Produção de Pinus taeda L. na região de Cambará do Sul, RS.

Gerson Lui Mainardi, Paulo Renato Schneider, César Augusto Guimarães Finger

Resumo


O trabalho teve como objetivo estruturar a produção de uma floresta de Pinus taeda L., localizada na região de Cambará do Sul, RS, de acordo com a idade, potencial de produção dos sítios e manejo aplicado. Para tanto foram coletados dados em parcelas temporárias, permanentes e de análise de tronco. Funções matemáticas foram ajustadas para estimar o desenvolvimento do povoamento remanescente após o desbaste e o fator K-Magin foi usado para corrigir o volume dos desbastes, e variou de 0,76 a 0,78. Os resultados, agrupados em tabelas de produção para os sítios 16 a 28, apresentaram, respectivamente, volumes de 243,7 m3/ha e 911,0 m3/ha aos 16 anos de idade. O incremento médio anual nesta idade, considerando a idade de corte na empresa, atingiu 15,23 m3/ha/ano no índice de sítio 16 e 56,94 m3/ha/ano para o 28. Os  resultados demonstraram, ainda, perda de produção pela execução de desbastes precoces nos sítios menos produtivos e tardios nos sítios mais produtivos.


Palavras-chave


Pinus taeda, growth, yield.

Texto completo:

PDF

Referências


AGUIRRE, O. A. Compilation of yield tables based on temporary sample plots. Investigacion Agraria, Sistemas y Recursos Forestales, Linares, México, n. 10, p.61-67, 1991.

BORGES, G. Cambará do Sul. Porto Alegre: Nova Dimensão, 1992. 58p.

HRADETSKY, J. A model of an integrated yield-table system in modular form. Mitteilungen der Baden Wurttembergischen Forstlichen Versuchs und Forschungsanstalt, n. 45, p.172, 1972.

LEMOS, R. C., AZOLIN, M.A.D., ABRÃO, P.V.R, et al. Levantamento de reconhecimento dos solos do Estado do Rio Grande do Sul. Recife: Ministério da Agricultura, Departamento de Pesquisas Agro-pecuária, Divisão de Pesquisas Pedológicas, 1973. 431p. (Boletim Técnico, 30).

MONTEIRO ALVES, A. A. Técnicas de produção florestal: fundamentos, tipificação e métodos. Lisboa: Instituto Nacional de Investigação Científica, 1982. 331p.

MORENO, J. A. Clima do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Secretaria da Agricultura, 1961. 41p.

PRODAN, P. Forest biometrics. London: Pergamon Press Ltd. 1965. 447p.

REINSTORF, L.O.The influence of stand density on growth of Pinus elliottii. Stellenbosch: Forestry University of Stellenbosch. 1970. 62p. Dissertação (Mestrado) - University of Stellenbosch, 1970.

SCHNEIDER, P.R. Betriebswirtschaftliche und ertragskundliche Grundlagen der

Forsteinrichtung in Suedbrasilien ein Beispiel von Pinus elliottii. Freiburg: Albert-Ludwigs-Universität. 1984. 192p. Dissertação (Doutorado) - Albert-Ludwigs Universität, 1984.

SCHNEIDER, P. R., OESTEN, G., BRILL, A. et al. Determinação da produção de casca em Acácia-negra, Acacia mearnsii de Wild. Revista Ciência Florestal, Santa Maria, v.1, n.1, p. 64-75, nov. 1991.

SCHNEIDER, P.R. Introdução ao manejo florestal. Santa Maria: UFSM. 1993a. 348p.

SCHNEIDER, P.R. Efeito da intensidade do desbaste sobre o Fator K-Magin em povoamentos de Pinus elliottii E. In: CONGRESSO FLORESTAL PAN-AMERICANO, 1. CONGRESSO FLORESTAL BRASILEIRO, 7. 1993, Curitiba. Anais... Curitiba, 1993b. v.2, p.504 - 507.

SELLE, G. L. Influência dos fatores ambientais na classificação de sítio para Pinus taeda L. na região de Cambará do Sul, RS, Brasil. Santa Maria: UFSM, 1993. (Dissertação de Mestrado). Universidade Federal de Santa Maria, 1993.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/19805098324

Licença Creative Commons