REDUÇÃO DA ADUBAÇÃO E MELHORIA DAS CARACTERÍSTICAS DO SUBSTRATO COM O USO DO HIDROGEL NA PRODUÇÃO DE MUDAS DE Eucalyptus dunnii Maiden

Marcio Carlos Navroski, Maristela Machado Araújo, Fernando da Silva Cunha, Álvaro Luís Pasquetti Berghetti, Mariane de Oliveira Pereira

Resumo


O objetivo do estudo foi avaliar se a presença do hidrogel afeta as propriedades físicas e químicas do substrato e a relação do hidrogel com doses de adubação no desenvolvimento de mudas. No substrato com presença e ausência do hidrogel foi realizada análise de características químicas e físicas. A produção de mudas foi conduzida em casa de vegetação sob irrigação reduzida, utilizando delineamento inteiramente casualizado em arranjo bifatorial 2 x 6, em que os níveis do fator “A” referiram-se a presença (6 g L-1) ou ausência do hidrogel e os níveis do fator “B”, às doses do fertilizante de liberação controlada – FLC (0; 25; 50; 75; 100 e 125% da dose usual). Após 90 dias de semeadura foi realizada a avaliação de parâmetros morfológicos das mudas. O uso do hidrogel apresentou melhoria das características físicas e químicas do substrato, principalmente aos atributos que envolvem retenção e disponibilização de água às plantas. Com a adição do hidrogel e aproximadamente 50-75% da adubação convencional, houve aumento da altura, diâmetro de coleto, massa seca radicular e total, além do índice de qualidade de Dickson. Com o uso do hidrogel e adubação superior a 100% há redução do crescimento das mudas. Já, sem a adição do polímero, o melhor desempenho das mudas é obtido com doses superiores a 100% da adubação convencional. Em geral, o uso do polímero permite a redução em, pelo menos, 25% da adubação convencional (6 g L-1), podendo ser reduzida em até 50%.

Palavras-chave


produção de mudas; fertilizantes de liberação controlada; polímero hidrorretentor; economia de fertilizantes

Texto completo:

PDF

Referências


ABAD, M.; MARTINEZ, P. F.; MARTINEZ, J. Evaluación agrónomica de los substratos de cultivo. Actas de Horticultura, Villaviciosa, Espanha, v. 11, p. 141-154, 1993.

AZEVEDO, T. L. F.; BERTONHA, A.; GONÇALVES, A. C. A. Uso de Hidrogel na Agricultura. Revista do Programa de Ciências Agro-Ambientais, Alta Floresta, v. 1, n. 1, p. 23-31, 2002.

AZEVEDO et al. Níveis de polímero superabsorvente, frequência de irrigação e crescimento de mudas de café. Acta Scientiarum, Maringá, v. 24, n. 5, p. 1239-1243, 2002.

BERNARDI, M. R. et al. Crescimento de mudas de Corymbia citriodora em função do uso de hidrogel e adubação. Cerne, Lavras, v. 18, n. 1, p. 67-74, 2012.

BINOTTO, A. F.; LÚCIO, A. D.; LOPES, S. J. Correlations between growth variables and the dickson quality índex in forest seedlings. Cerne, Lavras, v. 16, n. 4, p. 457-464, 2010.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Instrução Normativa SDA Nº 17. Métodos Analíticos Oficiais para Análise de Substratos para Plantas e Condicionadores de Solo. Diário Oficial da União, Brasília, 24 maio 2007. Seção 1.

COTTHEM, W. V. O papel de Terracottem como um absorvente universal. Ghent: [s. n.], 1998.

DICKSON, A. et al. Quality appraisal of white spruce and white pine seedling stock in nurseries. Forest Chronicle, Mattawa, v. 36, p. 10-13, 1960.

FAGERIA, N. F. Otimização da eficiência nutricional na produção das culturas. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v. 2, n. 1, p. 6-16, 1998.

FAQUIN, V. Diagnose do estado nutricional das plantas. 2002. 77 f. Monografia (Especialização fertilidade do solo e nutrição de plantas no agronegócio) – Universidade Federal de Lavras/FAEPE, Lavras, 2002.

FERMINO, M. H. Métodos de análise para caracterização de física de substratos. 2003. 89 f. Tese (Doutorado em Fitotecnia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2003.

FERREIRA, D. F. Sisvar: a computer statistical analysis system. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 35, n. 6, p. 1039-1042, 2011.

FLANNERY, R. L.; BUSSCHER, W. J. Use of a synthetic polymer in potting soil to improve water holding capacity. Communication in Soil Science Plant, London, v. 13, n. 2, p. 103-111, 1982.

GEESING, D.; SCHMIDHALTER, U. Influence of sodium polycrylate on the water-holding capacity of three different soils and effects on growth of wheat. Soil Use and Management, Hoboken, v. 20, p. 207-209, 2004.

GONÇALVES, J. L.M.; POGGIANI, F. Substrato para produção de mudas. (Compact disc). In: CONGRESSO LATINO AMERICANO DE CIÊNCIA DO SOLO, 13., 1996, Águas de Lindóia. Anais... Águas de Lindóia: SLCS; SBCS; ESALQ/USP; CEA; SBM, 1996.

GONÇALVES, J. L. M. et al. Produção de mudas de espécies nativas: substrato, nutrição, sombreamento e fertilização. In: GONÇALVES, J. L. M.; BENEDETTI, V. (Eds.). Nutrição e fertilização florestal. Piracicaba: IPEF, 2000. p. 309-350.

HAASE, D. Understanding forest seedling quality: measurements and interpretation. Tree Planter’s Notes, Washington, DC, v. 52, n. 2, p. 24-30, 2008.

HUTTERMANN, A.; ZOMMORODI, M.; WANG, S. The use of Hydrogels for afforestations of difficult stands: Water and salt stress. Affoerestation in semi-arid regions-Findings and Perspectives. In: INTERNATIONAL SYMPOSIUM IN THE PEOPLES REPUBLIC OF CHINA, 1997. Proceedings … 1997. p. 167-174.

KÄMPF, A. N. Produção comercial de plantas ornamentais. 2. ed. Guaíba: Agrolivros, 2005. 256 p.

LANDIS, T. D. Mineral nutrients and fertilization. In: ______ et al. The container tree nursery manual: agriculture handbook 674. Washington, D.C.: U.S. Department of Agriculture, Forest Service, 1989. v. 4, p. 1-67.

LARCHER W. Ecofisiologia vegetal. São Carlos: RIMA, 2006.

MENEGASSI, A. D. et al. Produção de mudas de eucalipto sob diferentes fontes de adubação. In: CONGRESSO FLORESTAL PARANAENSE, 4., 2012, Curitiba. Anais... Curitiba: UFPR, 2012.

MORAES NETO, S. P. et al. Produção de mudas de espécies arbóreas nativas com combinações de adubos de liberação controlada e prontamente solúveis. Revista Árvore, Viçosa, v. 27, n. 6, p. 779-789, 2003.

OLIET, J. et al. Los fertilizantes de liberacion controlada lenta aplicados a la produccion de planta forestal de vivero. Efecto de dosis y formulaciones sobre la calidad de Pinus halepensis mil. Investigación Agraria: Sistemas y Recursos Forestales, Madrid, v. 8, n. 1, p. 207-228, 1999.

PALUDZYSZYN FILHO, E.; SANTOS, P. E. T.; FERREIRA, C. A. Eucaliptos indicados para plantio no Estado do Paraná. Colombo: Embrapa Florestas, 2006. 45 p. (Documentos, 129).

PETERSON, D. Hydrophilic polymers: effects and uses in the landscape. Soviet Soil Science, Moscow, v. 13, n. 4, p. 111-115, 2003.

PREVEDELLO, C. L.; BALENA, S. P. Efeitos de polímeros hidrorretentores nas propriedades físico-hídricas de dois meios porosos. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, MG, v. 24, n. 2, p. 251-258, 2000.

RÖBER, R.; SCHALLER, K. Pflanzenernährung im Gartenbau. Stuttgart: Ulmer, 1985. 352 p.

SCHMIDT-VOGT, H. Morpho-physiological quality of forest tree seedlings: the present international status of research. In: SIMPÓSIO INTERNACIONAL SOBRE MÉTODOS DE PRODUÇÃO E CONTROLE DE QUALIDADE DE SEMENTES E MUDAS FLORESTAIS, 1984, Curitiba. Anais... Curitiba: UFPR/FUPEF, 1984. p. 366-378.

SGARBI, F. et al. Influência da aplicação de fertilizante de liberação controlada na produção de mudas de um clone de Eucalyptus urophylla. In: SIMPÓSIO SOBRE FERTILIZAÇÃO E NUTRIÇÃO FLORESTAL, 2., 1999, Piracicaba. Anais... Piracicaba: IPEF/ESALQ, 1999. p. 120-125.

SHAVIV, A. Advances in controlled-release fertilizers. Advances in Agronomy, San Diego, v. 71, p. 1-49, 2001.

TAIZ, L.; ZEIGER, E. Fisiologia vegetal. 4. ed. Porto Alegre: Artmed, 2009. 848 p.

TAYLOR, K. C.; HALFACRE, R. G. The effect of hydrophilic polymer on media water retention and nutrient availability to Ligustrum lucidum. Horticulture Science, Praha, v. 21, p. 1159-1161, 1986.

THOMAS, D. S. Hydrogel applied to the root plug of subtropical eucalypt seedlings halves transplant death following planting. Forest Ecology and Management, Amsterdam, v. 255, n. 3-4, p. 1305-1314, 2008.

TITTONELL, P. A.; GRAZIA, J.; CHIESA, A. Adición de polímeros superabsorbentes en el medio de crecimiento para la producción de plantines de pimiento. Horticultura Brasileira, Brasília, v. 20, n. 4, p. 641-645, 2002.

VALERI, S. V.; CORRADINI, L. Fertilização em viveiros para a produção de mudas de Eucalyptus e Pinus. In: GONÇALVES, J. L. M.; BENEDETTI, V. Nutrição e fertilização florestal. Piracicaba: IPEF, 2000. p. 167-190.

VICHIATO, M. et al. Crescimento e composição mineral do porta-enxerto de tangerina Cleópatra cultivado em substrato acrescido de polímero hidroretentor. Ciência Agropecuária, Lavras, v. 28, n. 4, p. 748-756, 2004.

WENDLING, I.; DUTRA, L. F.; GROSSI, F. Produção de mudas de espécies lenhosas. Colombo: Embrapa Florestas, 2006. (Documentos 130).

ZANETTI, M. et al. Efeito de diferentes concentrações de citocinina na brotação de gemas de laranjeira Valência sobre limoeiro Cravo e citrumeleiro Swingle. Brazilian Journal of Plant of Plant Physiology, Campinas, v. 15, supl, p. 223, 2003.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1980509825106

Licença Creative Commons