SACRIFÍCIO DE ANIMAIS EM CERIMÔNIAS RELIGIOSAS NA PAUTA DO STF: DIREITO À LIBERDADE RELIGIOSA SOBREPOSTO AO DIREITO À VIDA ANIMAL NÃO HUMANA

Laura Cecília Fagundes dos Santos Braz, Helena Maria Fagundes dos Santos Mota Braz, Tagore Trajano de Almeida Silva

Resumo


O presente artigo destaca a relação entre humanos e animais não humanos, visando a discutir, indiretamente, o secular processo de coisificação animal e, diretamente, o sacrifício de animais em cerimônias religiosas de matriz africana face à regra proibitiva de crueldade contra os animais do art. 225, §1º, VII da CF/88. Nesse sentido, analisa-se o recente julgamento no Supremo Tribunal Federal – STF que culminou no reconhecimento da constitucionalidade do referido sacrifício, caracterizando-se a temática como uma das questões mais complexas e relevantes para tutela dos direitos dos animais no Brasil. Pretende-se, a partir da regra constitucional citada, abordar criticamente o julgamento do Recurso Extraordinário n. 494601 e demonstrar que o seu resultado reflete o pouco amadurecimento do STF para discutir o conflito entre o direito à liberdade religiosa e o direito à vida animal, ambos fundamentais. A metodologia utilizada envolveu a técnica de pesquisa revisão bibliográfica, consulta à legislação e doutrina especializada nacionais, e análise de precedentes judiciais provenientes do STF com temática semelhante à presente.


Palavras-chave


Constituição Federal; Direitos dos animais; Rituais religiosos; Sacrifício animal; STF.

Texto completo:

PDF

Referências


A identidade negra e as correntes neopentecostais são incompatíveis? Diálogos da Fé. In: Carta Capital. 04 mai. 2018. Disponível em: https://www.cartacapital.com.br/blogs/dialogos-da-fe/a-identidade-negra-e-os-neopentecostais-sao-incompativeis/. Acesso em: 30 ago. 2019.

ARENDT, Hannah. As origens do totalitarismo. Tradução Roberto Raposo. São Paulo: Companhia das Letras, 1989.

BAUMAN, Zygmunt. O mal-estar da pós-modernidade. Tradução Mauro Gama, Cláudia Martinelli Gama. Revisão Técnica Luís Carlos Fridman. Rio de Janeiro: Zathar, 1998.

BOBBIO, Norberto. [et.al]. Dicionário de política, v. 1, 12ª. ed. Trad. João Ferreira. Brasília: Unb, 2004.

BRASIL. Congresso Nacional. Câmara dos Deputados. Projeto de Lei nº 4331/2012. Acrescenta o inciso IV ao § 1º do Art. 29 da Lei nº 9.605 de 12 de fevereiro de 1998 e dá outras providências. Disponível em: http://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?

idProposicao=553718 . Acesso em: 25 ago. 2019.

BRASIL. Constituição Federal. Brasília: Senado Federal, 1988. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicaocompilado.htm . Acesso em: 25 ago. 2019.

BRASIL. Lei nº 11.915 de 21 de maio de 2003. Institui o Código Estadual de Proteção aos Animais, no âmbito do Estado do Rio Grande do Sul. In: Diário Oficial Estadual, Rio Grande do Sul, RS, 22 de maio. 2003. Disponível em: http://lproweb.procempa.com.br/pmpa/prefpoa/seda/usu_doc/lei_estadual_11.915.pdf. Acesso em: 25 ago. 2019.

BRASIL. Lei nº 12.131 de 22 de julho de 2004. Acrescenta parágrafo único ao artigo 2º da Lei nº 11.915, de 21 de maio de 2003, que institui o Código Estadual de Proteção aos Animais, no âmbito do Estado do Rio Grande do Sul. In: Diário Oficial Estadual, Rio Grande do Sul, RS, 23 de jul. 2004. Disponível em: http://www.al.rs.gov.br/filerepository/repLegis/arquivos/12.131.pdf . Acesso em: 25 ago. 2019.

BRASIL. Supremo Tribunal Federal. Acórdão de decisão que deu provimento à ADI contra a Lei nº 7.380/98, do Estado do Rio Grande do Norte. Ação direta nº 3776 RN. Procurador-Geral da República. Relator: Ministro Cezar Peluso. 14 de junho de 2007. Disponível em: http://redir.stf.jus.br/paginadorpub/paginador.jsp?docTP=AC&docID=469712. Acesso em: 25 ago. 2019.

CARVALHO FILHO, José dos Santos. Crueldade com animais: retrocesso da EC 96/2017. In: Gen Jurídico. 07 ago. 2017. Disponível em: http://genjuridico.com.br/2017/08/07/crueldade-com-animais-retrocesso-da-e-c-no-962017/. Acesso em: 10 set. 2019.

CASSUTO, David Nathan. Sacrifício de animais e a primeira emenda: o caso da igreja Lukumi Babalu Aye. Revista Brasileira de Direito Animal, v. 10, nº 19, p. 15-64, mai./ago.2015, DOI: 10.9771/rbda.v10i19.14376. Salvador: Instituto do Abolicionismo Animal, 2015.

CASTRO, Raimundo de Araújo. Nova constituição brasileira. Rio de Janeiro: Livraria Editora Freitas Bastos, 1935.

DECKHA, Maneesha. Ensinando ética pós-humanista na faculdade de direito: as dimensões de gênero, cultura e raça na resistência dos estudantes. Revista Brasileira de Direito Animal, v. 9. n. 15, DOI: 10.9771/rbda.v9i15.11306. Salvador: Instituto do Abolicionismo Animal, 2014.

DIAS, Edna Cardozo. A tutela jurídica dos animais. Belo Horizonte: Mandamentos, 2000.

FLORES, Joaquín Herrera. Os direitos humanos no contexto da globalização: três precisões conceituais. In: Revista Lugar Comum, nº 25-26, p. 39-71, 2008.

FLORES, Joaquín Herrera. Introdução dos direitos animais. trad. Regina Rheda. Campinas: Unicamp, 2013.

GORDILHO, Heron José de Santana. Abolicionismo animal. Salvador: Evolução, 2008.

GORDILHO, Heron José de Santana. Princípios e regras de soft law: novas fontes de direito internacional ambiental. Revista Brasileira de Direito Ambiental. ISSN 1807- 9962. São Paulo, 2005.

HABERMAS, Jürgen. O futuro da natureza humana: a caminho de uma eugenia liberal? trad. Karina Jannini. Revisão da tradução Eurides Avance de Souza. 2. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2010.

KANT, Immanuel. Fundamentação da metafísica dos costumes. trad. A. Pinto de Carvalho. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1964.

KELSEN, Hans. Teoria geral do direito e do estado. 3. ed. trad. Luis Carlos Borges. São Paulo: Martins Fontes, 1998.

KRELL, Andreas Joachim; LIMA, Marcos Vinícius Cavalcante. A vedação constitucional de práticas cruéis contra animais e a correta interpretação das normas legais sobre vivissecção pelas comissões de ética no uso de animais. Revista Brasileira de Direito Animal, v. 10, n. 19, 2015, p. 113-153.

KUHN, Thomas S. A estrutura das revoluções científicas. trad. Beatriz Vianna Doeira e Nelson Boeira. 9. ed. São Paulo: Perspectiva, 2006.

KUHN, Thomas S. A revolução copernicana: A astronomia planetária no desenvolvimento do

pensamento ocidental. Lisboa: Edições 70, 1980.

KUHN, Thomas S. A estrutura das revoluções científicas. trad. Beatriz Vianna Boeira e Nelson Boeira. 9. ed. São Paulo: Perspectiva, 2003.

LEVAI, Laerte Fernando. Crueldade consentida: crítica à razão antropocêntrica. Revista Brasileira de Direito Animal, v. 1, n. 1, p. 171-190, jan./dez.2006. Salvador: Instituto de Abolicionismo Animal, 2006.

LOURENÇO, Daniel Braga. A liberdade de culto e o direito dos animais (parte 2). In: Revista Brasileira de Direito Animal, v. 2, n. 3. Salvador: Instituto do Abolicionismo Animal, 2007.

LOURENÇO, Daniel Braga; OLIVEIRA, Fábio Corrêa Souza de. Vedação da crueldade contra animais: regra ou princípio constitucional?. In: Revista de direitos fundamentais e democracia, v. 24, n. 2, p. 222-252, maio/ago. 2019. Disponível em: http://revistaeletronicardfd.unibrasil.com.br/index.php/rdfd/article/view/1294. Acesso em: 30 ago. 2019.

OLIVA, Liana Brandão de. Direito dos animais e liberdade religiosa: uma ponderação de direitos fundamentais frente ao sacrifício animal no candomblé. 2013. 147f. Dissertação – Universidade Federal da Bahia. Salvador, 2013.

OST, François. A natureza à margem da lei. trad. Joana Chaves. Lisboa: Instituto Piaget, 1998.

Pleno – Lei gaúcha que permite sacrifício de animais em rituais religiosos é constitucional. 29 mar. 2019. STF – Supremo Tribunal Federal. In: YouTube. Disponível em: https://youtu.be/f2bqJHYecmQ. Acesso em: 01 set. 2019.

Pleno – Suspenso julgamento sobre sacrifício de animais em rituais religiosos (1/2). 10 ago. 2018. STF – Supremo Tribunal Federal. In: YouTube. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=I93qKI3Yzro. Acesso em: 01 set. 2019.

Pleno – Suspenso julgamento sobre sacrifício de animais em rituais religiosos (2/2). 08 ago. 2018. STF – Supremo Tribunal Federal. In: YouTube. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=I93qKI3Yzro. Acesso em: 01 set. 2019.

REBOUÇAS, Gabriela Maia. Tramas entre subjetividades e direito: a constituição do sujeito em Michel Foucault e os sistemas de resolução de conflitos. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2012.

REGAN, Tom. Jaulas vazias: encarando o desafio dos direitos dos animais. Porto Alegre: Lugano, 2006.

ROBERT, Yannick Yves Andrade; PLASTINO, Carlos Alberto; LEITE, Fábio Carvalho. Sacrifício de animais em rituais de religiões de matriz africanas. Disponível em: http://www.puc-rio.br/pibic/relatorio_resumo2008/relatorios/ccs/dir/yannick_yves_andrade_robert.pdf. Acesso em: 07 set. 2019.

ROUSSEAU, Jean-Jacques. Discurso sobre a origem e os fundamentos da desigualdade entre os homens. Editora Universidade de Brasília. Brasília/DF. São Paulo: Ática, 1989.

SILVA, Tagore Trajano de Almeida. Direito animal e os paradigmas de Thomas Kuhn: reforma ou revolução científica na teoria do direito? Revista Brasileira de Direito Animal, v. 2, n. 3, p. 239-269, jul./dez.2007. Salvador: Instituto do Abolicionismo Animal, 2007.

SILVA, Tagore Trajano de Almeida. Direito animal & ensino jurídico: formação e autonomia de um saber pós-humanista. Salvador: Evolução, 2014.

SINGER, Peter. Ética prática. Trad. Jefferson Luiz Camargo. 3. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2002.

VIDA, Samuel Santana. Sacrifício animal em rituais religiosos liberdade de culto versus direito animal (parte 1). Revista Brasileira de Direito Animal, v. 2, n. 2. Salvador: Instituto do Abolicionismo Animal, 2007.

WEINGARTNER NETO, Jayme. Liberdade religiosa na Constituição: fundamentalismo, pluralismo, crenças, cultos. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2007.




DOI: https://doi.org/10.5902/1981369432093

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 Revista Eletrônica do Curso de Direito da UFSM

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

REVISTA ELETRÔNICA DO CURSO DE DIREITO DA UFSM - Qualis A1

RECDUFSM  /  ISSN 1981-3694   /  Digital Object Identifier (DOI): 10.5902/19813694  http://periodicos.ufsm.br/revistadireito

Revista Qualis A1 área de Direito /  Classificações de Periódicos Quadriênio 2013-2016 (CAPES)