Estimativa da biomassa e do conteúdo de nutrientes de um povoamento de Eucalyptus globulus (Labillardière) sub-espécie maidenii.

Mauro Valdir Schumacher, Marcos Vinicius Winckler Caldeira

Resumo


O presente trabalho teve por objetivo estimar a produção de biomassa acima do solo e determinar o conteúdo de nutrientes nos diferentes componentes das árvores de um povoamento de Eucalyptus globulus subespécie maidenii. Os dados foram coletados em um talhão de 4 anos de idade, plantado em solo argiloso, no município de Butiá, Rio Grande do Sul. Para determinar a quantidade de biomassa, foi utilizada uma equação de regressão (lnY = a + b * lnX) cujos coeficientes foram calculados  com base em nove árvores amostradas em diferentes classes diamétricas. A biomassa total acima do solo foi de 83,2 Mg ha-1, em que 13; 10; 9 e 68 % encontravam-se distribuídos nas folhas, ramos, casca e madeira, respectivamente. Do total dos elementos na árvore, na madeira do tronco foram encontrados 29; 29; 40; 12,5 e 34% de N, P, K, Ca e Mg respectivamente. Já na copa das árvores, esses mesmos elementos representaram 64; 56; 48,5; 32 e 39%. A casca foi o componente que acumulou as maiores quantidades de cálcio, (55,3% do total).


Palavras-chave


biomassa; nutrientes; <i>Eucalyptus globulus </i>sub-espécie <i>maidenii.</i>

Texto completo:

PDF

Referências


ABRAHAMSON, W.G.; GADGIL, M. Growth and reproductive effect in goldenrods solidago (compositae). American Naturalist, Lancaster, v. 107, p. 651-661, 1973.

AMARAL, F.C.S.; GRAÇA, P.M.L.A.; BRITO, M.M.P. et al. Comparação entre a concentração de nutrientes das folhas e do folhedo do jacaranda-da-bahia (Dalbergia nigra) e cabreúva (Myroxylom peruiferum). In: SOLO SUELO – CONGRESSO LATINO AMERICANO DE CIÊNCIA DO SOLO, 13., 1996, Águas de Lindóia. Resumos expandidos... Águas de Lindóia, 1996. 1 CD-Rom.

ANDRAE, F.; KRAPFENBAUER, A. Inventário de um reflorestamento de araucária de 17 anos em Passo Fundo, Rio Grande do Sul. Parte II: inventário de nutrientes In: Pesquisa austro-brasileiras 1973-1982 sobre Araucaria angustifolia, Podocarpus lambertii e Eucalyptus saligna. Santa Maria: UFSM, 1983. p. 30-55.

ANDRAE, F.; KRAPFENBAUER, A. Untersuchungen ueber Biomassen und Naehrstoffverhaeltnisse in einer 4-jaehrigen Aufforstung mit Eucalyptus saligna Smith in Santa Maria, R. S. Brasilien. Centralblatt fuer das Gesamte Forstwesen, v. 96, n. 1, p. 1-29, 1979.

ANDRAE, F.H. Zweitinventur eines Eucalyptus saligna Bestandes in Suedbrasilien. Centralblatt fuer das Gesamte Forstwesen, v. 99, n. 4, p. 193-217, 1982.

ATTWILL, P.M. On the cycling of elements in mature Eucalyptus obliqua forest. In: BOARDMAN, R. (Ed). Australian Forest Tree Nutrition Conference, 1972, p: 39-44. 1972 (Comm. For. Timb. Bur.).

BELLOTE, A.F.J. Concentração, acúmulo e exportação de nutrientes pelo Eucalyptus grandis em função da idade. 1979. 192p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) - ESALQ/USP, Piracicaba.

BELLOTE, A.F.J. Nahrelementversorgung und wuchsleistung von gedungten Eucalyptus grandis – plantagem im cerrado von São Paulo (Brasilien). 1990. 159p. Tese (Doutorado) - Universitat Freiburg, Freiburg.

BERNARDO, A.L. Crescimento e eficiência nutricional de Eucalyptus spp. sob diferentes espaçamentos na região de Minas Gerais. 1995, 102p. Dissertação ( Mestrado) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa.

BINKLEY, D. Forest Nutrition Management. New York: John Wiley & Sons, 1986. 290p.

CALDEIRA, M.V.W. Quantificação da biomassa e do conteúdo de nutrientes em diferentes procedências de Acácia-negra (Acacia mearnsii De Wild). 1998. 96p. Dissertação ( Mestrado em Engenharia Florestal) – Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria.

CALDEIRA, M.V.W.; SCHUMACHER, M.V.; CARBONERA PEREIRA, J. et al. Quantifizierung der oberirdischen biomasse der australischen herkunfty Lake George Bunge Dore von Acacia maeransii De Wild. Forstarchiv, v.71, p.160-165, 2000.

CAMPOS, M.A.A. Balanço de biomassa e nutrientes em povoamentos de Ilex paraguariensis: avaliação na safra e na safrinha. 1991. 106p. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba.

CARBONERA PEREIRA, J.; SCHUMACHER, M.V.; HOPPE, J.M. et al. Produção de biomassa em um povoamento de Acacia mearnsii De Wild. no Estado do Rio Grande do Sul. Revista Árvore, v.21, n.4, p.521-526, 1997.

CROMER, R. N.; CAMERON, D.N.; RANCE, S.J. et al. Response to nutrients in Eucalyptus grandis. 1. Biomass accumulation. Forest Ecol. and Manag., v. 62, p. 211-230, 1993.

CROMER; R. N.; RAUPACH, M.; CLARKE, A. R. P. et al. Eucalyptus plantations in Australia. The potential for intensive production. Appita, v.29, p. 165-173, 1975.

CURLIN, J.W. Nutrient cycling as a factor in site productivity and forest fertilization. In: YOUNGBERG, C.T.; DAVEY, C.B. (Ed). Tree growth and forest soils. Oregon: Oregon State Universsity Press, 1970. p.313-326.

EMBRAPA. Centro Nacional de Pesquisa de Solos. Sistema brasileiro de classificação de solos. Brasília, 1999. 412p.

FABIÃO, A. M.D. Contribuição para o estudo da dinâmica da biomassa e produtividade primária líquida em eucaliptais. Região Litoral do Centro de Portugal. 1986. Tese (Doutorado) - Instituto Superior de Agronomia, Lisboa.

FINGER, C.A.G. Fundamentos de biometria florestal. Santa Maria: UFSM/CEPEF/FATEC, 1992, 269p.

FRANCO, .A.A.; CAMPELLO, E.F.; SILVA, E.R. et al. Revegetação de solos degradados, EMBRAPA, CNPAB, 1992. 9p. (Comunicado Técnico, 9).

FREITAS, R.A. Estudo da biomassa e do conteúdo de nutrientes em um povoamento de Eucalyptus grandis Hill ex Maiden plantado em solo sujeito à arenização no município de Alegrete – RS. 2000. 60p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) – Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria.

GOLLEY, F.B.; McGINNIS, J.T.; CLEMENTS, R.D. La biomassa y la estrutura mineral de alguns bosques de Darién, Panamá. Turrialba, v.21, n.2, p.189-196, 1971.

KRAMER, P.J.; KRAMER, P.J.; PALLARDY, S.G. The physiology ecology of wood plants. San Diego, USA: Academic Press, 1991. 657p.

KRAPFENBAUER, A.; ANDRAE, F. Inventur einer 17 jaehrigen Araukarienaufforstung in Passo Fundo, Rio Grande do Sul, Brasilien. Teil I: Biomasseninventur. Centralblatt fuer das Gesamte Forstwesen, v. 93, n. 2, p. 70-87, 1976.

LANDSBERG, J. J. Physiological Ecology of Forest Production. London: . Academic Press. 1986.

LARCHER, W. Ökologie der Pflanzen. Stuttgart: . Eugen Ulme GmbH & Co. 1984.

LEAL, P.G.L. Produção e redistribuição de nutrientes em Eucalyptus grandis influencidas pela aplicação de fosfato natural em solos de cerrado. 1988. 44p. Tese (Mestrado) – Universidade Federal de Viçosa, Viçosa.

MORENO, J.A. Clima do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Secretaria da Agricultura, 1961. 41p.

NEGI, J.D.S.; SHARMA, D.C. Distribuition of Nutrient in an Age Series of Eucalyptus globulus plantation in Tamil Nadu. The Indian Forester. v.110, n. 9, p. 944-953, 1984.

OTTO, H.J. Waldökologie. Stuttgart: Ulmer. 1994, 391p.

PEREIRA, A.R.; ANDRADE, D.C.; LEAL, P.G.L. et al. Produção de biomassa e remoção de nutrientes em povoamentos de Eucalyptus citriodora e Eucalyptus saligna cultivados na região de cerrado de Minas Gerais. Curitiba, Floresta. v. 15, p. 18-16, 1984.

POGGIANI, F.; COUTO, H.T. Z.; CORRADINI, L. et al. Exploração de biomassa e nutrientes através da exportação dos troncos e das copas de um povoamento de Eucalyptus saligna. IPEF, Piracicaba, v. 25, p. 37-39, 1983.

PRITCHETT, W.L. Properties and management of forest soilis. New York: John Wiley, 1979. 500 p.

REIS, M. G.F.; BARROS, N.F. Ciclagem de nutrientes em plantios de eucalipto. In: BARROS, N.F.; NOVAIS, R.F. Relação solo-eucalipto. Viçosa: Ed. Folha de Viçosa, 1990, p.265-301.

SCHUMACHER, M. V. Ciclagem de nutrientes como base da produção sustentada em ecossistema florestais. In: SIMPÓSIO SOBRE ECOSSISTEMAS NATURAIS DO MERCOSUL: O AMBIENTE DA FLORESTA, 1. 1996. Santa Maria. Anais... Santa Maria: UFSM-CEPEF, 1996. p.65-77.

SCHUMACHER, M. V. Aspectos da ciclagem de nutrientes e do microclima em talhões de Eucalyptus camaldulensis Dehnh, Eucalyptus grandis Hill ex Maiden e Eucalyptus torelliana F. Muell. 1992. 87p. Dissertação (Mestrado) – ESALQ/USP, Piracicaba.

SCHUMACHER, M. V. Estudo da biomassa e dos nutrientes de um povoamento de Eucalyptus globulus (Labillardière) sub-espécie bicostata. Revista Árvore, Viçosa, v. 22, n.2, p.281-286, 1998.

SCHUMACHER, M. V. Naehrstoffkreislauf in verschiedenen Bestaenden von Eucalyptus saligna (Smith), Eucalyptus dunnii (Maiden) und Eucalyptus globulus (Labillardière) in Rio Grande do Sul, Brasilien. 1995. 167p. Tese (Doutorado) - Universitaet fuer Bodenkultur, Viena, Áustria.

SCHUMACHER, M.V.; POGGIANI, F.; SIMÕES, J.W. Transferência de nutrientes das copas para o solo através da deposição de folhedo em povoamentos de Eucalyptus camaldulensis, Eucalyptus grandis e Eucalyptus torelliana, plantados em Anhembi, SP. IPEF, Piracicaba. v. 47, p. 56-61, 1994.

SWITZER, G.L; NELSON, L.E. Nutrient accumulation and cycling in Loblolly Pine (Pinus taeda) plantation ecosystems: The first 20 years. Soil Science Society of America Proccedings, Madison., v. 36, p. 143-147, 1972.

TEDESCO, M.J.; GIANELLO, C.; BISSANI, C.A. et al. Análises de solo, plantas e outros materiais. 2. ed. Porto Alegre: UFRGS. 1995. 174p. (Boletim Técnico, 5).

VAN DEN DRIESSCHE, R. Prediction of mineral status of trees by foliar analysis. The Botanical Review, New York, v.40, p.347-394, 1984.




DOI: https://doi.org/10.5902/19805098494

Licença Creative Commons