Competências como um modo de pensar a educação

Autores

  • Adair Adams UNICRUZ
  • Elizabeth Fontoura Dorneles
  • Sirlei Lourdes Lauxen

DOI:

https://doi.org/10.5902/1984644422528

Palavras-chave:

Competências. Educação. Formação docente. Legislação. Modelo.

Resumo

O artigo trata sobre a relação entre competências e educação. Retoma aspectos históricos do uso do termo tomando como materialidade de análise a legislação educacional brasileira, a partir da LDB/1996. A perspectiva dos autores encaminha a discussão para a importância da formação por competências que não objetivem apenas capacidades para o saber fazer. Entendem a importância do modelo educacional por competências, desde que a importação do campo do trabalho traga para o da educação a integralidade: aprender a criar, a fazer e a gestar. Tomam, ainda, posição contrária à fragmentação presente na legislação analisada, o que fica evidente na descontinuidade do uso de competências em leis ou partes das leis referentes aos diferentes níveis de ensino. Defendem, assim, a educação para o ser situado em todas as dimensões do viver e conviver na sociedade contemporânea.

Biografia do Autor

Adair Adams, UNICRUZ

Pós-doutorado pela UNICRUZ/RS, com bolsa CAPES (modalidade 60 meses), a partir de junho de 2015. Doutor em Educação nas Ciências pela UNIJUI (2014). Mestre em Filosofia pela PUCRS (2004). Especialização em Teologia na área de Metodologia da Pesquisa pela URI/IMT - Santo Ângelo. Graduado em Filosofia pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (2002). Experiência de magistério superior nas áreas da Educação, da Filosofia, com ênfase em Filosofia da linguagem, atuando principalmente nos seguintes temas: filosofia da educação, fundamentos da educação, hermenêutica, hermenêutica Jurídica, intersubjetividade e fenomenologia.

Elizabeth Fontoura Dorneles

Possui graduação em Licenciatura Plena em Letras pela Associação de Professores de Cruz Alta (1977), mestrado em Letras pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1999) e doutorado em Letras pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2005). Atualmente é professora da Universidade de Cruz Alta, no PPG Práticas Socioculturais e Desenvolvimento Social. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Teorias do Texto e do Discurso, atuando principalmente nos seguintes temas: discurso, história, identidade, língua e literatura,cultura, politica e movimentos sociais. Membro dos Grupos de pesquisa GEPELC - Grupo de Estudos, Pesquisa e Extensão em Linguagem e Comunicação, liderado por Carla Rosane Tavares Alves, GEPAD liderado por Solange Mitman e do Grupo Oficinas de AD: conceitos em movimento, liderado por Maria Cristina Leandro Ferreira. Possui experiencia em gestão da Educação Superior.

Sirlei Lourdes Lauxen

Doutora em Educação pela UFRGS. Pós-doutora em Educação pela UFRGS/UL. Bolsista PNPD/CAPES. Mestre em Educação pela UPF e Graduada em Pedagogia - Orientação Educacional/Unijuí. Professora da Universidade de Cruz Alta/RS na Graduação e no PPG em Práticas Socioculturais e Desenvolvimento Social. Coordena o Programa de Avaliação Institucional (PAI) e o Laboratório de Práticas Socioculturais Interdisciplinares -LEPSI do PPGPSDS. Líder do Grupo de Pesquisa. Núcleo de Estudo e Pesquisa em Práticas Sociais. Foi Vice-Reitora de Graduação da Instituição (2008-2013). Membro do Conselho Curador(2008-2013); do Consun (2008-atual); Presidente da Câmara de Graduação e Legislação (2008-2013); Membro da Câmara de Pós Graduação e Pesquisa (2014- atual); do Conselho Municipal de Educação (2008-2014). Assessora da Pró-Reitoria de Ensino (2006-2007). Membro do CONSEPE (2006-2007). Participa da organização de eventos da Universidade. Possui experiência na Educação Básica (ensino fundamental e médio) e no Ensino Superior (Graduação e Pós - Graduação). Tem experiência na área da gestão e docência. Atua principalmente nos seguintes temas: formação de professores, políticas públicas, pedagogia universitária, interdisciplinaridade, metodologia do ensino superior, saberes docentes, práticas pedagógicas, currículo, avaliação e práticas sociais. Pesquisa na área de formação de professores e práticas socioculturais.

Downloads

Publicado

2017-08-31

Como Citar

Adams, A., Dorneles, E. F., & Lourdes Lauxen, S. (2017). Competências como um modo de pensar a educação. Educação, 42(2), 373–384. https://doi.org/10.5902/1984644422528

Edição

Seção

Artigo Demanda Contínua