Substratos de origem orgânica para produção de mudas de teca (Tectona grandis Linn. F.)

Paulo André Trazzi, Marcos Vinicius Winckler Caldeira, Renato Ribeiro Passos, Elzimar de Oliveira Gonçalves

Resumo


 

http://dx.doi.org/10.5902/1980509810551

A utilização de resíduos renováveis como fonte de nutrientes para produção de mudas florestais pode ser uma solução para problemas ambientais, principalmente relacionados à destinação destes materiais. Neste contexto, este trabalho teve por objetivo avaliar a utilização de substratos renováveis como componentes de substrato na produção de mudas de teca. As mudas foram produzidas em tubetes com capacidade volumétrica de 280 cm³, utilizando-se para a composição dos tratamentos esterco bovino, cama de frango ou esterco de codorna associados à terra de subsolo e a uma fração de 25% de substrato comercial florestal. Noventa dias após a repicagem das plântulas, foram analisadas as seguintes características morfológicas: altura da parte aérea (H), diâmetro do coleto (D), massa seca da parte aérea (MSPA), radicular (MSR) e total (MST) e o índice de qualidade de Dickson (IQD). Os resultados indicaram que as mudas produzidas com substratos formulados com a cama de frango apresentaram os maiores valores das características analisadas, sendo que o tratamento com 35% deste material proporcionou os maiores índices em H, D, MSPA, MSR, MST e IQD. A utilização de substratos renováveis pode ser indicada para produção de mudas de teca, contribuindo para a melhoria das propriedades químicas dos substratos formados e, consequentemente, para a nutrição das plantas.


Palavras-chave


esterco bovino; esterco de codorna; cama de frango; mudas florestais

Texto completo:

PDF

Referências


ABRAF. Anuário estatístico da ABRAF: ano base 2009. Brasília: ABRAF, 2010. 140 p.

BLAISE, D. et al. Effects of farmyard manure and fertilizers on yield, fibre quality and nutrient balance of rainfed cotton (Gossipium hirsutum). Bioresource Technology, v. 96, p. 345-349, 2005.

CALDEIRA, M. V. W. et al. Influência do resíduo da indústria do algodão na formulação de substrato para produção de Schinus terebinthifolius Raddi, Archontophoenix alexandrae Wendl. et Drude e Archontophoenix cunninghamiana Wendl. et Drude. Revista Ambiência, Guarapuava, v. 3, p. 311-323, 2007.

EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA — EMBRAPA. Manual de análises químicas de solos, plantas e fertilidade. 2. ed. Rio de Janeiro: Embrapa Solos, 1999. 370 p.

EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA - EMBRAPA. Sistema brasileiro de classificação de solos. 2. ed. Rio de Janeiro: Embrapa Solos, 2006. 306 p.

FIGUEIREDO, E. O., OLIVEIRA, L. C., BARBOZA, L. K. Teca (Tectona grandis L.f.): principais perguntas do futuro empreendedor florestal. Rio Branco: Embrapa Acre, 2005.

FONSECA, E. P. et al. Padrão de qualidade de mudas de Trema micrantha (L.) Blume, produzidas sob diferentes períodos de sombreamento. Revista Árvore, Viçosa, v. 26, p. 515-523, 2002.

FREIRE, A. L. O. et al. Crescimento e nutrição mineral do nim (Azadirachta indica a. juss.) e cinamomo (Melia azedarach linn.) submetidos à salinidade. Revista Ciência Florestal, Santa Maria, v. 20, n. 2, p. 207-215, 2010.

GOMES, J. E. Desenvolvimento inicial de Tectona grandis L.f. (Teca) em área de cerrado sob diferentes espaçamentos. 2002. 76 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2002.

GRACIANO, J. D. et al. Efeito da cobertura do solo com cama-de-frango semidecomposta sobre dois clones de mandioquinha-salsa. Acta Scientiarum Agronomy, Maringá, v. 28, n. 3, p. 367-376, 2006.

LUCENA, A. M. A; CHAVES, L. H. G.; GUERRA, H. O. C. Desenvolvimento de mudas de cássia e tamboril em diferentes composições de substratos. Revista Verde, Mossoró, v. 2, n. 1, p. 78-84, 2007.

LUCENA, A. M. A; GUERRA, H. O. C.; CHAVES, L. H. G. Desenvolvimento de mudas de leucena e flamboyant em diferentes composições de substratos. Revista Verde, Mossoró, v. 1, n. 2, p. 16-23, 2006.

MAIA, A. R.; LOPES, J. C.; TEIXEIRA, C. O. Efeito do envelhecimento acelerado na avaliação da qualidade fisiológica de sementes de trigo. Revista Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 31, n. 3, p. 678-684, 2007.

MALAVOLTA, E.; GOMES, P. F.; ALCARDE, J. C. Adubos e adubações. São Paulo: Nobel, 2002. 200 p.

MELO, W. J.; MARQUES, M. O. Potencial do lodo de esgoto como fonte de nutrientes para as plantas. In: BETTIOL, W. ; CAMARGO, O. A. (Eds.). Impacto Ambiental do Uso Agrícola do Lodo de Esgoto. Jaguariúna: Embrapa Meio Ambiente, 2000. p.45-67.

OLIVEIRA, R. B. et al. Desenvolvimento de essências florestais em diferentes substratos. In: ENCONTRO LATINO AMERICANO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 7., 2004, São José dos Campos. Anais... São José dos Campos: Instituto de Pesquisas e Desenvolvimento, 2004.

PASSOS, C. A. M.; BUFULIN JUNIOR, L.; GONÇALVES, M. R. Avaliação silvicultural de Tectona grandis L.f., em Cáceres – MT, Brasil: resultados preliminares. Revista Ciência Florestal, Santa Maria, v. 16, n. 2, p. 225-232, 2006.

PEREIRA, P. C. et al. Mudas de tamarindeiro produzidas em diferentes níveis de matéria orgânica adicionada ao substrato. Revista Verde, Mossoró, v. 5, n. 3, p. 152-159, 2010.

PRESTES, M. T. Efeitos de diferentes doses de esterco de gado, no desenvolvimento e no balanço nutricional de mudas do angico (Anadenanthera macrocarpa). 2007. 62 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Agrárias) - Universidade de Brasília, Brasília, 2007.

SARCINELLI, T. S. et al. Sintomas de deficiência nutricional em mudas de Acacia holosericea em resposta à omissão de macronutrientes. Revista Árvore, Viçosa, v. 28, p. 173-181, 2004.

SOUZA, V. C.; LORENZI, H. Botânica Sistemática: Guia ilustrado para identificação das famílias de Fanerógamas nativas e exóticas no Brasil, baseado em APG II. 2. ed. Nova Odessa: Instituto Plantarum, 2008.

VIANA, A. P. et al. Teores de Na, K, Mg e Ca em porta-enxertos de videira em solução salina. Revista Scientia agricola, Piracicaba, v. 58, n. 1, p. 187-191, 2001.

WENDLING, I.; GATTO, A. Substratos, adubação e irrigação na produção de mudas. Viçosa: Aprenda Fácil. 2002.

WEINÄRTNER, M. A.; ALDRIGHI, C. F. S.; MEDEIROS, C. A. B. Adubação Orgânica. Pelotas, 2006.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1980509810551

Licença Creative Commons