Competências e habilidades para a Filosofia na escola: correlações entre os Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino Médio e a proposta lipmaniana de Filosofia para Crianças

José Edson Ferreira da Silva, Patrícia Del Nero Velasco

Resumo


O presente artigo tem como objetivo mostrar que, em alguma medida, os conhecimentos de Filosofia preconizados nos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN) para o Ensino Médio estão, igualmente, presentes no Programa Filosofia para Crianças – Educação para o Pensar, de Matthew Lipman. Pretende-se, para tanto, apresentar brevemente cada uma das competências e habilidades atribuídas à Filosofia como disciplina nos PCN, correlacionando-as com passagens de obras lipmanianas. Em tempos em que a presença da Filosofia na escola e nas demais esferas da vida é continuamente aviltada, as linhas que compõem este texto constituem-se como um módico aporte para pensarmos: por que furtar crianças e adolescentes de um ensino dialógico, significativo, contextualizado, crítico e que pretende fomentar a autonomia do pensar?


Palavras-chave


Competências e Habilidades; Filosofia; Parâmetros Curriculares Nacionais; Lipman; Programa Filosofia para Crianças

Texto completo:

PDF HTML

Referências


BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: introdução aos parâmetros curriculares nacionais. Brasília: MEC/SEF, 1997.

BRASIL. Ministério da Educação. Parâmetros Curriculares Nacionais – Ensino Médio – Ciências Humanas e suas Tecnologias. Brasília: MEC/SEMT, 1999.

BRASIL. Ministério da Educação. Parâmetros Curriculares Nacionais – Ensino Médio – Bases Legais. Brasília: MEC/SEMT, 2000.

CATALANI, Cesar; VELASCO, Patrícia Del Nero. A maiêutica socrática e o professor lipmaniano: uma relação possível? Revista Sul-Americana de Filosofia e Educação, v.22, p.2 - 23, 2014.

DANIEL, Marie-France. A filosofia e as crianças. Tradução de Luciano Vieira Machado. São Paulo: Nova Alexandria, 2000.

GRÁCIO, Rui Alexandre. Com que é que se parece uma argumentação? Representações sociais do argumentar. Comunicação e Sociedade, vol. 16, 2009, pp. 101-122.

KOHAN, Walter O. Filosofia para crianças. Rio de Janeiro: Lamparina, 2008.

KOHAN, Walter O. Fundamentos para compreender e pensar a tentativa de M. Lipman. In: KOHAN, W. O.; WUENSCH, A. M. (Org.). Filosofia para Crianças: a tentativa pioneira de Matthew Lipman. Petrópolis, RJ: Vozes, 1998. – (Série Filosofia na Escola)

LIPMAN, Matthew. Pimpa. Tradução de Sylvia J. H. Mandel. São Paulo: Centro Brasileiro de Filosofia para Crianças, 1985.

LIPMAN, Matthew. A descoberta de Ari dos Telles. Tradução de Ana Luiza F. Falconi e Maria Elice de B. Prestes. São Paulo: Centro Brasileiro de Filosofia para Crianças, 1987a.

LIPMAN, Matthew. Issao e Guga. Tradução de Sylvia J. H. Mandel. São Paulo: Centro Brasileiro de Filosofia para Crianças, 1987b.

LIPMAN, Matthew. A filosofia vai à escola. Tradução de Maria Elice de Brzezinski Preste e Lucia Maria Silva Kremer. São Paulo: Summus, 1990.

LIPMAN, Matthew. O pensar na educação. Tradução de Annn Mary Fighiera Pérpetuo. Petrópolis, Rio de Janeiro: Vozes, 1995a.

LIPMAN, Matthew. Luísa. Tradução de Ana Luiza F. Falconi. São Paulo: Centro Brasileiro de Filosofia para Crianças, 1995b.

LIPMAN, Matthew; SHARP, Ann Margaret; OSCANYAN, Frederick S. A filosofia na sala de aula. Tradução de Ana Luiza Fernandes Marcondes. São Paulo: Nova Alexandria, 2001.

LORIERI, Marcos Antonio. Filosofia: fundamentos e métodos. Filosofia no ensino fundamental. São Paulo: Cortez, 2002. – (Coleção Docência em Formação)

MONTAIGNE, Michel de. Da educação das crianças. In: MONTAIGNE, Michel de. Ensaios. Tradução de Sérgio Milliet. São Paulo: Abril Cultural, 1980, p. 75-89. (Os pensadores)

PORTA, Mario Ariel González. A filosofia a partir de seus problemas. São Paulo: Edições Loyola, 2002.

RODRIGUES, Fabrício. Filosofia no Ensino Fundamental II: práticas argumentativas e civilidade. Dissertação. 2019. (Mestrado Profissional em Filosofia) – Universidade Federal do ABC, São Bernardo do Campo.

SHARP, Ann Margaret. Comunidade de Investigação: Educação para a Democracia. In: A Comunidade de Investigação e a Educação para o Pensar. Coleção Pensar, vol. II. Centro Brasileiro de Filosofia para Crianças. São Paulo, 1996, p. 37-47.

SILVEIRA, Renê José Trentin. A filosofia vai à escola? Contribuições para a crítica do Programa de Filosofia para Crianças de Matthew Lipman. Campinas, SP: Autores Associados, 2001. (Coleção Educação Contemporânea)




DOI: https://doi.org/10.5902/2448065743388

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Revista Digital de Ensino de Filosofia - REFilo

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

A Revista Digital de Ensino de Filosofia - REFilo agradece auxílio recebido por meio do Edital Pró-Revistas, da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, da Universidade Federal de Santa Maria. 

_____________________________________________________________