Cartografias de uma experiência em Artes Visuais

Fabio Wosniak

Resumo


Esse texto aborda os vínculos entre experiência, Artes Visuais e Educação, através de uma articulação de ensino e aprendizagem de arte criada no Grupo de Estudos Estúdio de Pintura Apotheke, ancorado na Filosofia da Arte como experiência de John Dewey (1859-1952).


Palavras-chave


Arte como experiência; Ensino/Aprendizagem em Artes Visuais; Arte/Educação

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, Célia Maria de Castro. Ser artista, ser professor: razões e paixões do ofício. São Paulo: Editora UNESP, 2009.

BARBOSA, Ana Mae. John Dewey e o Ensino da Arte no Brasil. São Paulo: Cortez, 2001.

CUNHA, Antônio Geraldo da. Dicionário etimológico da língua portuguesa. Rio de Janeiro: Lexikon, 2010.

DEWEY, John. Arte como experiência. São Paulo: Martins Fontes, 2010.

___________. Experiência e Educação. Petrópolis, R.J.: Vozes, 2011.

__________. Democracia e Educação. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1959.

GENET, Jean. O ateliê de Giancometti. São Paulo: Cosac & Naify, 2000.

KLEE, Paul. Diários. São Paulo: Martins Fontes, 1990.

NEUPARTH, Sophia. Arte Agora: pensamentos enraizados na experiência. São Paulo: Anablume, 2011.

PEREIRA, Marcos Villela. Estética da professoralidade: um estudo crítico sobre a formação do professor. Santa Maria: Ed. Da UFSM, 2013.

ROLNIK, Suely. Cartografia sentimental: transformações contemporâneas do desejo. Porto Alegre: Sulina, Editora da UFRGS, 2011.

WINNICOTT, D.W. A Criança e o seu mundo. R.J.: LTC, 1982.




DOI: https://doi.org/10.5902/1983734827865

 
 
 
DOI: Digital Object Identifier 10.5902/19837348

Qualis B1

Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 4.0 (CC BY 4.0).

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 (CC BY 4.0).

Acessos a partir de 17/09/2015

CopySpider - Software Anti-plagio