Estudo da regeneração natural, banco de sementes e chuva de sementes na reserva genética florestal de Caçador, SC.

Silvana Lucia Caldato, Paulo Alfonso Floss, Dorli Mário Da Croce, Solon Jonas Longhi

Resumo


Este estudo foi realizado na Reserva Genética Florestal de Caçador, no Estado de Santa Catarina no período de agosto de 1995 a janeiro de 1996. Para o estudo da regeneração natural foram instaladas 10 parcelas de 250 m² (10m x 25m). No interior das mesmas foram coletados a camada de solo juntamente com a serapilheira em até 3cm de profundidade em 40 pontos amostrais de 0,5m x 0,5m para a análise do banco de sementes no solo, e instalados 20 coletores com área de 0,5 m x 0,5 m para a avaliação da chuva de sementes. Os resultados mostram que apesar da Araucaria angustifolia ser a espécie dominante no estrato superior da floresta não apresenta indivíduos na regeneração natural e a Mimosa scabrella foi a espécie arbórea mais importante presente no banco de sementes no solo. As relações entre os três parâmetros avaliados evidenciam uma distribuição irregular das espécies na área de estudo.


Palavras-chave


Natural regeneration, Seed bank, Araucaria Forest.

Texto completo:

PDF

Referências


BUDOWSKI, G. Distribution of tropical American rain forest species, in the light of successional processes. Turrialba, México, v. 15, n.1, p.40 - 42, 1965.

CARVALHO, J.O. P. Manejo de regeneração natural de espécies florestais. Belém: EMBRAPA - CPATU, 1984. 22 p.

DA CROCE, D. M. Caracterização espacial estrutural e fitossociológica da Reserva Genética Florestal de Caçador - SC, através da análise de componentes principais e sistemas de informações geográficas. Santa Maria, 1991. 147 p. Dissertação ( Mestrado em Engenharia Agrícola) - Centro de Ciências Rurais, Universidade Federal de Santa Maria.

DANIEL , O.; JANKAUSKIS, J. Avaliação de metodologia para o estudo do estoque de sementes do solo. SÉRIE IPEF, Piracicaba, v. 41-42, p.18-26, 1989.

DARWIN, C. Origem das Espécies. Belo Horizonte: Ed. Itatiaia, São Paulo, 1985. 366 p.

FINOL, U. H. Nuevos parámetros a considerarse en el análisis estrutural de las selvas virgens tropicales. Rev. For. Venez., Merida, v. 14, n.21, p.29-42, 1971.

GARWOOD, N. C. Tropical Soil Seed Banks: a Review. In: LECK, M. A.; PARKER, T. V.; SIMPSON, R. L. eds. Ecology of soil seed banks. New York: Academic Press. 1989. p. 49-210.

GOREEESIO-ROIZMAN, L. G. Fitossociologia e dinâmica do banco de sementes de populações arbóreas de floresta secundária em São Paulo, SP. São Paulo, 1993. 184 p. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - Setor de Ecologia, Universidade de São Paulo.

KAGEYAMA, P. Y.; CASTRO, C.F.A.; CARPANEZZI, A. A. Implantação de matas ciliares: estratégias para auxiliar a sucessão secundária. In: SIMPÓSIO SOBRE MATA CILIAR (1989: São Paulo). Anais... Campinas: Fundação Cargill. 1989. p.130-143.

LONGHI, S. J. A estrutura de uma floresta natural de Araucaria angustifolia (Bert.) O. Ktze no sul do Brasil. Curitiba, 1980. 198 p. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Setor de Ciências Agrárias, Universidade Federal do Paraná.

NOGUEIRA, J. C. B. ; NOGUEIRA, L. T. Regeneração natural de mata ciliar na Estação Ecológica de Bauru. Revista do Instituto Florestal, Piracicaba, v. 3, n. 2, p. 157- 162, 1991.

SCHIMTZ, M. C. Banco de sementes no solo em áreas do reservatório da UHE Paraibuna. In: KAGEYAMA, P. Y. Recomposição da vegetação com espécies arbóreas nativas em reservatórios de usinas hidrelétricas da CESP.. SÉRIE IPEF, Piracicaba, v. 8, n.25, p. 7-8, out. 1992.

SIMPSON, R. L; LECK, M. A.; PARKER, V. T. Ecology of Soil Seed Banks. California: Academic Press, 1989. 385 p.

VÁSQUEZ-YANES, C. ; OROZCO-SEGOVIA, A. Seed viabillity, longevity and dormancy in Tropical Rain Forest. México, Centro de ecologia, UNAM, [19--].




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/19805098323

Licença Creative Commons