EFEITO DA CARBONIZAÇÃO DA MADEIRA NA ESTRUTURA ANATÔMICA E DENSIDADE DO CARVÃO VEGETAL DE Eucalyptus

Bárbara Luísa Corradi Pereira, Ana Márcia Macedo Ladeira Carvalho, Aylson Costa Oliveira, Larissa Carvalho Santos, Angélica de Cássia Oliveira Carneiro, Mateus Alves de Magalhães

Resumo


O presente trabalho objetivou avaliar as modificações anatômicas que ocorrem com a carbonização da madeira e determinar as propriedades anatômicas, densidade básica da madeira e densidade aparente do carvão vegetal de clones de Eucalyptus, além de elucidar as possíveis correlações significativas existentes. A microscopia eletrônica de varredura foi efetuada nas seções transversal, longitudinal tangencial e longitudinal radial da madeira e do carvão vegetal. Neste, foi feita a análise morfológica dos poros e densidade aparente. De uma forma geral, as características anatômicas como forma de poros, raios e fibras da madeira apresentaram pouca ou nenhuma modificação devido à carbonização, e a superfície do carvão apresentou estruturas bem definidas. As modificações nos elementos celulares da madeira foram principalmente referentes aos parâmetros quantitativos, como espessura da parede das fibras e diâmetro dos poros. Os clones avaliados apresentaram densidade básica da madeira satisfatória para a produção de carvão vegetal. Os parâmetros anatômicos correlacionaram-se significativamente com a densidade básica da madeira e densidade aparente do carvão vegetal, destacando-se, neste estudo, a fração parede das fibras.


Palavras-chave


microscopia eletrônica de varredura; anatomia da madeira; carbonização; alterações microscópicas.

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, I. C. N. et al. Caracterização tecnológica da madeira de Eucalyptus benthamii para produção de celulose Kraft. Ciência Florestal, v. 21, n. 1, p. 167-174, jan./mar. 2011.

ARANTES, M. D. C. Variação nas características da madeira e do carvão de um clone de Eucalyptusgrandis W. Hill exMaiden x Eucalyptusurophylla S. T. Blake. 2009. 149 f. Tese (Doutorado) – Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2009.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 11941: Madeira: determinação da densidade básica. Rio de Janeiro, 2003. 6 p.

BARRICHELO, L. E. G.; BRITO, J. O. Madeira de Eucalyptus como matéria prima para indústria de celulose e papel. PRODEPEF, v. 13, p. 145, 1976.

BRITO, J. O. Reflexões sobre a qualidade do carvão vegetal para uso siderúrgico. IPEF, Piracicaba, Circular Técnica, n. 181, 1993.

CASTRO, A. F. N. M. Efeito da idade e de materiais genéticos de Eucalyptus sp. na madeira e carvão vegetal. 2011. 97 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2011.

DADSWELL, H. E. The anatomy of Eucalypt wood. CSIRO Forest Products Laboratory, Melbourne, n. 66, p. 1-28, 1972.

ESAU, K. Anatomia das plantas com sementes. São Paulo: Edgard Blucher, 1974. 293 p.

EVANGELISTA, W. V. Caracterização da madeira de clones de Eucalyptus camaldulensis Dehnh. e Eucalyptus urophylla S.T. Blake, oriunda de consórcio agrossilvipastoril. 2007. 120 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2007.

FOELKEL, C. E. B.; BARRICHELO, L. E. G.; MILANEZ, A. F. Estudo comparativo das madeiras de E. saligna, E. paniculata, E. citriodora, E. maculatae E. tereticornis para produção de celulose sulfato. IPEF, Piracicaba, n. 10, p. 17-37, 1975.

GONÇALVES, T. A. P. Anatomia do Lenho e do Carvão de Espécies Arbóreas do Cerrado no Estado de São Paulo, Brasil. 2010. Dissertação (Mestrado) - Faculdade de Ciências Agronômicas da UNESP, Botucatu, 2010.

IAWA COMMITTEE. List of microscopic features for hardwood identification. IAWA Bulletin, Leuven, v. 10, n. 2, p. 219-332, 1989.

KIM, N.; HANNA, B. R. Morphological characteristics of Quercus variabilis charcoal prepared at different temperatures. Wood Science and Technology, n. 40, p. 392–401, 2006.

KWON, S.; KIM, N.; CHA, D. An investigation on the transition characteristics of the wood cell walls during carbonization. Wood Science and Technology, n. 43, p. 487-498, 2009.

LIMA, I. L. et al. Dimensões anatômicas da madeira de Tectona grandis Linn. em função do espaçamento e da posição radial do tronco. Scientia Forestalis, Piracicaba, v. 39, n. 89, p. 61-68, mar. 2011.

OLIVEIRA, A. C. et al. Parâmetros de qualidade da madeira e do carvão vegetal de Eucalyptus pellita F. Muell. Scientia Forestalis, Piracicaba, v. 38, n. 87, p. 431-439, 2010.

OLIVEIRA, E. Correlações entre parâmetros de qualidade da madeira e do carvão de Eucalyptusgrandis (W. Hill exMaiden). 1988. 47 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 1988.

PANSHIN, A. J.; DE ZEEUW, C. Textbook of wood technology. 4th ed. New York: Mc-Graw Hill, 1980. 722 p.

PAULA, J. E. Caracterização anatômica da madeira de espécies nativas do cerrado, visando sua utilização na produção de energia. Cerne, Lavras, v. 11, n. 1, p. 90-100, 2005.

PIMENTA, A. S; BARCELLOS, D. C. Curso de atualização e carvão vegetal. Centro de Produções técnicas – CPT. Viçosa: Universidade Federal de Viçosa, 2000.

RUY, O. F. Variação da qualidade da madeira em clones de Eucalyptus urophylla S. T. Blake da Ilha de Flores, Indonésia. Piracicaba, 1998. 69 f. Dissertação (Mestrado) - Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”. Universidade de São Paulo, Piracicaba, 1998.

SANTOS, M. A. S. Parâmetros de qualidade do carvão vegetal para uso em alto-forno. In: FÓRUM NACIONAL SOBRE CARVÃO VEGETAL, 1., 2008, Belo Horizonte. Anais... Belo Horizonte: UFMG, 2008.

SANTOS, R. C. et al. Correlações entre os parâmetros de qualidade da madeira e do carvão vegetal de clones de eucalipto. Scientia Forestalis, Piracicaba, v. 39, n. 90, p. 221-230, jun. 2011.

SHIMOYAMA, V. R. Variações da densidade básica e características anatômicas e químicas da madeira em Eucalyptus spp. 1990. 93 f. Dissertação (Mestrado) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Universidade de São Paulo, Piracicaba, 1990.

STATSOFT. Statistica data analysis system version 8.0. Tulsa: Statsoft, 2007.

THÉRY-PARISOT, I. Économie des combustible sau Paléo lithique. Paris: CNRS, 2001. 195 p.

TRUGILHO, P. F. et al. Avaliação de clones de Eucalyptus para a produção de carvão vegetal. Revista Cerne, Lavras, v. 7, n. 2, p. 114-201, jul./dez. 2001.

VITAL, B. R. Métodos de determinação da densidade da madeira, Viçosa: Sociedade de Investigações Florestais, 1984. 21 p.




DOI: https://doi.org/10.5902/1980509822755

Licença Creative Commons