PRÁTICAS AMBIENTAIS E MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA DOS CATADORES DA VILA MARINGÁ EM SANTA MARIA, RS

Beatriz Pagnossin, Jorge Orlando Cuellar Noguera

Resumo


O presente artigo, resultado da monografia intitulada “Práticas Ambientais e Melhoria da Qualidade de Vida dos Catadores da Vila Maringá em Santa Maria, RS”, marcada pela degradação socioambiental, em que vários catadores percorrem longas distâncias para procurar, com seu trabalho, o sustento de suas famílias. Embora seu trabalho seja benéfico para meio ambiente, não têm a consciência de cuidar do meio. O trabalho inicialmente foi desenvolvido em uma fase exploratória, determinado por visitas e aproximação com a realidade socioambiental, e o conhecimento dos problemas para a aplicação de ações ambientais. Assim, teve o objetivo de sensibilizar e conscientizar as pessoas através da Educação Ambiental na qual, por meio de uma nova percepção e mudança de atitudes. Buscou-se ensinar a cuidar do ambiente, do lugar onde moram. O trabalho se deu de interdisciplinar e holística, através de filmes de motivação, palestra sobre violência, curso de artesanato, construção de horta familiar e comunitária e caminhada ambiental. Os resultados foram visíveis, como a mudança de valores, amor a vida em todas suas dimensões e principalmente a confiança a confiança, adesão, responsabilidade, autonomia, auto-estima, interesse, motivação e atividades que favorecem o aumento na renda familiar.

 


Palavras-chave


Environmental Actions. Social Vulnerability. Conscientization

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/223613082767

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.