Difusão de material informativo sobre o descarte de resíduos radiológicos entre acadêmicos de odontologia e cirurgiões-dentistas da região Sul do Brasil

Autores

  • Lauren Oliveira Lima Bohner Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC
  • Tanny Oliveira Lima Bohner Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS
  • Igor Andrei Coelho Mafaldo Centro Universitário Franciscano, Santa Maria, RS
  • Paulo Edelvar Corrêa Peres Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS
  • Marcelo Barcellos da Rosa Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS

DOI:

https://doi.org/10.5902/223613083317

Palavras-chave:

Resíduos odontológicos, Impacto ambiental

Resumo

O material de radiologia utilizado em consultórios odontológicos produz risco ambiental quando não descartado de forma correta, pois a prata, presente em soluções químicas utilizadas durante o processo de revelação, é considerado tóxico para o ser humano. O gerenciamento dos Serviços de Saúde é o processo utilizado para minimizar os efeitos adversos causados pelo resíduos tóxicos, diminuindo o impacto ambiental. É importante que os profissionais da saúde conheçam o processo de descarte, de forma que essa conscientização deve ocorrer ainda no meio acadêmico. O presente estudo tem como objetivo difundir informações sobre o Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde entre os acadêmicos de Odontologia e cirurgiões-dentistas. Foram confeccionados cartazes e panfletos sobre o impacto ambiental causado pelo descarte incorreto dos resíduos radiológicos e o gerenciamento dos Resíduos de Serviços de Saúde, e distribuídos nas Faculdades de Odontologia da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), e nos Consultórios Odontológicos das cidades de Florianópolis, SC. Os panfletos foram distribuídos em cem consultórios, e seis cartazes foram distribuídos nos Institutos de Ensino Superior. Programas de orientação são necessários para conscientizar os profissionais sobre a conduta adequada para o descarte de resíduos, assim como o impacto ambiental causado pelo não cumprimento da mesma.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Gerenciamento dos resíduos de serviços de saúde”. 2006. Disponível em: www.anvisa.gov.br. Acesso em: 01/06/2011, às 19:00.

BORTOLETTO, E.C.; TAVARES, C.R.G.; BARROS, M.A.S.D.; CARLI, C.M. “Caracterização da geração e da qualidade do efluente líquido gerado no laboratório de raio-x da clínica odontológica do Hospital Universitário de Maringá”. In: VI CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA QUÍMICA EM INICIAÇÃO CIENTÍFICA. Anais, 2005.

BRASIL, Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Resolução - ANVISA. RDC nº 306, de 07 de dezembro de 2004.

FERNANDES, G.S.; AZEVEDO, A.C.P.; CARVALHO, A.C.P.; PINTO, M.L.C. “Análise e gerenciamento de efluentes de serviços de radiologia”. Radiol Bras. v.38, n.5, p. 355-358, 2005.

FERNANDES, M.F. “Conhecimento dos formandos em odontologia sobre o gerenciamento de resíduos de serviços de saúde- aspectos éticos e legais”. Monografia apresentada para obtenção do Título de Especialista em Odontologia Legal, Unicamp, 2009.

GARCIA, L.P.; ZANETTI-RAMOS, B.G. “ Gerenciamento dos resíduos de serviços de saúde: uma questão de biossegurança”. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, 20(3):744-752, 2004.

HOCEVAR, C.M.; RODRIGUEZ, M.T.R. “Avaliação do impacto ambiental gerado por efluentes fotográficos, gráficos e radiológicos em Porto Alegre, RS, Brasil”. Eng Sanit Amb. v . 7, n. 3 e 4, p.139-143, 2002.

LIPPEL, M.; BAASCH, S. “Modelo de gerenciamento de resíduos sólidos de saúde para pequenos geradores: O caso de Blumenau/ SC”. Dissertação apresentada ao programa de Pós-graduação em Ciência e Engenharia de Produção,UFSC; 2003.

MACIEL, V.C.; LIU A.S.; CARDOSO P.G. “Tratamento do resíduo de prata de fixador radiográfico dental”. In: IX Encontro Latino Americano de Iniciação Científica e V Encontro Latino Americano de Pós- Graduação, 2004.

MAMELUQUE, S.; PORDEUS, I.A.; NOGUEIRA-MOREIRA, A.; MAGALHÃES, C.S. “Gerenciamento dos resíduos gerados nos consultórios odontológicos na cidade de Montes Claros”. ABO Nac; 15(4), 2007.

OLIVEIRA P.C. “ Avaliação dos níveis de poluição ambiental dos serviços com radiologia odontológica na cidade de Itabuna – Bahia”. Dissertação apresentada ao Programa de Pós- graduação em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente, Universidade Estadual de Santa Cruz; 2006.

PIRES, T.S.L.; GOULART, F.; LESSEI, J.; FELISBINO, J.; SOLONYNSKA, M. “A gestão dos resíduos de serviços de saúde como compromisso ambiental no curso superior de tecnologia em Radiologia”. 2010. Disponível em: www.sbpcnet.org.br. Acesso em: 10/06/11, às 10:00.

Portal da saúde. Disponível em: www.portal.saude.gov.br. Acesso em: 10/06/11, às 15:00.

RAMALHO, L.; UHLMANN, V.O.; PFITSCHER, E.D.; RABELO, E.C. “Avaliação da sustentabilidade dos aspectos e impactos ambientais de seriços odontológicos: Um estudo de caso”. Reflexão Contábil, Vol. 29(1) , 2010.

SANTOS PEREIRA, N.R. “Levantamento das condições de biossegurança em radioproteção nos consultórios odontológicos de Campo Grande/MS”. Dissertação apresentada ao Programa de Pós – graduação em Ciências da Saúde, Convênio Rede Centro-Oeste; 2008.

Downloads

Publicado

2011-07-11

Como Citar

Bohner, L. O. L., Bohner, T. O. L., Mafaldo, I. A. C., Peres, P. E. C., & Rosa, M. B. da. (2011). Difusão de material informativo sobre o descarte de resíduos radiológicos entre acadêmicos de odontologia e cirurgiões-dentistas da região Sul do Brasil. Revista Monografias Ambientais, 3(3), 476–481. https://doi.org/10.5902/223613083317

Edição

Seção

ARTIGOS

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

> >>