Gestão e controle social: em discussão o Conselho Municipal de Educação de Fortaleza/CE

Clarice Zientarski, Hermeson Claudio Mendonça Menezes, Sônia de Oliveira da Silva

Resumo


Esse trabalho analisa a ação e atuação do Conselho Municipal de Educação de Fortaleza, no Estado do Ceará, no período (2014-2016), com o intuito de problematizar e identificar se este se apresenta como um espaço público de gestão e controle social, como um mecanismo de participação popular. Busca, ainda, compreender as possibilidades da Gestão Democrática em um contexto de sociedade capitalista (em plena reestruturação produtiva), crivada por políticas que agudizam a crise social brasileira, como as reformas e contrarreformas que reforçam a exclusão de grande parte da população brasileira do processo educacional. Metodologicamente trata-se de uma pesquisa com abordagem quali/quantitativa, cujos instrumentos de análise são as Atas das reuniões de conselheiros ocorridas no triênio 2014-2016. Conclui a partir dos documentos e dos dados obtidos por meio da UNCME, que apesar de ainda ser um instrumento imperfeito - considerando existir problemas institucionais para sua instalação, ação e atuação, o conselho consiste em um espaço público de gestão e controle social (de democracia na concepção liberal) e torna-se um embrião para uma gestão colegiada, no qual se possibilita uma articulação com os interesses da comunidade

Palavras-chave


Democracia. Gestão Democrática. Conselho Municipal de Educação.

Texto completo:

PDF

Referências


BAQUERO, Marcelo. Democracia formal, cultura política informal e capital social no Brasil. Revista Opinião Pública, Campinas, vol. 14, nº 2, Novembro, 2008, p.380-41.

BEHRING, Elaine Rossetti. Brasil em Contrarreforma: desestruturação do Estado e perda de direitos. São Paulo. Cortez, 2003.

BIANCHETTI, Roberto G. Modelo neoliberal e políticas educacionais. 2ª ed. São Paulo: Cortez, 1999.

BORDENAVE, Juan E. Diaz. O que é participação. São Paulo: Brasiliense, 1994.

BORDIGNON, Genuíno. Gestão da Educação no Município: sistema, conselho e plano. vol. 3 - Editora e Livraria Instituto Paulo Freire - 1a. edição - 2009.

BRASIL, Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. São Paulo: Saraiva, 2006.

BRASIL. Ministério da Educação e Cultura. Lei nº 9.394 de 20 de dezembro de 1996. Diário Oficial da República Federativa do Brasil. Brasília, DF, v.135, n. 24,20 dez. 1996.

______. Bases da Educação Nacional, a 1ª LDB – Lei nº 4.024/1961. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L4024compilado.htm. Acesso em: 05/10/2017.

______. Ministério da Educação e Cultura. Lei n° 9.424. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9424compilado.htm. Acesso em: 12/out.2017.

______. Presidência da República - Câmara da Reforma do Estado. Plano Diretor da Reforma do Aparelho do Estado. Brasília. 1995.

______. Controle Social. 2017. Disponível em: http://www.portaltransparencia.gov.br/ controleSocial. Acesso em 05/11/2017.

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE FORTALEZA/CE. Ata LXXX da Reunião Ordinária realizada no dia 10 de Dezembro de 2014.

______. Ata LXXIV da Reunião Ordinária realizada no dia 07 de Dezembro de 2014.

______. Ata LXXXII da Reunião Ordinária realizada no dia 04 de Fevereiro de 2015.

COUTINHO, Carlos Nelson. A democracia como valor universal. In: SILVEIRA, Enio et al. Encontros com a Civilização Brasileira. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1979, p.33-37.

______. A democracia na batalha das ideias e nas lutas políticas do Brasil de hoje. In: FÁVERO, O e SEMERARO, G. (orgs.). Democracia e a construção do público no pensamento educacional brasileiro. Petrópolis. Vozes. 2002. p. 11-40.

______. Gramsci: um estudo sobre seu pensamento político. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira; 2012.

FRIGOTTO, Gaudêncio. A produtividade da escola improdutiva. São Paulo: Cortez Editora, 2006.

GOHN, Maria da Gloria M. Conselhos gestores e gestão pública. Revista de Ciências Sociais Unisinos 42(1):5-11, jan/abr 2006. Disponível em: file:///C:/Users/Usuario/Downloads/6008-18468-1-SM%20(1).pdf. Acesso em: 01/10/2017.

______. Conselhos Gestores e participação sociopolítica. São Paulo. Cortez, 2001.

______. O Papel dos Conselhos Gestores na Gestão Urbana In: Repensando a Experiência Urbana na América Latina: questões, conceitos e valores ed. Buenos Aires: CLACSO, 2000.

GRAMSCI, Antônio. Cadernos do Cárcere. Maquiavel - Notas sobre o Estado e a Política. vol. 3. Trad. Carlos Nelson Coutinho. Rio de janeiro: Civilização Brasileira, 2004.

_____. Cadernos do Cárcere. Maquiavel. Notas sobre o Estado e a política. V.3. Rio de Janeiro: Editora Civilização Brasileira, 2012.

_____. Escritos Políticos. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2004.

HOBSBAWN, Eric. A era dos extremos: o breve século XX. 1941-1991. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

KRAWCZYK, Nora Rut. O Plano Decenal de Educação Estadual: reflexões para pensar os desafios do Ensino Médio. NO PRELO, In: ALBUQUERQUE, Maria Gláucia Menezes Teixeira; FARIAS, Isabel Maria de Sabino; RAMOS, Jeanntte Filomeno Pouchain. (org.) Educação Básica Contemporânea: política, planejamento e gestão. Fortaleza. UECE. 2008. p.55-77.

LENIN, Vladimir Ilich. O Estado e a Revolução. Sao Paulo: Alfa-Omega, 1988.

LIBÂNEO, José Carlos. Organização e gestão da escola: teoria e prática. Goiânia. Editora Alternativa, 2001.

MARX, Karl. A ideologia alemã. 9º ed. São Paulo: Hucitec, 1993.

MARX, Karl. O 18 Brumário de Luiz Bonaparte. São Paulo: Centauro, 2003.

MICHELANGELO, Bovero (org.). Norberto Bobbio - Teoria Geral da Política. Editora Campus, 14ª Edição. 2000. pág 113.

PARO, Vitor Henrique. Gestão democrática da escola pública. 3. ed. São Paulo: Ática, 2008.

RAMOS, Jeannette Filomeno Pouchain. Projeto Educativo e Político-Pedagógico da Escola de Ensino Médio: tradições e contradições na gestão e na formação para o trabalho. Diss. http://www. teses. ufc. br, 2009.

ROSENFIELD, Denis L. O que é democracia. 5.ed. São Paulo: Ateniense, 1994.

SHIROMA, E.O; MORAES, M.C.M de; EVANGELISTA, O. Política Educacional. 2 ed. R.J. DP&A. 2002.

SHIROMA, Eneida Oto; MORAES, Maria Célia de; EVANGELISTA, Olinda. Política Educacional. Rio de Janeiro. DP&A. 2002.

UNIÃO NACIONAL DOS CONSELHOS MUNICIPAIS DE EDUCAÇÃO. Situação dos Municípios quanto a existência de Conselhos de Educação e Sistemas próprios de Ensino, criados legalmente.Disponível em: http://www.uncme.com.br/?pag=11&men=379. Acesso em 08/09/2017.

ZIENTARSKI; SAGRILLO; PEREIRA. Os desafios dos professores na construção de uma escola pública democrática no contexto capitalista. Revista e-Curriculum. v.11. n. 01. abr/2013. ISSN: 1809-3876. p.114-135. São Paulo. 2013, Disponível em: https://revistas.pucsp.br/index.php/curriculum/article/view/8166/11309. Acesso em: 05/10/2017.




DOI: https://doi.org/10.5902/1984644430227

CONTATO:

E-mail: revistaeducacaoufsm@gmail.com

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Centro de Educação - Lapedoc - Prédio 16
Av. Roraima, 1000 - Cidade Universitária
97105-900 - Santa Maria - RS, Brasil.
Telefone: +55 55 3220 8795

Link: https://periodicos.ufsm.br/reveducacao


ISSN Eletrônico: 1984-6444

DOI: http://dx.doi.org/10.5902/19846444

Qualis/Capes: Educação A1

Periodicidade: Publicação contínua

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

 

A Revista Educação (UFSM) agradece auxílio recebido por meio do Edital Pró-Revistas, da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, da Universidade Federal de Santa Maria. 

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International (CC BY 4.0).

Contador de visitas
click counter
Contador de visitas

Acessos a partir de 30/11/2016

____________________________________________________

    

SalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvar