O jornal impresso: possibilidade de letramento numa perspectiva discursiva na educação infantil

Inês Buglini Casarin, Heloisa Oliveira Azevedo

Resumo


Este artigo constitui-se de relato de pesquisa acadêmico-cientifica de abordagem qualitativa exploratória que investigou práticas pedagógicas de professoras em duas turmas de educação infantil no município de Campinas. O problema da pesquisa situou-se em compreender como o jornal impresso pode se constituir em mediador do desenvolvimento da linguagem e do pensamento infantis. Neste artigo apresentamos as análises realizadas mediante o entrelaçamento das transcrições das entrevistas semiestruturadas com os registros de observação. O material empírico foi analisado com base em pressupostos da teoria histórico-cultural e da perspectiva bakhitiniana. Destacamos que as práticas pedagógicas planejadas tomando como mediador o jornal impresso, possibilitaram a inserção das crianças no mundo letrado e na realidade circundante e a proposta de elaboração de um jornal das salas constituiu-se um deflagrador da produção textual infantil. Os gêneros discursivos contidos no jornal possibilitaram a interlocução, a troca de experiências e a abordagem de temáticas constantes nos planejamentos das professoras, tornando o ensino contextualizado e significativo.


Palavras-chave


Formação de professores; pedagogia; educação

Texto completo:

PDF HTML

Referências


ARAÚJO, Annyelle de Santana. As noções de enunciado para

Bakhtin, Foucault e Pêcheux: Linguagem Estudos e Pesquisas. Vol. 18, n. 01, p. 181-206, jan. /jun.2014 UFG/Regional Catalão. Disponível em: https://docgo.net/embed/35042-152016-1-pb-pdf. Acesso em: 15 out. 2018.

BAJARD, Élie. Da escuta de textos à leitura. São Paulo: Cortez, 2007.

BAKHTIN, Mikhail. Estética da criação verbal. 4ª. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

BAKHTIN, Mikhail. Estética da Criação Verbal. 5ª. ed. São Paulo: WMT Martins Fontes, 2010.

BAKHTIN, Mikhail. Gêneros do Discurso: In: BAKHTIN, M. Estética da Criação Verbal. São Paulo: Martins Fontes, 1992.

BAKHTIN, Mikhail. Marxismo e Filosofia da Linguagem. 12ª. ed. Hucitec, 2006.

BAKHTIN, Mikhail. Problemas da poética de Dostoiévski. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2015.

BALTAR, Marcos Antonio Rocha. A Competência discursiva através dos gêneros textuais: uma experiência com o jornal de sala de aula. Porto Alegre, março 2003. Disponível em: http://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/2516. Acesso em: 15 dez. 2017.

BONINI, Adair. Os gêneros do jornal: O que aponta a literatura da área de comunicação no Brasil? Revista Linguagem em (Dis) curso. Tubarão, v. 4, n. 1, p. 210, Jul/dez 2003. Disponível em: http://www.educadores.diaadia.pr.gov.br/arquivos/File/marco2012/portugues_artigos/generojornal.pdf. Acesso em: 22 dez. 2017.

BORELLA, Thaís. Desenvolvimento da linguagem infantil à luz da teoria histórico-cultural: Contribuições de práticas literárias na primeira infância. Dissertação de mestrado, Unesp. 2016. Disponível em: https://repositorio.unesp.br/handle/11449/138334. Acesso em: 10 set. 2018.

CARVALHO, Reginaldo Amorim de. O jornal escolar como estratégia para produção e publicação de diferentes gêneros textuais em sala de aula: Um estudo de caso do jornal “Galera Roldão”. Dissertação Mestrado 2011. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/95822/299716.pdf?sequence=1. Acesso em: 29 nov. 2017.

COSTA, Mônica Cristina Medici da. Práticas de produção de texto numa turma de cinco anos da educação infantil: Dissertação, Universidade Federal do Espírito Santo. 2012. Disponível em: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2317. Acesso em: 16 mar. 2018.

GIRÃO, Fernanda Michelle; BRANDÃO, Ana Carolina Perrusi. Produção coletiva de textos na educação infantil: o trabalho de mediação docente. Educação em Revista Belo Horizonte, v.30, n.03, julho-setembro. 2014, p. 121-152. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/edur/v30n3/v30n3a06.pdf. Acesso em: 27 mar. 2018.

FONTANA, Roseli Aparecida Cação; CRUZ, Maria Nazaré. Psicologia e trabalho pedagógico. São Paulo: Atual Editora, 1997.

KÖHLE, Erika Christina. A aprendizagem da escrita no ensino fundamental II com o auxílio de suportes digitais: Dissertação de mestrado. 2016. Disponível em: https://repositorio.unesp.br/handle/11449/148028. Acesso em: 7 set. 2018.

LEONTIEV, Alexis Nicholaiev. O desenvolvimento do psiquismo. São Paulo: Moraes, 1978.

MORAIS, Artur Gomes de; ALBUQUERQUE, Eliana Borges Correia de; BRANDÃO, Ana Carolina Perrusi Alves. Refletindo sobre a língua escrita e sobre sua notação no final da educação infantil: Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, v. 97, n. 247, dez. Brasília, 2016, p. 519-533. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-66812016000300519&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 14 mar. 2018.

OLIVEIRA, M. K. Vygotsky aprendizado e desenvolvimento: Um processo sócio-histórico. Editora Scipione, 2001.

OMETTO, Cláudia Beatriz de Castro Nascimento. As mediações da professora nos processos de constituição do sujeito falante. In: XVI

ENDIPE - Encontro Nacional de Didática e Práticas de Ensino - UNICAMP. 2012, Campinas-SP. Disponível em: http://www.infoteca.inf.br/endipe/smarty/templates/arquivos_template/upload_arquivos/acervo/docs/1339d.pdf. Acesso em: 15 out. 2018.

PETROVSKY, Artur Vladimirovich. Particularidades psicológicas de las etapas antepreescolar y pré-escolar: In: PETROVSKY, A. V. Psicologia pedagógica y las edades. Ciudad de la Habana. Editorial Pueblo y Educación, 1981.

PINO, Angel. Processos de significação e constituição do sujeito: Temas psicol., v. 1, n. 1, abr. pepsic bvsalud. Ribeirão Preto-SP, 1993, p. 17-24. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-389X1993000100004&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 15 out. 2018.

PRESTES, Zoia. Quando não é quase a mesma coisa: traduções de Lev Semionovitch Vygotsky no Brasil. Campinas-SP: Autores Associados, 2012.

SILVA, Ana Laura Ribeiro da. Leitura na educação infantil: Implicações da teoria histórico-cultural. Tese. 2016. Disponível em: https://repositorio.unesp.br/bitstream/handle/11449/1377

/silva_alr_dr_mar.pdf?sequence. Acesso em: 29 mar. 2018.

SMITH, Frank. Compreendendo a leitura: Uma análise psicolinguística da leitura e do aprender a ler. Tradução Daise Batista. Porto Alegre: Editora Artes Médicas, 1989

SMOLKA, Ana Luiza Bustamante. A prática discursiva na sala de aula: uma perspectiva teórica e um esboço de análise CEDES (24). Editora Cortez, 1991.

STEMMER, Márcia Regina Goulart. A educação e a alfabetização: In: Quem tem medo de ensinar na educação infantil? Em defesa do ato de ensinar, Martins, L.M. Arce, A. (orgs). 3ª. ed. Editora Alínea, 2013.

VIANA, Fernando Valeriano; SILVA, Ynaray Joana da. O jornal e a prática pedagógica: In: Chiapinni e Citelli. Aprender e ensinar com textos não escolares. Editora Cortez, v. 3, 1997, p. 79-97.

VYGOTSKY, Lev Semyonovitch. A formação social da mente. São Paulo: Editora Martins Fontes, 2010.

VYGOTSKY, Lev Semyonovitch. Aprendizagem e desenvolvimento na Idade Escolar: In: Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. Vygotsky, L. Luria, A. Leontiev, A.N. 10ª. ed. São Paulo: Editora Ícone, 2006.

VYGOTSKY, Lev Semyonovitch. Obras escogidas: Tomo III. 2ª. ed. Madrid: Visor Distribuiciones, S. A, 2000.

VYGOTSKY, Lev Semyonovitch. Psicologia Pedagógica. Tradução Cláudia Schilling. São Paulo: Editora Artmed, 2003.




DOI: https://doi.org/10.5902/1984644436393

CONTATO:

E-mail: revistaeducacaoufsm@gmail.com

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Centro de Educação - Lapedoc - Prédio 16
Av. Roraima, 1000 - Cidade Universitária
97105-900 - Santa Maria - RS, Brasil.
Telefone: +55 55 3220 8795

Link: https://periodicos.ufsm.br/reveducacao


ISSN Eletrônico: 1984-6444

DOI: http://dx.doi.org/10.5902/19846444

Qualis/Capes: Educação A1

Periodicidade: Publicação contínua

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

 

A Revista Educação (UFSM) agradece auxílio recebido por meio do Edital Pró-Revistas, da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, da Universidade Federal de Santa Maria. 

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International (CC BY 4.0).

Contador de visitas
click counter
Contador de visitas

Acessos a partir de 30/11/2016

____________________________________________________

    

SalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvar