Avaliação na Conformação de Vertente em Face das Propriedades Físicas da Cobertura Pedológica na Área Experimental do Departamento de Solos/Campus da Universidade Federal de Santa Maria

Mauro Kumpfer Werlang, Arthur Piccolo Werlang, Rômulo Aragonês Aita, Ivete Rodrigues

Abstract


Entender o processo de formação dos solos e sua distribuição na superfície terrestre permite estudar processos, o sentido e a evolução da pedogênese. Esses estudos possibilitam a compreensão de mecanismos responsáveis pelas diferenciações morfológicas em vertentes. A cobertura pedológica é um sistema estrutural que apreende transformações progressivas das organizações, tanto vertical quanto lateralmente no sentido da vertente, estando relacionada com os outros elementos da paisagem, especialmente o relevo. O objetivo foi avaliar as propriedades físicas da cobertura pedológica para entender sua dinâmica de evolução examinando a influência na morfogênese da vertente. Foram determinadas propriedades físicas da cobertura pedológica e investigado o comportamento morfogenético da vertente. Considerou-se a característica da cobertura pedológica quanto à distribuição do tamanho de partículas, limites de consistência, densidade aparente, índice de vazios, grau de compacidade e porosidade total. Adotou-se o método dedutivo, acreditando-se ser esta uma das formas que melhor permite uma proximidade da realidade com a pesquisa. O resultado evidenciou a relação solo-paisagem ratificando a concepção de que a morfogênese da vertente está condicionada pelas propriedades da cobertura pedológica e, que a vertente evolui da influência exercida por essas propriedades. Concluiu-se que a cobertura pedológica condiciona a conformação do perfil da vertente estudada.

 


Keywords


Vertente; Evolução morfogenética; Relação solo-paisagem.

References


AB’SABER, A. N. Um conceito de geomorfologia a serviço das pesquisas sobre o Quaternário. Geomorfologia. n.18, IG-USP, São Paulo, 1969.

ABNT - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Solo - determinação da distribuição do tamanho de partículas: NBR 7181. Rio de Janeiro, 1984.

ABNT - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Solo - determinação do índice de vazios mínimo: NBR 6508/80. Rio de Janeiro, fev. 1991.

AYOADE, J. Introdução a climatologia dos trópicos. São Paulo-SP: Difel, 1986.

BERTRAND, G. Paysage et géographie physique globale: Esquisse méthodologique.Revue Géographique des Pyrénéeset du Sud-Ovest. Toulouse; 39(3), 249-272, 1968.

BERTRAND, G. Paisagem e geografia física global – esboço metodológico. Cadernos de Ciências da Terra. Instituto de Geografia/USP: São Paulo; 1971.

BOULET, R. Toposéquences de sols tropicaux en Haute Volta: équilibres et deséquilibres pédobioclimatiques. Mém. ORSTOM. v.85, 1978.

CAPUTO, H. P. Mecânica dos solos e suas aplicações: Fundamentos. 6. ed, v.1. Rio de Janeiro/RJ: Livros Técnicos e Científicos Editora, 1988.

GOOGLE Maps. Disponível em: https://www.google.com.br/maps/@-29.6939863,-53.7590464,9169m/data=!3m1!1e3 Acesso em: 14 abril 2016.

HOLTZ, R.D.; KOVACS, W.D. An introduction to geotechnical engineering. New Jersey: Prentice-Hael, 1981.

MONTEIRO, C.A.F. Geossistemas: a história de uma procura. São Paulo: Contexto, 2000.

QUEIROZ NETO, J. P. Análise estrutural da cobertura pedológica no Brasil. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIA DO SOLO, 21 Campinas, 1988.

QUEIROZ NETO, J. P. Geomorfologia e pedologia. Revista Brasileira de Geomorfologia.1:59-67, 2000.

SOTCHAVA, V. B. O estudo de geossistemas. Métodos em Questão. São Paulo; p. 27-36, 1982.

STOLF, R.; FERNANDES, J.; FURLANI NETO, V.L. Penetrômetro de impacto IAA/ PLANALSUCAR-STOLF, recomendação para seu uso. STAB, Piracicaba, n.1, v.3, p.18-23, 1983.

VARGAS, M. Introdução à mecânica dos solos. São Paulo: Mcgraw-Hill do Brasil, 1977.

VIEIRA, E.F. Rio Grande do Sul: geografia física e vegetação. Porto Alegre-RS: Sagra, 1984.




DOI: https://doi.org/10.5902/2179460X21930

Copyright (c) 2016



Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.