PANORAMA DAS ATIVIDADES DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM UNIDADES DE CONSERVAÇÃO: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA EM META-ANÁLISE

Cláudia Regina Bosa, Ana Lucia da Costa

Resumo


http://dx.doi.org/10.5902/2236130814310

Devido aos grandes desafios ambientais da última década a Educação Ambiental vem ganhando destaque e maior atenção por parte da sociedade, como um importante agente transformador da realidade. O presente estudo teve como objetivo realizar uma revisão sistemática em meta-análise na tentativa de conhecer os programas de Educação Ambiental desenvolvidos em Unidades de Conservação no Brasil. O levantamento de dados foi realizado por meio da busca de artigos científicos, obedecendo a um fluxograma previamente delineado. Os pontos de interesse dos artigos selecionados foram: tema do estudo, autores, local de realização, metodologia, público alvo e resultados. Um total de 20 artigos foi selecionado dentro dos parâmetros estabelecidos. Diante da análise dos mesmos foi possível observar a existência de grande número de Unidades de Conservação no Brasil, porém as mesmas não estão distribuídas de forma homogênea, há uma maior distribuição nas regiões sul, sudeste e nordeste, com maior densidade de artigos científicos publicados nas Unidades de Conservação da região sudeste. Diante dos resultados desta revisão, pode-se afirmar que há maior necessidade de criação de Unidades de Conservação nas regiões Norte e Centro-oeste do Brasil e também há necessidade de realizar um trabalho de incentivo para compor equipes de Educação Ambiental em todas as Unidades de Conservação a fim de informar e sensibilizar a população sobre a importância destes ambientes para a conservação dos ecossistemas nos quais estão inseridos.

 


Palavras-chave


Meio ambiente, biodiversidade, educação ao ar livre.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2236130814310

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.