Iconofotologia: entre o lógos poético, o eikón e a techné fotográfica

Jack Brandão

Resumo


Este artigo propõe uma nova abordagem para a leitura de textos de períodos extemporâneos. Para isso, foi necessário criar novos termos que correspondessem a essa expectativa: iconofotologia e poemas fotográficos. Para um leitor contemporâneo ler e compreender textos retóricos dos séculos XVI, XVII e XVIII, ele teria que ter acesso a chaves sígnicas às quais só seus leitores tinham acesso: iconologias. No entanto, essa referência foi perdida, então a substituímos por outra, baseada no acervo de imagens fotográficas que temos hoje e que chamamos de iconofotológica. A partir disso, será possível ler, do ponto de vista contemporâneo (não de um ponto de vista do século XVII, por exemplo), poemas que chamamos de fotográficos.

Palavras-chave


Iconofotologia; Poema fotográfico; Poesia; Fotografia; Iconologia

Texto completo:

PDF (English)

Referências


ALMEIDA, J. Entre texto e imagem: título e quadro. Alceu, Rio de Janeiro, v. 6, n. 12, p. 88-98, jan./jun. 2006. Disponível em: http://revistaalceu.com.puc-rio.br/media/alceu_n12_Almeida.pdf. Acesso em: 1 abr. 2019.

BARTHES. R. Camera Lucida: Reflections on Photography. New York: Hill & Wang, 1982.

BERGSON, H. Matéria e memória. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

BONFIGLIOLI, C. P. Representação e pensamento: a visibilidade dependente. In: ENCONTRO DA COMPÓS, 17., 2008, São Paulo. Anais... São Paulo: Compós, 2008. Disponível em: http://www.compos.org.br/data/biblioteca_296.pdf. Acesso em: 7 abr. 2019.

BRANDÃO, J. A questão da imagem. Eikón, eidolon e imago: objetos de poder. In: ______ (Org.). Imagem: reflexo do mundo e do homem? Questões acerca de iconologia… EmbuGuaçu: Lumen et Virtus, 2017. p. 19-67.

CHANGEUX, J. P. Razão e prazer: do cérebro ao artista. Lisboa: Instituto Piaget, 1997.

DUBOIS, J. et al. Retórica geral. São Paulo: Cultrix-Edusp, 1974.

DUBOIS, J. et al. Retórica da poesia: leitura linear, leitura tabular. São Paulo: Cultrix - Edusp, 1980.

FLEMMING, W. Deutsche Kultur im Zeitalter des Barock. Potsdam: Akademische Verlagsgesellschaf te Athenaion, 1937.

FLUSSER, V. Towards a Philosophy of Photography. London: Reaktion Books, 2006.

GUIMARÃES, C. Imagens da memória: entre o legível e o visível. Belo Horizonte: Fale/UFMG, 1997.

HOMER. Ilíada. Tradução de Carlos Alberto Nunes. São Paulo: Hedra, 2011

LEVIN, S. Estruturas linguísticas em poesia. São Paulo: Cultrix, 1975.

MARAVALL, J. A. A cultura do Barroco: análise de uma estrutura histórica. São Paulo: Edusp, 1997.

PANOFSKY, E. Significado nas artes visuais. São Paulo: Perspectiva, 2004.

PAZ, O. Signos em rotação. São Paulo: Perspectiva, 2005.

SONTAG, S. On photograph. New York: RosettaBooks, 2005.

VIRGIL, P. M. The Aeneid. Translated by Robert Fagles. New York: Penguin, 2006.




DOI: https://doi.org/10.5902/1983734838906

 
 
 
DOI: Digital Object Identifier 10.5902/19837348

Qualis B1

Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 4.0 (CC BY 4.0).

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 (CC BY 4.0).

Acessos a partir de 17/09/2015

CopySpider - Software Anti-plagio