O ser Psico-social e Psico-bio- lógico no processo interdisciplinar entre a Educa¬ção Física e a Comunicação Social

Marli Hatje

Resumo


Este ensaio teve por objetivo estabelecer relações entre as áreas da Educação Física e da Comunicação Social, visto que ambas usam o movimento humano na construção e no desenvolvimento do homem, através da interdisciplinaridade e da inter-relação. Ambas precisam ser consideradas porque a primeira virá com uma função dialógica e com uma concepção unitária do conhecimento, e a segunda, através do movimento humano e suas manifestações. Para melhor compreender esta relação foi preciso também conside­rar as duas formas de manifestação da existencialidade do homem, a psico-social (verbal) e a psico-biológica (não-verbal), porque, segundo Sampaio (1991), o homem vive em duas imagens de mundo e, por isso, participa ao mesmo tempo das duas ordens existenciais. Destacou-se ainda o movimento humano inerente ao homem e sua relação com os meios de comunicação (jornal, rádio e televisão), e o compromisso da Educação Física e da Comunicação Social em proporci­onar, aos alunos, atividades gradativas de desenvolvimento de expressões

corporais e faciais.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/231654648302



Avaliação Qualis Capes (2014):

B4- Educação Física / B3- Interdisciplinar e Psicologia / B5- Educação 

Periodicidade: contínua

ISSN: 2316-5464 online

DOI: 10.5902/23165464

email: kinesisrevista@ufsm.br


 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.