O Programa de Guarda Responsável de animais de Curitiba e sua aplicação no Acantonamento Ecológico

Autores

  • Merjorie Eloise Dzieciol Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Curitiba, PR
  • Cláudia Regina Bosa Zoológico Municipal de Curitiba, Curitiba, PR

DOI:

https://doi.org/10.5902/223613083640

Palavras-chave:

Abandono de animais, Educação ambiental, Microchipagem

Resumo

Muitos animais são abandonados e sofrem maus tratos. No Brasil e no mundo existem programas de defesa de animais. Este trabalho teve como objetivo analisar a eficácia do Programa da Rede de Defesa e Proteção Animal de Curitiba e verificar se depois de realizadas as atividades de teatro de fantoches e entrega da cartilha educativa, através da aplicação de questionários pré e pós teste as crianças que participaram do Acantonamento Ecológico, assimilaram a importância da guarda responsável. Os questionários foram aplicados a 126 alunos da Rede Municipal de Ensino de Curitiba. Ao responder o questionário pré teste sobre o que entendiam por guarda responsável 59 alunos dos 93 analisados nesta etapa (os que possuem animal de estimação) responderam que era a qualidade de vida do animal. Após as atividades, no questionário pós teste com a participação dos 126 alunos, 118 responderam corretamente o que é guarda responsável e bem estar animal. Com relação à microchipagem e cadastramento apenas 90 alunos compreenderam como se faz, mostrando assim, que a abordagem para este tema específico deve ser reavaliada. Nos demais aspectos a abordagem utilizada pelo programa mostrou-se eficiente e capaz de sensibilizar os alunos para a compreensão que os animais de estimação merecem respeito e qualidade de vida.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cláudia Regina Bosa, Zoológico Municipal de Curitiba, Curitiba, PR

Bióloga do Zoológico Municipal de Curitiba, mestre em Zoologia- UFPR, Professora e orientadora do Curso de Especialização em Conservação da Natureza e Educação Ambiental da PUC/PR. Doutoranda em Microbiologia, Parasitologia e Patologia pela UFPR

Referências

Azevedo, J.G. Domesticação dos animais [Acesso em: 28. abr. 2011]. Bahia. 2002. Disponível em: http://www.ufrb.edu.br/lea/index2.php?option=com_docman&task=doc_view&gid=32&Itemid= 7.

Brasil, Legislação Federal do Brasil – Lei federal de crimes ambientais n° 9.605/98 [Acesso em: 25. Jul. 2010]. Brasília, DF; 1998. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil/L9605.htm.

Broom, D. M.; Molento, C.F. Bem estar animal: conceito e questões relacionadas. [Acesso em: 04. Mai. 2011]. Curitiba, 2004 - Arquives of Veterinary Science, v.9, n.2, p.1-11- Disponível em: http://www.freewebs.com/hotzel/Molento2004.pdf.

Levai, F. L. Crueldade consentida: a violência humana contra os animais e o papel do ministério público no combate a tortura institucionalizada. [Acesso em 27. Jan. 2011]. São José dos Campos; 2007 – Disponível em:

http://terraverdeviva.com.br/crueldadeconsentida.pdf.

Molento, C.F. Senciência animal. [Acesso em: 06. Mai. 2011] Conselho Regional de Medicina Veterinária do Paraná, Curitiba; 2006. Disponível em: http://www.labea.ufpr.br/publicacoes/pdf/P%E1ginas%20Iniciais%202%20Senci%EAncia.pdf.

Rollin, B. (Traduzido por Larissa H. Rüncos e Carla FM Molento) – Dor animal: o que é e porque importa? [Acesso em: 29. abr. 2011]. Curitiba; 2003. Disponível em:

http://www.labea.ufpr.br/publicacoes/pdf/2010%20Bernard%20Rollin%20Animal%20Pain%20What%20It%20Is%20Why%20It%20Matters%20traduzido%20final.pdf.

Santana, L.R.; Oliveira, T. P. – Guarda responsável e dignidade dos animais – [Acesso em: 21. Jul. 2010]. Bahia; 2004. Disponível em: http://www.nipeda.direito.ufba.br/guardaresponsaveledgnidadedosaniais.pdf.

Santana, H. J. Abolicionismo animal. [Acesso em 21. jul. 2010]. Bahia; 2004. Disponível em: http://www.abolicionismoanimal.org.br/artigos/abolicionismoanimal.pdf.

Silvano, D.; Bendas, J. R.; Miranda, M. G.; Pinhão, R.; Mendes-de-Almeida, F.; Labarthe, N. V.; Paiva, J. P. Divulgação dos princípios da guarda responsável: uma vertente possível no trabalho de pesquisa a campo – [ Acesso em: 4. mai. 2011]. Rio de Janeiro, 2010. Revista Eletrônica Novo Enfoque, v. 09, n. 09, p. 64 – 86. Disponível em: http://www.castelobranco.br/sistema/novoenfoque/files/09/artigos/06.pdf.

Souza, M. F. Primeira reunião latino-americana de especialistas em posse de animais de companhia e controle de

populações. 2003. Set. 01 a 03. Rio de Janeiro, Brasil, 2003.

Schneider, B. T.; Souza, C. Aspectos éticos da experimentação animal. [Acesso em 06. mai. 2011]. Minas Gerais, 2003. Revista Brasileira Anestesiol 53: 2: 278 – 285. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/%0D/rba/v53n2/v53n2a14.pdf.

Tradd, M. E.; Brasil, L. G.; Bregenski, M. A. et al. –[Acesso em 29. Abr. 2011]. Curitiba, 2009. - Resumo do plano de defesa e proteção animal da Prefeitura Municipal de Curitiba. Disponível em: http://www.protecaoanimal.curitiba.pr.gov.br.

Viaro, O., Santos, B. M., Vasconcellos, A. S.; Pinheiro, R. S. Impacto educativo do modulo cães e gatos do projeto “para viver de bem com os bichos”. [Acesso em: 06. mai. 2011]. São Paulo, 2010 - Revista Veterinária e Zootecnia, dezembro, 17 (4): 502-506. Disponível em: http://www.fmvz.unesp.br/ojs/index.php/rvz/article/view/53/70.

Downloads

Publicado

2011-10-11

Como Citar

Dzieciol, M. E., & Bosa, C. R. (2011). O Programa de Guarda Responsável de animais de Curitiba e sua aplicação no Acantonamento Ecológico. Revista Monografias Ambientais, 4(4), 877–886. https://doi.org/10.5902/223613083640

Edição

Seção

ARTIGOS

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

> >>