Percepção ambiental dos estudantes jovens e adultos da educação básica (Programa EJA) de escolas públicas municipais

Samuel Costa

Resumo


A presente pesquisa objetivou avaliar a percepção ambiental dos estudantes jovens e adultos da educação básica (Programa EJA) das escolas da rede municipal da cidade de Araranguá (SC). Foi aplicado um questionário para 56 alunos do curso em questão. Para a análise referente às concepções de meio ambiente foram estabelecidas cinco categorias de concepções (romântica, utilitarista, abrangente, reducionista e sócio-ambiental). Para a análise das respostas das questões objetivas foi utilizado um padrão de contagem e para as objetivas com mais de uma resposta, foi utilizado o método de contagem/pontuação por incidência. Os resultados apontaram para a predominância de uma percepção ambiental pouco elaborada e de caráter “reducionista” e que os educandos apresentam grande interesse pelos temas ambientais. Além disso, há a disposição para participar de trabalhos e de ações de educação ambiental. Esses resultados reforçam a necessidade do envolvimento dos educandos da EJA por meio da inserção de práticas de educação ambiental no cotidiano escolar. Palavras-chave: Meio Ambiente; Educação Ambiental; Educação de Jovens e Adultos.

Palavras-chave


Meio ambiente; Educação ambiental; Educação de jovens e adultos

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRÉ, M.E.D.A. Estudo de caso em pesquisa e avaliação educacional. Brasília: Liber Livro Editora, 2005.

BEZERRA, T.M.O; GONÇALVEZ, A.A.C. Concepções de meio ambiente e educação ambiental por professores da Escola Agrotécnica Federal de Vitória de Santo Antão – PE. Revista Biotemas, v.20, n.3, 2007.

BEZERRA, T.M.O; Feliciano, A.L.P.; Alves, A.G.C. Percepção ambiental de alunos e professores do entorno da Estação Ecológica de Caetés – Região Metropolitana do Recife-PE. Biotemas, v.21, n.1, 2008.

BRASIL. Lei no 9.795, de 27 de abril de 1999. Dispõe sobre a educação ambiental, institui a Política Nacional de Educação Ambiental e dá outras providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 28 abr. 1999.

BRÜGGER, P. Educação ou adestramento ambiental? 3. ed. Chapecó: Argos, 2004.

CARVALHO, I. C. M. Educação ambiental: a formação do sujeito ecológico. 3. ed. São Paulo: Cortez, 2008.

CASTOLDI, R.; BERNARDI, R.; POLINARSKI, C.A. Percepção dos problemas ambientais por alunos do ensino médio. Revista Brasileira de Ciência, Tecnologia e Sociedade, v.1, n.1, 2009.

CERVO, A. L.; BERVIAN, P. A.; SILVA, R. Metodologia científica. 6. ed. São Paulo: Prentice Hall, 2007.

COSTA, A.P.B.; PAIVA, M. S. D.; FILGUEIRA, J.M. A inserção da educação ambiental na prática pedagógica: uma análise segundo a visão dos alunos dos cursos técnicos integrados do CEFET-RN. HOLOS, 22: 62-73, 2006.

CURVELLO, T. C. V.; LATINI, R.M. Ensino de Ciências e ambiente na educação de jovens e adultos. Revista Educação ambiental em Ação, v. 22, 2007.

DIAS, G.F. Educação Ambiental: princípios e práticas. 9.ed. São Paulo: Gaia, 2004.

FONSECA, M.J.C.F. A biodiversidade e o desenvolvimento sustentável nas escolas do ensino médio de Belém (PA), Brasil. Educação e Pesquisa, v. 33, n.1, 2007.

FRANCO, J.B.; SATT, J.A.O. A educação ambiental encontrando a educação de jovens e adultos nos diferentes espaços educativos. Revej@ - Revista de Educação de Jovens e Adultos, v.1, p.1-8, 2007.

FRAZÃO, J. O.; SILVA, J.M.; CASTRO, C.S.S. Percepção ambiental de alunos e professores na preservação das tartarugas marinhas na praia de Pipa – RN. Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental, v. 24, janeiro a julho de 2010.

FREITAS, A.C.S.; SANTOS, J.E.O.; BARRETO, L.V. Educação Ambiental no Ensino de Jovens e Adultos. Centro Científico Conhecer - Enciclopédia Biosfera, Goiânia, v.5, n.8, 2009.

GIL, A.C. Como elaborar projetos de pesquisa. 5 ed. São Paulo: Atlas, 2008.

HAMMES, V.S. Percepção Ambiental. In: Hammes, Valeria Sucena. Proposta metodológica da macroevolução. São Paulo: Globo, 2004.

MALAFAIA, G.; RODRIGUES, A.S.L. Percepção ambiental de jovens e adultos de uma escola municipal de ensino fundamental. Revista brasileira de Biociências, Porto Alegre, v. 7, n. 3, p. 266-274, jul./set. 2009.

MARPICA, N.S.; LOGAREZZI, A.J.M. As “áreas de silêncio” das questões ambientais em livros didáticos de diferentes disciplinas. Revista Ambiente e Educação, v. 13, n. 1, p. 35-92, 2008.

MARQUES, L.M.; CARNIELLO, M.A.; GUARIM NETO, G. A percepção ambiental como papel fundamental na realização de pesquisa em educação ambiental. Travessias, n.10, 2009.

MOLIN, R.F.; PASQUALI, E.A.; VALDUGA, A.T. Concepções de meio ambiente formulados por estudantes de diferentes níveis de ensino. In: CONGRESSO DE ECOLOGIA DO BRASIL, 8, 2007, Caxambu. Anais... Caxambu (MG), p. 1-2, 2007.

OENNING, V.; CARNIATTO, I. Percepção ambiental de alunos atingidos por barragem em relação a problemas ambientais. Revista Eletrônica do Mestrado Educação Ambiental, v. 23, julho a dezembro de 2009.

REIGOTA, M. Meio ambiente e representação social. São Paulo: Cortez, 2010.

RODRIGUES, A.S.L.; BÁRBARA, V.F.; MALAFAIA, G. Análise das percepções ambientais e dos conhecimentos de alguns conceitos referentes às nascentes de rios revelados por jovens e adultos de uma escola no município de Ouro Preto, MG. Revista Brasileira de Biociências, v. 8, n. 4, p. 355-361, out./dez. 2010.

SANTOS, A.A.M.; BENTO, J.S. A percepção ambiental dos professores e alunos da Educação de Jovens e Adultos. Revista de Ciência, Tecnologia e Humanidades do IFPE, v.4, n.1, 2012.

SATO, M.; SANTOS, J.E. Tendências nas pesquisas em educação ambiental. In: NOAL, F.O.; BARCELOS, V.H.L. (Orgs.). Educação ambiental e cidadania: cenários brasileiros. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2003. p. 253-283.

SAUVÉ, L. Educação Ambiental: possibilidades e limitações. Educação e pesquisa, v.31, n.2, p.317-322, maio/ago., 2005.

SILVA, M.M.P.; LEITE, V.D. Estratégias para Realização de Educação Ambiental em Escolas do Ensino Fundamental. Rev. eletrônica Mestrado em Educação Ambiental, v. 20, janeiro a junho de 2008.

SILVA, A.D.V.; MENDONÇA, A.W.; MARCOMIN, F.E.; MAZZUCO, K.T.M.; BECKER, R.R. Percepção ambiental como ferramenta para processos de educação ambiental na universidade. Revista Eletrônica Mestrado em Educação Ambiental, v.27, jul./dez., 2011.

SOUZA, L.M.; TRUGILLO, E.A. Percepção ambiental: contextos e possibilidades no cotidiano dos alunos da educação de jovens e adultos. Revista Eventos Pedagógicos, v.3, n.2, p. 152 - 160, Maio - Jul. 2012

SULAIMAN, S.N. Educação ambiental, sustentabilidade e ciência: o papel da mídia na difusão de conhecimentos científicos. Ciência & Educação, v.17, n.3, p.645-662, 2011.

TAMAIO, I. Mediação do professor na construção do conceito de natureza: uma experiência de Educação Ambiental na Serra da Cantareira e Favela do Flamengo/São Paulo. 152f. 2000. Dissertação (Mestrado em Geociências) – Universidade de Campinas, Campinas, 2000.

YIN, R.K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 3 ed. Porto Alegre: Bookman, 2005.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2236130819822

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.