Momentos do Método Situacional no processo de ensino-aprendizagem dos Jogos Esportivos Coletivos: um aprofundamento conceitual

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5902/2316546444307

Palavras-chave:

Pedagogia do Esporte, Métodos de Ensino, Esportes Coletivos, Tomada de Decisão

Resumo

O Método Situacional desponta como um recurso metodológico, visando superar os conhecimentos cartesianos que dissociam a técnica da tática no processo de ensino-aprendizagem dos Jogos Esportivos Coletivos. Na medida em que seu entendimento é fundamental para o campo da Pedagogia do Esporte, tanto no contexto científico, quanto na prática pedagógica, a presente pesquisa objetiva, a partir de um ensaio teórico-propositivo, aprofundar os conceitos inerentes aos momentos do Método Situacional. Com base nessa proposta, apresentam-se detalhamentos e explicações, com exemplos práticos desses conhecimentos para o processo de ensino-aprendizagem dos Jogos Esportivos Coletivos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bruno Minuzzi Lanes, Universidade Federal de Santa Maria

Mestre em Educação Física pela Universidade Federal de Santa Maria.

Professor da Rede Municipal de Chapecó - SC.

João Francisco Magno Ribas, Universidade Federal de Santa Maria

Pós-doutor pelo Institut Nacional dÉducació Fisica de Catalunya.

Professor Titular, do Departamento de Desportos Coletivos, do Centro de Educação Física, na Universidade Federal de Santa Maria

Referências

BITENCOURT, Willian Daniel. O ensino do futsal: uma proposta a luz da Praxiologia Motriz e dos Jogos Condicionados. 2019. 90 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) –Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2019.

CORRÊA, Umberto Cesar; SILVA, António Sabino da; PAROLI, Rejane. Efeitos de diferentes métodos de ensino na aprendizagem do futebol de salão. Motriz, Rio Claro, v.10, n.2, p.79-88, mai./ago. 2004.

COSTA, Luciana Cristina Arantes da; NASCIMENTO Juarez Vieira do. O ensino da técnica e da tática: novas abordagens metodológicas, Revista da Educação Física/UEM, Maringá, v. 15, n. 2, p. 49-56, 2004.

DEMO, Pedro. Introdução à metodologia da ciência. 2ªed. São Paulo: Atlas. 1985.

DEMO, Pedro. Pesquisa e construção de conhecimento: metodologia científica no caminho de Habermas: Tempo Brasileiro, 2009.

DEMO, Pedro. Pesquisa: princípio científico e educativo: Cortez, 2006.

FAGUNDES, Felipe Menezes. O modelo Teaching Games for Understanding e a Praxiologia Motriz: Sistematização do ensino para a compreensão da lógica interna do Voleibol. 2019. 135 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) –Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2019.

GALATTI, Larissa Rafaela. Pedagogia do esporte: o livro didático como um mediador no processo de ensino e aprendizagem de jogos esportivos coletivos. 2006. 139f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Faculdade de Educação Física, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2006.

GIL, Antônio Carlos. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

GRECO, Pablo Juan. Iniciação Esportiva Universal: metodologia da iniciação esportiva na escola e no clube. Belo Horizonte: UFMG, 1998.

LANES, Bruno Minuzzi; RIBAS, João Francisco Magno. As Interações Motrizes do Voleibol e o Método Situacional: reflexões para o processo de ensino-aprendizagem. Revista Pensar a Prática, Goiânia, v. 21, n. 1, jan./mar. 2018.

LANES, Bruno Minuzzi. Ensino-aprendizagem-treinamento do Voleibol: proposições a partir da Praxiologia Motriz e o Método Situacional. 2018. 169 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2018.

LIMA, Cláudio Olivio Vilela. Desenvolvimento do Conhecimento Tático Declarativo e Processual no Processo de Ensino-Aprendizagem-Treinamento do Voleibol Escolar. 2008. 166f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2008.

MARQUES FILHO, Cesar Vieira. A estruturação do futebol e seus elementos pedagógicos: uma visão a partir da Praxiologia Motriz. 2017. 78 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Universidade Federal de Santa Maria, 2017.

MATIAS, Cristiano Julio Alves da Silva. O Conhecimento Tático Declarativo e a distribuição de jogo do levantador de Voleibol: da formação ao alto nível. 2009. 260 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2009.

MOGADOURO, Ângela. Formação dos Jogos Desportivos Coletivos. 2012. 57 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Faculdade de Desporto da Universidade do Porto, 2012.

OLIVEIRA, Raquel Valente de; RIBAS, João Francisco Magno; GOMES-DA-SILVA, Pierre Normando. Relação entre o Praxema e as Interações Motrizes: implicações nos processos de Leitura de Jogo e Tomada de Decisão nos Jogos Esportivos Coletivos. Pensar a Prática, v. 21, n.2. 2018.

PINHO, Silvia Teixeira de. Método Situacional e sua influência no conhecimento tático processual de escolares. 100 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2009.

RIBAS, João Francisco Magno. Praxiologia Motriz e Voleibol: Elementos para o Trabalho Pedagógico. Ijuí: Unijuí, 2014.

SALVADOR, Angelo Domingos. Métodos e Técnicas de Pesquisa Bibliográfica. Porto Alegre: Sulina, 1986.

SAMULSKI, Dietmar. Psicologia do Esporte: Manual para a Educação Física, Psicologia e Fisioterapia. São Paulo: Manole. 2002.

SCHMIDT, Richard A.; WRISBERG, Craig A. Aprendizagem e performance motora: uma abordagem da aprendizagem voltada para o problema. Porto Alegre: Artmed, 2001.

SOARES, Vinícius de Oliveira Viana; GRECO, Pablo Juan. A análise técnica-tática nos Esporte Coletivos: “por que, “o quê”, e “como”. Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte – V. 9, N. 2, 3-11. 2010.

Downloads

Publicado

05/17/2021

Como Citar

Lanes, B. M., & Ribas, J. F. M. (2021). Momentos do Método Situacional no processo de ensino-aprendizagem dos Jogos Esportivos Coletivos: um aprofundamento conceitual. Kinesis, 39(1). https://doi.org/10.5902/2316546444307

Edição

Seção

Ensaios

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)