DIREITOS POLÍTICOS DE ESTRANGEIROS RESIDENTES NO BRASIL: CRÍTICA DOS PROJETOS LEGISLATIVOS NO CONTEXTO MIGRATÓRIO DA AMÉRICA LATINA

Luiz Ismael Pereira, Camilo Onoda Caldas

Resumo


O presente artigo tem como objetivo geral analisar as recentes Propostas de Emenda Constitucional (PEC’s) brasileiras voltadas a ampliar os direitos políticos dos estrangeiros residentes no Brasil. Parte-se das categorias tradicionais da Teoria Geral do Estado e da Ciência Política, bem como os fluxos migratórios de países da América Latina em direção ao território brasileiro, a partir de 1980, dentro de um contexto de transformação econômica – transição do regime de acumulação fordista para pós-fordista – e de marginalização de grupos sociais, dentre eles os imigrantes. O problema de pesquisa está relacionado à possibilidade e forma de concessão de voto ao estrangeiro no país. O tema é relevante devido ao aumento do fluxo migratório para o país, em especial de refugiados, analisado a partir de uma teoria materialista do Estado. Percebe-se que, com a redemocratização, diversas PEC’s apresentadas com a finalidade de ampliar os direitos políticos de estrangeiros em território brasileiro, algumas, ainda, em tramitação. Conclui-se que há diversas divergências com um potencial de avanço em relação aos direitos políticos do estrangeiro no Brasil, embora haja entraves políticos.


Palavras-chave


Direitos fundamentais; sufrágio; Imigração; América Latina; Estrangeiros no Brasil

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, Silvio Luiz de. Racismo. Enciclopédia Jurídica. Disponível em: https://enciclopediajuridica.pucsp.br/verbete/92/edicao-1/racismo. Acesso em: 09 abr. 2017.

ARANTES, José Tadeu. Imigrantes: as brechas para o acolhimento. Disponível em: http://agencia.fapesp.br/imigrantes_as_brechas_para_o_acolhimento/21466/. Acesso em: 09 abr. 2017.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ANTROPOLOGIA. Análise crítica sobre o PL 2516/14. Disponível: https://jornalggn.com.br/sites/default/files/documentos/analise_critica_do_pl2516_comite_migracoes_e_deslocamentos_da_aba1_co_pia_1.pdf. Acesso em: 09 abr. 2017.

BERCOVICI, Gilberto. O estado de exceção econômico e a periferia do capitalismo. Pensar, Fortaleza, v. 11, fev. 2006.

BOBBIO, Norberto. Existe uma ciência política marxista? In: ARAÚJO, Braz José; FIGUEIREDO, Eurico de Lima (org.). O marxismo e o Estado. Trad. Federica L. Boccardo e Rennée Levie. Rio de Janeiro: Graal, 1979.

BRASIL. Câmara dos Deputados. Proposta de Emenda Constitucional nº 61/1999. Dá nova redação aos §§ 2º e 3º do artigo 14 da Constituição Federal (concede cidadania ativa e passiva ao estrangeiro, restrita a nível municipal). Disponível em: https://www25.senado.leg.br/web/atividade/materias/-/materia/40987. Acesso em 10 abr. 2017.

BRASIL. Câmara dos Deputados. Proposta de Emenda Constitucional nº 347/2013. Permite que os estrangeiros residentes em território brasileiro por mais de quatro anos e legalmente regularizados alistem-se como eleitores. Disponível em: http://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=599448. Acesso em 10 abr. 2017.

BRASIL. Código Civil, Lei federal nº 10.406, de 10 de janeiro de 2002. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2017/lei/L13445.htm Acesso em: 10 abr. 2017.

BRASIL. Estatuto do estrangeiro, Lei federal nº 6.815, de 19 de agosto de 1980. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L6815.htm. Acesso em: 10 abr. 2017.

BRASIL. Lei federal nº 7.716, 5 de janeiro de 1989. Define os crimes resultantes de preconceito de raça ou de cor. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L7716.htm. Acesso em: 10 abr. 2017.

CAMPOS, Gustavo Barretos de. Dois séculos de imigração no Brasil: A construção da imagem e papel social dos estrangeiros pela imprensa entre 1808 e 2015. Tese (Doutorado em Comunicação e Cultura), Rio de Janeiro, Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2015. Disponível em: http://midiacidada.org/img/tese_final_GBC_final.pdf. Acesso em: 09 abr. 2017.

FEDERICO, Vitor. Bolsonaro vê imigrantes como “ameaça” e chama refugiados de “a escória do mundo”. Disponível em: http://www.jornalopcao.com.br/ultimas-noticias/bolsonaro-ve-imigrantes-como-ameaca-e-chama-refugiados-de-a-escoria-do-mundo-46043/. Acesso em: 09 abr. 2017.

FILGUEIRAS, Isabel. Movimento da extrema direita pede que Temer vete nova lei. Disponível em: http://www.opovo.com.br/jornal/politica/2017/04/movimento-da-extrema-direita-pede-que-temer-vete-nova-lei.html. Acesso em: 09 abr. 2017.

HAUDUK, Ron; WUCKER, Michele. Immigrant Voting Rights Receive More Attention. Migration Policy Institute. Disponível em: http://www.migrationpolicy.org/article/immigrant-voting-rights-receive-more-attention. Acesso em: 10 abr. 2017.

HERRERA FLORES, JoaquÍn. A (re)invenção dos direitos humanos. Florianópolis: Fundação Boiteux, 2009.

HOLLOWAY, John. Global capital and the National State. Capital & Class, NY, New York University, 1994, 18:23, p. 31. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1177/030981689405200103. Acesso em 30 nov. 2018.

JINKINGS, Ivana; DORIA, Kim; CLETO Murilo; SINGER, André. Por que gritamos golpe?: para entender o impeachment e a crise política no Brasil. São Paulo: Boitempo, 2016.

MASCARO, Alysson Leandro. Estado e forma política. São Paulo, Boitempo, 2013.

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA. Brasil tem quase 9 mil refugiados de 79 nacionalidades. Disponível em: http://www.justica.gov.br/noticias/brasil-tem-quase-9-mil-refugiados-de-79-nacionalidades-1. Acesso em: 09 abr. 2017.

OLIVEIRA, André de. Xenofobia, bomba e detenções: 24 horas tensas após ato contra lei de migração. Disponível em: http://brasil.elpais.com/brasil/2017/05/04/politica/1493859671_902222.html. Acesso em: 09 abr. 2017.

PORTAL BRASIL. Número de trabalhadores imigrantes no País cresceu 131%. Disponível em: http://www.brasil.gov.br/economia-e-emprego/2016/12/numero-de-trabalhadores-imigrantes-no-pais-cresceu-131. Acesso em: 09 abr. 2017.

SILVA, Alexandre Pereira da. O novo pleito brasileiro no mar: a plataforma continental estendida e o projeto Amazônia Azul. Revista Brasileira de Política Internacional, v. 56, n. 1, 2013, p. 117. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0034-73292013000100006. Acesso em 30 nov. 2018.

SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL. ADC 19: dispositivos da Lei Maria da Penha são constitucionais. Disponível em: http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=199845. Acesso em: 09 abr. 2017.

URUGUAI. Constitución de la republica, de 16 de diciembre de 1951. Disponível em: http://www.pgdlisboa.pt/leis/lei_mostra_articulado.php?nid=2160&tabela=leis. Acesso em: 01 abr 2017

VELASCO, Clara; MANTOVANI, Flávia. Em 10 anos, número de imigrantes aumenta 160% no Brasil, diz PF: Só em 2015, quase 120 mil estrangeiros deram entrada no país. Haitianos lideram o ranking atual, seguidos pelos bolivianos. Disponível em: http://g1.globo.com/mundo/noticia/2016/06/em-10-anos-numero-de-imigrantes-aumenta-160-no-brasil-diz-pf.html. Acesso em 06 abr. 2017.

WOLKMER, Maria de Fátima S. Cidadania cosmopolita, ética intercultural e globalização neoliberal. Revista Sequência. Nº 46, jul. 2013, p. 37. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/sequencia/article/view/15290. Acesso em: 30 ago. 2018.




DOI: https://doi.org/10.5902/1981369430115

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Revista Eletrônica do Curso de Direito da UFSM

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

REVISTA ELETRÔNICA DO CURSO DE DIREITO DA UFSM - Qualis A1

RECDUFSM  /  ISSN 1981-3694   /  Digital Object Identifier (DOI): 10.5902/19813694  http://periodicos.ufsm.br/revistadireito

Revista Qualis A1 área de Direito /  Classificações de Periódicos Quadriênio 2013-2016 (CAPES)