËTARD, Michel. Jean-Jacques Rousseau. Trad. Verone Lane Rodrigues Doliveira. Recife: Fundação Joaquim Nabuco/Editora Massangana, 2010.

STAROBINSKI, Jean. Jean-Jacques Rousseau: a transparência e o obstáculo. Tradução Maria Lúcia Machado. São Paulo: Companhia das Letras, 1991.

STRECK, Danilo R. Rousseau & a educação. Belo Horizonte: Autêntica, 2008.




DOI: https://doi.org/10.5902/1984644431798

CONTATO:

E-mail: revistaeducacaoufsm@gmail.com

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Centro de Educação - Lapedoc - Prédio 16
Av. Roraima, 1000 - Cidade Universitária
97105-900 - Santa Maria - RS, Brasil.
Telefone: +55 55 3220 8795

Link: https://periodicos.ufsm.br/reveducacao


ISSN Eletrônico: 1984-6444

DOI: http://dx.doi.org/10.5902/19846444

Qualis/Capes: Educação A1

Periodicidade: Publicação contínua

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

 

A Revista Educação (UFSM) agradece auxílio recebido por meio do Edital Pró-Revistas, da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, da Universidade Federal de Santa Maria. 

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International (CC BY 4.0).

Contador de visitas
click counter
Contador de visitas

Acessos a partir de 30/11/2016

____________________________________________________

    

SalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvar