Análise multiespacial do uso e cobertura da terra na bacia hidrográfica do Alto Jacuí: período de 1987 e 2018

Patrícia Ziani, Douglas Stefanello Facco, Eliane Maria Foleto

Resumo


O referente estudo tem por objetivo utilizar ferramentas de geotecnologias para analisar as transformações da paisagem na bacia hidrográfica do Alto Jacuí através da dinâmica do uso e cobertura da terra no período de 1987 a 2018. Para tanto, foram realizadas pesquisas bibliográficas, mapeamentos temáticos e trabalhos de campo na área de estudo. Entre os resultados obtidos destaca-se, com base nos mapas de uso da terra da bacia hidrográfica do Alto Jacuí no ano de 1987 e de 2018, que durante estes 31 anos, entre as principais transformações da paisagem esta a diminuição das áreas de campo que de 6.106,69 km², isto é, 46,73% da área total da bacia hidrográfica do Alto Jacuí, para 1.560,77 km², correspondendo a 11,94%. Associado a isso se tem a ampliação das áreas de lavoura de 2.354,55 km² (18,02%) para 5.435,97 km² (41,60%). Tais mudanças resultam na reconfiguração significativa do espaço geográfico e da paisagem através da alteração das dinâmicas naturais e territoriais. Diante disso, entende-se que um dos principais desafios da área de estudo está em compatibilizar os diferentes usos da terra com a proteção ambiental. Assim, espera-se que os resultados desta pesquisa possam corroborar no desenvolvimento desta temática e que possam contribuir no processo de planejamento e gestão ambiental e territorial da bacia hidrográfica do Alto Jacuí.


Palavras-chave


Bacia Hidrográfica; Uso e Cobertura da Terra; Geotecnologias

Texto completo:

HTML PDF

Referências


AGÊNCIA NACIONAL DE ÁGUAS (ANA). Levantamento da agricultura irrigada por pivôs centrais no Brasil. Agência Nacional de Águas, Embrapa Milho e Sorgo. - 2. ed. - Brasília: ANA, 2019. Disponível em:. Acesso em: 23 ago. 2019.

CHRISTOFOLETTI, A.. Geomorfologia Fluvial. São Paulo: Editora Edgard Blucher, 1981.

CEEE - GT. Plano de uso e ocupação do solo no entorno do reservatório da UHE Ernestina. 2011. Disponível em: .Acesso em: 09 set. 2015.

CEEE - GT. Plano de uso e ocupação do solo no entorno do reservatório da UHE Passo Real. 2011. Disponível em: http://www.ceee.com.br/pportal/ceee/archives/solo/jacui/reservatorio_passo_real.pdf. Acesso em: 09 set. 2015.

EARTHEXPLORER. Disponível em: http://earthexplorer.usgs.gov/. Acesso em: 19 dez. 2018.

FACCO, D. S.; BENEDETTI, A. C. A evolução temporal do uso e ocupação da terra em municípios da Quarta Colônia de Imigração Italiana – RS. Ciência e Natura, Santa Maria v.38 n.3, 2016, p. 1254 – 1264. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbeaa/v14n1/v14n01a08.pdf. Acesso em: 12 mar. 2018.

FACCO, D. S.; BENEDETTI, A. C. P.; FILHO, W. P.; KAISER, E.A. & OSTO, J. V. D. 2016. Geotecnologias para monitoramento florestal no município de Nova Palma - Rio Grande Do Sul – BR. Revista Eletrônica em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental, 20(1): 417-426.

FLORENZANO, T. G. Geotecnologias na geografia aplicada: difusão e acesso. Revista do Departamento de Geografia, 17 (2005), p. 24-29.

FLORENZANO, T.G. Imagens de satélite para estudos ambientais. São Paulo, Oficina de Textos; 2002.

FLORENZANO, T. G. Iniciação em Sensoriamento Remoto. Gráfica. 3st ed. São Paulo: Oficina de textos; 2011.

HASENACK, H.; WEBER, E.(org.) Base cartográfica vetorial contínua do Rio Grande do Sul - escala 1:50.000. Porto Alegre: UFRGS Centro de Ecologia. 2010. 1 DVD-ROM. (Série Geoprocessamento n.3). ISBN 978-85-63483-00-5 (livreto) e ISBN 978-85-63843-01-2 (DVD).

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Portal de Mapas do IBGE. Disponível em: https://portaldemapas.ibge.gov.br/portal.php#homepage. Acesso em 11 de abr. 2018.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Manuais técnicos em Geociências. Número 7. Manual Técnico de Uso da Terra. 3º edição. Rio de Janeiro: IBGE, 2013. Disponível em: http://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv81615.pdf. Acesso em: 9 jan. 2014.

RIO GRANDE DO SUL. Secretaria da Coordenação e Planejamento. Atlas Socioeconômico do Rio Grande do Sul. Unidades geomorfológicas. Disponível em: https://atlassocioeconomico.rs.gov.br/hipsometria-e-unidades-geomorfologicas. Acesso em: 28 de fev. 2019.

RODRIGUEZ, J. M. M.; SILVA, E. V. da. Planejamento e Gestão Ambiental: Subsídios da Geoecologia das Paisagens e da Teoria Geossistêmica. Fortaleza: Edições UFC, 2013.

ROSSATO. M. S. Os climas do Rio Grande do Sul: variabilidade, tendências e tipologia. 2011. 253 f. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2011.

SEMA. Secretaria Estadual do Meio Ambiente do Estado do Rio Grande do Sul. DRH (Departamento de Recursos Hídricos). Relatório síntese de elaboração de serviço de consultoria relativo ao processo de planejamento dos usos da água na Bacia Hidrográfica do Alto Jacuí - Etapas A e B. 2012.

SEMA. Secretaria Estadual do Meio Ambiente do Estado do Rio Grande do Sul. Bacias Hidrográficas do Rio Grande do Sul. Disponível em: http://www.sema.rs.gov.br/. Acesso em: 6 set. 2014.

ZIANI, P.. Análise dos fragmentos de vegetação da Bacia Hidrográfica do Alto Jacuí para ampliação do Corredor Ecológico da Quarta Colônia/RS. 2017. 145 p. Dissertação (Mestrado em Geografia) Universidade Federal de Santa Maria, 2017.




DOI: https://doi.org/10.5902/2236499439734

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Indexações e Bases Bibliográficas