O discurso parlamentar sobre a presença obrigatória da Filosofia e da Sociologia no ensino médio entre 1997 e 2008

Gustavo Cravo de Azevedo

Resumo


O trabalho tem como objetivo principal contar e analisar a trajetória de institucionalização da Sociologia como disciplina obrigatória no ensino médio entre os anos 1983 e 2008, com atenção para seus avanços e retrocessos. Além do foco nos estados, o estudo acompanha as duas tramitações de projetos de lei federal. A primeira, em 2001, sem sucesso, a segunda, em 2008, com sucesso. Nas duas tentativas, são analisados os discursos produzidos pelos parlamentares nas duas Casas do Congresso, a Câmara dos Deputados e o Senado Federal. Entre os argumentos favoráveis à obrigatoriedade da disciplina, destacam-se os objetivos de boa formação da juventude brasileira e construção de uma sociedade democrática e cidadã. Entre os argumentos contrários, as dificuldades práticas dessa empreitada e a suposição de que os conteúdos de Sociologia e Filosofia já estariam contemplados em outras disciplinas de Humanidades.


Palavras-chave


Ensino de Filosofia; Ensino de Sociologia

Texto completo:

PDF

Referências


AZEVEDO, Gustavo Cravo de. Sociologia no Ensino Médio: uma trajetória político-institucional (1982-2008). 222 folhas. Dissertação de mestrado – Programa de PósGraduação em Ciência

Política, Universidade Federal Fluminense, 2014. Disponível em: http://www.labes.fe.ufrj.br/download/?ch=eb30fe564525c94a6b61ebb72a0e9cf2. Acesso em 19/06/2018.

BRASIL. Congresso Nacional. Câmara dos Deputados. Padre Roque Zimmemann. Projeto de Lei 3178/1997. Altera dispositivos do art. 36. Da Lei n 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional - Brasília, DF, 1997.

BRASIL. Congresso Nacional. Câmara dos Deputados. Ribamar Alves. Projeto de Lei 1641/2003. Altera dispositivos do art. 36. Da Lei n 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional - Brasília, DF, 2003.

BRASIL. Lei nº 11.684, 2 de junho de 2008. Altera o art. 36 da Lei n 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para incluir a Filosofia e a Sociologia como disciplinas obrigatórias nos currículos do ensino médio.

BRASIL. Lei nº 13.415, de 16 de fevereiro de 2017. Conversão da Medida Provisória nº 746. Altera substancialmente o Ensino Médio.

BRASIL. Ministério da Educação. Lei 9394/1996. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília, 1996.

CARVALHO. Lejeune Mato Grosso de. (Org.). Sociologia e ensino em debate: experiências e discussão de sociologia no ensino médio. Ijuí, Rio Grande do Sul. Ed. Unijuí, 2004.

LANGON, Maurício; AGRATTI, Laura, APPEL, Emmanuel; GALLO, Silvio; HEUSER; Ester Maria Dreher. Uma conversa-viagem: Entre o passado e o futuro do ensino de filosofia. Revista Sul-Americana de Filosofia e Educação. Número 21: nov/2013-abr/2014, p. 193-219. Disponível em: http://periodicos.unb.br/ojs32/index.php/resafe/article/view/4644. Acesso em 19/06/2018.

MORAES, Amaury. Ensino de Sociologia: Periodização e Campanha pela Obrigatoriedade. Cad. Cedes, Campinas, vol. 31, n. 85, p. 359-382, set.-dez. 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ ccedes/v31n85/04v31n85. Acesso em 19/06/2018.

MORAES, Amaury. Por que Sociologia e Filosofia no Ensino Médio? In: Sociologia e ensino em debate: experiências e discussões de sociologia no ensino médio. Ijuí, Rio Grande do Sul. Ed. Unijuí, 2004.

ROMANO, Fábio Geraldo. A luta em defesa da Sociologia no ensino médio (1996-2007): um estudo sobre a invenção das tradições. Dissertação de mestrado apresentada no Programa de PósGraduação em Educação Escolar da Faculdade de Ciências e Letras, UNESP/ Araraquara. 2009.

ZANARDI, Gabriel Seretti. A re-introdução da Sociologia nas escolas públicas: caminhos e ciladas para o trabalho docente. Dissertação de mestrado apresentada no Programa de Pós-Graduação em Educação Escolar da Faculdade de Ciências e Letras, UNESP/ Araraquara. 2009.




DOI: https://doi.org/10.5902/2448065733180

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Gustavo Cravo

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

A Revista Digital de Ensino de Filosofia - REFilo agradece auxílio recebido por meio do Edital Pró-Revistas, da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, da Universidade Federal de Santa Maria. 

_____________________________________________________________