Nutrição de mudas de Mimosa caesalpiniaefolia Benth. sob diferentes doses de N, P, K, Ca e Mg

Elzimar de Oliveira Gonçalves, Haroldo Nogueira de Paiva, Júlio César de Lima Neves, José Mauro Gomes

Resumo


http://dx.doi.org/10.5902/198050989274

Neste trabalho, objetivou-se verificar o teor e o conteúdo de N, P, K, Ca e Mg, em razão da aplicação de crescentes doses de fertilizantes e determinar o nível crítico desses nutrientes no solo e na planta, em mudas de sansão-do-campo (Mimosa caesalpiniaefolia Benth.) produzidas em três classes de solo (Argissolo Vermelho-Amarelo mesotrófico, Latossolo Vermelho-Amarelo álico e Latossolo Vermelho-Amarelo distrófico). As mudas foram plantadas em vasos com capacidade de 2,1 dm3. O experimento foi conduzido no período de dezembro de 2004 a abril de 2005, em Viçosa, MG. Os tratamentos foram delimitados segundo uma matriz baconiana, onde variou os macronutrientes em três doses diferentes e dois tratamentos adicionais (zero e base), com quatro repetições. As mudas de sansão-do-campo, em geral, apresentaram maior conteúdo dos nutrientes N, P, K, Ca e Mg à medida que a disponibilidade destes aumentava no solo. Tal fato refletiu em maiores teores dos nutrientes em todas as partes da planta. Entretanto, em alguns casos, não houve resposta em crescimento correspondente a esse aumento. Em termos de nível crítico, os valores que proporcionaram melhor crescimento da planta foram: N (16 a 17,3 g kg-1 na parte aérea), P (77 a 110 mg dm-³ no solo e 1 a 1,5 g kg-1 na parte aérea), K (51 a 86,5 mg dm-³ no solo e 5,7 a 7,1 g kg-1 na parte aérea), Ca (0,8 a 2,2 cmolc dm-³ no solo e 10 a 14,4 g kg-1 na parte aérea) e Mg (0,2 a 0,25 cmolc dm-³ no solo 1,3 a 2,4 g kg-1 na parte aérea). Contudo, para o K e o Ca, sugerem-se estudos com doses dentro dessa faixa de valores encontrados, para melhor definição do nível crítico. Dentre os solos estudados, os Latossolos se mostraram mais exigentes de adição de nutrientes, sobretudo para N e P, para uma adequada produção de mudas de Mimosa caesalpiniaefolia.

 


Palavras-chave


nível crítico; produção de mudas; macronutriente; sansão-do-campo

Texto completo:

PDF

Referências


ALVAREZ, V. F. C. et al. Improving phosphorus availability from Patos phosphate rock for eucalyptus: A study with 32P radiotracer. Scientia Agricola, v. 63, p. 65-69, 2006.

BARROS, N. F. et al. Biomassa, absorção e eficiência de utilização de nutrientes por clones de eucalipto na região norte do Espírito Santo. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIA DO SOLO, 20., Campinas, 1985. Programa e resumos. Campinas: SBCS, 1985. p.109

CAMARGO, M. L. P. et al. Considerações sobre eficiência nutricional em Eucalyptus. Científica, Jaboticabal, v. 32, n. 2, p. 191-196, 2004.

D’AVILA, F. S. Efeito do fósforo, nitrogênio e potássio na produção de mudas clonais de eucalipto. 2008. 53 f. Dissertação (Mestrado em Ciência Florestal) – Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2008.

ERNANI, P.R. et al. Influência da combinação de fósforo e calcário no rendimento de milho. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v.24, p.537-544, 2000.

FAGERIA, N.K. et al. Lowland rice genotypes evaluation for phosphorus use efficiency in tropical lowland. Journal of Plant Nutrition, v. 34, n. 8, p.1087-1095, 2011.

FÖSHE, D. et al. Phosphorus efficiency of plants: II. Significance of root radius, root hairs and catio-anion balance for phosphorus influx in seven plant species. Plant and Soil, v. 132, p. 261 – 272, 1991.

FURLANI, A.M.C.; USBERTI FILHO, J.A. Capim-colonião: eficiência na absorção e na utilização de fósforo em solução nutritiva. Bragantia, Campinas, v. 49, n. 2, p. 413 – 423. 1990.

FURTINI NETO, A. E. Eficiência nutricional, cinética de absorção e frações fosfatadas em Eucalyptus spp. 1994. 99f. Tese (Doutorado em Solos e Nutrição de Plantas) – Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, MG, 1994.

GODDARD, R.E.; HOLLIS, C.A. The genetic basis of forest tree nutrition. In: BOWEN, G. D.; NANBIAR, E.K.S. (Ed.) Nutrition of plantation forest. London: Academic Press, 1984. p. 237-258.

GODOY, T.G.; ROSADO, S.C.S. Efficiency of phosphorus use in young plants of Eucalyptus urophylla S. T. Blake. Cerne, Lavras, v. 17, n. 3, p. 303-308, 2011.

GONÇALVES, M.R.; PASSOS, C.A.M. Crescimento de cinco espécies de eucalipto submetidas a déficit hídrico em dois níveis de fósforo. Ciência Florestal, v. 10, n. 2, p. 145-161 145, 2000.

GRAHAM, R.D. Breeding for nutritional characteristics in cerels. In: TINKER, P.B.; LAUCHLI,A. (Ed.) Advances in plant nutrition. New York: Praeger, 1984. p. 57–102.

GUIMARÃES, H. S. Variabilidade genética para eficiência nutricional em progênies de Eucalyptus camaldulensis e Eucalyptus citriodora. 1993. 68 f. Dissertação (Mestrado em Ciência Florestal) – Universidade Federal de Viçosa. Viçosa, MG.

LEITE, P.B. et al. Níveis críticos de fósforo, para eucalipto, em casa de vegetação, em função da sua localização no solo. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v. 33, p. 1311-1322, 2009.

MOLL, R.H. et al. Analysis and interpretation of factors which contribute to efficiency of nitrogen utilization. Agronomy Journal, 74:562-564, 1982.

MORAIS, E. J. et al. Biomassa e eficiência nutricional de espécies de eucalipto em duas regiões bioclimáticas de Minas Gerais. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Campinas, v. 14, n. 3, p. 353-362, 1990.

MURPHY, J.; RILEY J.P. A modified single solution method for the determination of phosphate in natural waters. Analytica Chemical Acta, v.27, p.31-36, 1962.

PINTO, S.I.C. et al. Eficiência nutricional de clones de eucalipto na fase de mudas cultivados em solução nutritiva. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v. .35 n. 2, p. 523-533, 2011

RIBEIRO, M.A.V. et al. Resposta da soja e do eucalipto ao aumento da densidade do solo e a doses de fósforo. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v. 34, n. 4, pp. 1157-1164, 2010.

SAS. 2007. SAS 9.1.3 (TS1M3) for Windows Microsoft. SAS Institute Inc., Cary, USA, sem paginação.

SIDDIQUI, M.Y.; GLASS, A.D.M. Utilization index: a modified approach to the estimation and comparison of nutrient utilization efficiency in plants. Journal Plant Nutrition, 4:289-302, 1981.

SILVA, H.D. et al Biomassa, concentração e conteúdo de nutrientes em cinco espécies de Eucalyptus plantadas em solos de baixa fertilidade. Boletim de Pesquisa Florestal, n.6/7, p. 9-25, 1983.

SOUZA, M. E. Correlação adulto-juvenil para eficiência nutricional e comportamento de clones de Eucalyptus grandis em dois níveis de fertilidade do solo. 1994. 49f. Dissertação (Mestrado em Ciência Florestal) – Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 1994.

TEDESCO, M. J. et al. Análise de solo, plantas e outros materiais. 2. ed. Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 1995. 147 p. (Boletim Técnico, 5).




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/198050989274

Licença Creative Commons