Percepção de professores face à educação de alunos com necessidades educativas especiais: um estudo no norte de Portugal

Autores

  • Amanda Fernandes Santos Universidade do Minho
  • Luis Miranda Correia Universidade do Minho / IPODINE - Instituto Portugues de Dislexia e outras Necessidades Especiais
  • Anabela Cruz-Santos Universidade do Minho

DOI:

https://doi.org/10.5902/1984686X9013

Palavras-chave:

Educação Especial, Inclusão, Educação Escolar Básica.

Resumo

http://dx.doi.org/10.5902/1984686X9013

Atualmente, não apenas professores e pais esperam das escolas uma postura inclusiva, mas toda a sociedade parece compreender e pleitear esta necessidade. Porém, quando falamos em inclusão estaremos todos a pensar na mesma coisa? Teremos a mesma perceção das necessidades que a implementação desta filosofia requer? Estas questões impulsionaram-nos à elaboração deste estudo que teve por base a aplicação de um questionário com os objetivos de perceber a forma como os professores vêm a educação de alunos com Necessidades Educativas Especiais (NEE), e de averiguar as perceções dos professores face à inclusão de alunos com NEE nas escolas regulares. Participaram neste estudo 249 professores do 1º Ciclo do Ensino Básico de 52 Agrupamentos de Escolas do Distrito de Braga, região Norte de Portugal. O questionário é composto por 25 itens, agrupados em três grupos fundamentais: (1) Atitudes; (2) Recursos; e (3) Colaboração. Os resultados obtidos demonstram existir diferenças significativas entre alguns itens dos diferentes grupos e as variáveis género, habilitações académicas e experiência profissional dos sujeitos. Os resultados indicam ainda que, embora os participantes reconheçam que é importante implementar a filosofia inclusiva no país, é necessário providenciar mais formação para todos os indivíduos envolvidos na educação de alunos com NEE, bem como ter-se acesso a um conjunto de recursos especializados que possam prover respostas educativas de qualidade para esses alunos.

Palavras-Chave: Educação Especial; Inclusão; Educação Escolar Básica

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Amanda Fernandes Santos, Universidade do Minho

Doutoranda em Estudos da Criança e Mestre em Educação Especial pela Universidade do Minho, Portugal.

Luis Miranda Correia, Universidade do Minho / IPODINE - Instituto Portugues de Dislexia e outras Necessidades Especiais

Professor Catedrático Emérito, Universidade do Minho. Presidente do Instituto Português de Dislexia e Outras Necessidades Especiais (IPODINE).

Anabela Cruz-Santos, Universidade do Minho

Professora Auxiliar do Departamento de Psicologia da Educação e Educação Especial do Instituto de Educação da Universidade do Minho.

Downloads

Publicado

2014-04-11

Como Citar

Santos, A. F., Correia, L. M., & Cruz-Santos, A. (2014). Percepção de professores face à educação de alunos com necessidades educativas especiais: um estudo no norte de Portugal. Revista Educação Especial, 27(48), 11–26. https://doi.org/10.5902/1984686X9013

Edição

Seção

Artigos – Demanda contínua

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.