Exatidão dos modelos polinomiais não-segmentados e das razões entre volumes para representar o perfil do tronco de Pinus taeda.

Fernando Fischer, José Roberto S. Scolforo, Fausto Weimar Acerbi Júnior, José Márcio de Mello, Romualdo Maestri

Resumo


O presente estudo teve como objetivos avaliar a: 1) exatidão das razões entre volumes compatíveis com sua respectiva função de afilamento; 2) os modelos polinomiais de potência inteira e dos modelos polinomiais de potências fracionárias e inteiras; 3) estudar a influência das classes de diâmetro, da produtividade dos sítios e das diferentes regiões na exatidão dos ajustes para representação do perfil do fuste de Pinus taeda na região nordeste do Paraná. Foram cubadas 304 árvores, utilizando-se do pentaprisma de Wheeler sobre tripé de base regulável com suunto acoplado. Nas proximidades de cada árvore cubada foi lançada uma parcela e medida a altura das árvores dominantes. Pôde-se efetuar assim a classificação de sítio no local de cada cubagem. Os diâmetros das árvores cubadas rigorosamente foram agrupados em classes, em intervalos de 5 cm. Para avaliação da exatidão das estimativas do perfil do fuste, foram utilizadas as seguintes estatísticas: coeficiente de determinação; erro padrão residual; desvio dos diâmetros em cada i-ésima posição no fuste; desvio padrão das diferenças dos diâmetros; soma do quadrado do resíduo relativo e porcentagem dos resíduos dos diâmetros. Verificou-se que o ajuste das equações de afilamento devem ser preferidos por sítio e classe de diâmetro, além da utilização do modelo polinomial de potências fracionárias e inteiras para as estimativas do perfil do fuste.


Palavras-chave


funções de afilamento; perfil do tronco; <i>Pinus taeda.</i>

Texto completo:

PDF

Referências


AMATEIS, R.L.; BURKHART, H.E. Cubic-foot volume equations for loblolly pine trees in cutover site-prepared plantations. Southern Journal of Applied Forestry, Bethesda, v. 11, n. 4, p.190-192, Nov.1987.

ANGELO, H.; CASTRO, L.H.R.; HOSOKAWA, R.T.; et al. Análise de componentes principais e função spline para definir a forma do tronco de Pinus tropicais. Floresta, Curitiba, v.25, n. 1-2, p. 55-67, jun./dez. 1995.

ASSIS, A.L.de. Acuracidade na estimativa de volumes comerciais de Eucalyptus grandis e Eucalyptus urophylla. Lavras: UFLA, 1998. 183p. Monografia.

CAMPOS, J.C.C.; LEITE, H.G.; OLIVEIRA, I.A. Variação da forma do tronco de clones de Eucalyptus, em duas regiões. In: CONGRESSO FLORESTAL BRASILEIRO, 7., CONGRESSO FLORESTAL PANAMERICANO, 1., 1993, Curitiba. Anais... Curitiba: SBS/SBEF, 1993. v.2, p. 559-565.

CAMPOS, J.C.C.; ZUNCONI, J.M.; RIBEIRO, J.C. Teste de um novo modelo para expressar “taper”. In: SEMINÁRIO SOBRE ATUALIDADES E PERSPECTIVAS FLORESTAIS: o uso de funções de forma de tronco em estudos de volumetria de espécies florestais, 5., 1982, Curitiba. Anais... Curitiba: EMBRAPA/ URPFCS, 1982. p. 47-50.

CLUTTER, J.L. Development of taper functions from variable-top merchantable volume equations. Forest Science, Washington , v. 26, n. 1, p.117-120, Mar. 1980.

FERREIRA, S.O. Estudo da forma do fuste de Eucalyptus grandis e Eucalyptus cloeziana. 1999. 132p. (Dissertação - Mestrado em Engenharia Florestal) – Universidade Federal de Lavras, Lavras.

FIGUEIREDO FILHO, A.; BORDERS, B.E.; HITCH, K.L. Taper equations for Pinus taeda plantations in southern Brazil. Forest Ecology and Management, Amsterdam, v. 83, p.36-46, 1996.

FIGUEIREDO FILHO, A.; OLIVEIRA, C.G. de; MOURA, J.B. de et al. Conversão de equações de volume em equações de forma compatíveis para Pinus elliottii. In: CONGRESSO FLORESTAL BRASILEIRO, 7., CONGRESSO FLORESTAL PANAMERICANO, 1., 1993, Curitiba. Anais... Curitiba: SBS/SBEF, v.2, p. 501-503, 1993.

FINGER, C.A.G.; ZANON, M.L.B.; SCHNEIDER, P.R.; et al. Funções de forma para Eucalyptus dunnii Maiden, implantados na depressão central e encosta sudeste do Rio Grande do Sul. Ciência Rural, Santa Maria, v.25, n.3, p. 399-403,1995.

FRIEDL, R.A. Dinâmica da forma dos fustes em povoamentos plantados de Araucária angustifolia (Bert) O. Ktze. 1989. 166p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) – Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria.

FISCHER, F. Eficiência dos modelos polinomiais e das razões de volume na estimativa volumétrica dos sortimentos e do perfil do fuste de Pinus taeda. 1997. 167p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) – Universidade Federal de Lavras, Lavras.

GARCIA, S.R.L.; LEITE, H.G.; YARED, J.A.G. Análise do perfil do tronco de Morototó (Didymopanax morototonü) em função do espaçamento. In: CONGRESSO FLORESTAL BRASILEIRO, 7., CONGRESSO FLORESTAL PANAMERICANO, 1., 1993, Curitiba. Anais... Curitiba: SBS/SBEF, 1993. v.2, p. 504-509.

GUIMARÃES. D.P.; LEITE, H.G. Um novo modelo para descrever o perfil do tronco. Revista Árvore, Viçosa, v. 16, n.2, p.170-180, maio/ago. 1992.

HOJER, A.G. Tallers och granenes tillraxt. Stocklan: Biran till Fr. Loven. Om vara barrskogar. 1903.

HRADETZKY, J. Analyse und interpretation statistisher abränger keiten. (Biometrische Beiträge zu aktuellen forschungs projekten). Baden: Württemberg Mitteilungen der FVA, Helf 76, 1976. 146p. (Abt. Biometric und Informatik, 21).

JORGE, L.A.B.; LARA, H.A. Programa de sortimento de madeira serrada de povoamentos de Pinus elliottii com alternativas de produtos padronizados. In: CONGRESSO FLORESTAL BRASILEIRO, 7., CONGRESSO FLORESTAL PANAMERICANO, 1., 1993, Curitiba. Anais... Curitiba: SBS/SBEF, 1993. v.2, p. 539-544.

LIMA, F.S. Análise de funções “taper” destinadas à avaliação de multiprodutos de árvores de Pinus elliottii. 1986. 70p. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) – Universidade Federal de Viçosa, Viçosa.

PARRESOL, B.R.; HOTVEDT, J.E.; CAO, Q.V. Volume and taper prediction system for bald cypress. Canadian Journal of Forest Research, Otawa, v.17, p.250-259, 1987.

RIOS, M.S. A eficiência das funções polinomiais, da função spline cúbica e razões de volume para representar o perfil da árvore e estimar os sortimentos de Pinus elliottii. 1997. 116 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) – Universidade Federal de Lavras, Lavras.

ROSOT, M.A.D. Estudo comparativo de métodos para avaliação volumétrica por unidade de área em povoamento de Pinus taeda L. 1989. 163p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) – Universidade Federal de Curitiba, Curitiba.

SCHNEIDER, P.R. Forma de tronco e sortimentos para Pinus elliottii Engelm, da floresta nacional de Passo Fundo, Rio Grande do Sul. Acta Forest Brasil, Curitiba, n.1, p. 43-64, 1986.

SCHOEPFER, W. Automatisierung des Massen, Sorten und Wertberechnung stenender Waldbestande Schriftenreihe Bad. [S.l.]: Wurtt-Forstl., 1966. n.p.

SCOLFORO, J.R.S. Modelo de prognose com simulador de desbaste para Pinus taeda e Pinus elliottii. Lavras: UFLA/FAEPE, 1997. 75p.

SCOLFORO, J.R.S.; RIOS, M.S.; OLIVEIRA, A.D. et al. Acuracidade de equações de afilamento para representar o perfil do fuste de Pinus elliottii. Revista Cerne, Lavras, v.4, n.1, p. 100-122, 1998.

SOARES, J.B. Otimização do sortimento de produtos florestais a partir de funções de distribuição diamétrica e funções de forma. 1993. 105p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) – Universidade Federal de Viçosa, Viçosa.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/19805098503

Licença Creative Commons