Play at child education: problematizing gender relations in school

Juliana Nascimento de Alcântara, Alfrancio Ferreira Dias, Rosana Carla do Nascimento Givigi

Resumo


The purpose of this article is to discuss gender relations in early childhood education. This was a qualitative research, with observations made in classes with children between 5 and 6 years old in the public and collective environment of a Municipal School of Early Childhood Education of Aracaju, SE. The research took place between March and June 2018. The choices and ways in which the children put themselves in the games pointed to questions concerning educational practices in early childhood education, which establish the norms of the polarity of sexism in everyday school life. Finally, there is an urgent need to problematize gender issues from the earliest years of schooling. Implanted meanings in the collective unconscious need to be deconstructed and re-signified.


Palavras-chave


Gender relations; Playing; Children's education.

Texto completo:

PDF (English)

Referências


BENTO, Berenice. O que é transexualidade. São Paulo: Brasiliense. 2008.

BUTLER, Judith. Problemas de gênero: feminismo e subversão da identidade. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003.

DENZIN, Nornam; LINCOLN, Yvonna. Handbook of qualitative research. Thousand Oaks: Sage, 2005.

XXXX, XXXX XXXX. 2018.

XXXX, XXXX XXXX, et al. 2017.

XXXX, XXXX XXXX. 2016.

FOUCAULT, Michel. Vigiar e Punir: história da violência nas prisões. 5ª ed. Petrópolis: Vozes, 1987.

LOURO, Guacira Lopes. Segredos e mentiras do currículo. Sexualidade e gênero nas práticas escolares. In. SILVA, L. H. (org.) A escola cidadã no contexto da globalização. Petrópolis: Vozes, 1998.

LOURO, Guacira Lopes. Gênero, Sexualidade e Educação: uma perspectiva pós-estrutralista. Petrópolis: Editora Vozes, 1997.

PACHECO, Eduardo Felipe Hennerich; FILIPAK, Sirley Teresinha. Relações de gênero e diversidade sexual na educação. Psicol Argum. 2017 jan./abr., 35(88), 63-81.

ROSEMBERG, Fúlvia. Caminhos Cruzados: educação e gênero na produção acadêmica. Educação e Pesquisa. São Paulo, v. 27, n.l, p. 47-68, 2001.

SILVA, Mariana Ferreira da. Brinquedos e brincadeiras: questões de gênero, poder e resistência. Revista Philologus, Ano 21, nº 61, Supl.: Anais do VII SINEFIL. Rio de Janeiro: CiFEFiL, jan./abr. 2015.

SCOTT, Joan. Gênero: uma categoria útil para análise histórica. Educação & Realidade. Porto Alegre, vol. 20, nº 2, jul./dez. pp. 71-99. 1995.

VIANNA, Claudia; FINCO, Daniela. Meninas e meninos na Educação Infantil: uma questão de gênero e poder. Cadernos Pagu (33), julho-dezembro de 2009:265-283.

YIN, Robert. Estudo de caso: planejamento e métodos. 4ª ed. Porto Alegre (RS): Bookman; 2010.




DOI: https://doi.org/10.5902/1984644434607

CONTATO:

E-mail: revistaeducacaoufsm@gmail.com

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Centro de Educação - Lapedoc - Prédio 16
Av. Roraima, 1000 - Cidade Universitária
97105-900 - Santa Maria - RS, Brasil.
Telefone: +55 55 3220 8795

Link: https://periodicos.ufsm.br/reveducacao


ISSN Eletrônico: 1984-6444

DOI: http://dx.doi.org/10.5902/19846444

Qualis/Capes: Educação A1

Periodicidade: Publicação contínua

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

 

A Revista Educação (UFSM) agradece auxílio recebido por meio do Edital Pró-Revistas, da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, da Universidade Federal de Santa Maria. 

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International (CC BY 4.0).

Contador de visitas
click counter
Contador de visitas

Acessos a partir de 30/11/2016

____________________________________________________

    

SalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvar