INTERAÇÕES SOCIAIS DE CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA: PECULIARIDADES DO CONCEITO HALLIWICK

Beatriz Dittrich Schmitt, Giandra Anceski Bataglion, Angela Teresinha Zuchetto, John Peter Nasser

Resumo


O objetivo desse estudo foi descrever as interações sociais de crianças com deficiênciaem aula utilizando Halliwick. Participaram cinco crianças (nadadores) e nove adultos(auxiliares). A aula foi filmada e as interações sociais foram categorizadas: nadadornadadorou nadador-assistente. Ocorreram 26 interações entre nadador-nadador e 153entre nadador-auxiliar. Houve maior quantidade de interações entre os nadadores eauxiliares devido a falta de independência das crianças na água e conseqüentenecessidade de auxílio. Conclui-se que as características do conceito Halliwickinfluenciaram as interações uma vez que ele prevê constante contato entre os envolvidospermitindo o estabelecimento de vínculos de confiança e amizade.

Palavras-chave


Natação; Comportamento social; Relações interpessoais; Crianças com deficiência.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/2316546418227

Direitos autorais



Avaliação Qualis Capes (2014):

B4- Educação Física / B3- Interdisciplinar e Psicologia / B5- Educação 

Periodicidade: contínua

ISSN: 2316-5464 online

DOI: 10.5902/23165464

email: kinesisrevista@ufsm.br


 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.