GERENCIAMENTO DOS RESIDUOS DE SERVIÇOS DE SAÚDE EM NATAL/RN: RELEITURA DE DIAGNÓSTICOS PRETÉRITOS‏

Carlos Enrique Jeronimo, Ana Ruthinara Arantes

Resumo


http://dx.doi.org/10.5902/223613087652

A problemática com a temática resíduos sólidos é freqüente nas principais pesquisas científicas da área ambiental, entretanto, tal tema sob o ponto de vista legal só teve fortes impulsionamentos com a publicação de resoluções do CONAMA, já datadas no século XXI e pela publicação recente da política nacional de resíduos sólidos. No tocante as questões dos resíduos de serviços de saúde o quadro é ainda mais grave, visto as fortes dificuldades de políticas públicas adequadas e de orçamento para fazer valer os aspectos normativos. Diante desse quadro, o presente estudo busca realizar uma releitura de um diagnóstico realizado em instalações de serviços de saúde, realizada em 1999, cujo parecer apontava para inúmeras anomalias e sérios riscos ambientais e a saúde publica. Nesse contexto, foram aplicados questionários nos mesmos estabelecimentos visitados e comparados os cenários. Com base nos resultados obtidos foi possível avaliar que a introdução de novas legislações não evidenciou avanços nos quadros diagnosticados anteriormente.

Palavras-chave


Resíduos Sólidos. Serviços de Saúde. Gerenciamento. Destinação Final

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/223613087652

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.