Monitoramento do teor de umidade de madeiras de Pinus elliottii Engelm. e Eucalyptus grandis W. Hill ex Maiden, sob diferentes temperaturas de secagem, através do ultra-som.

Leandro Calegari, Diego Martins Stangerlin, Elio José Santini, Clovis Roberto Haselein, Solon Jonas Longhi, Paulo Inácio Obregon do Carmo, Luiz Carlos Pinto da Silva Filho, Darci Alberto Gatto

Resumo


Com o objetivo de avaliar a viabilidade de uso da técnica ultra-sônica para estimar o teor de umidade da madeira durante o processo de secagem, amostras de Pinus elliottii Engelm. e Eucalyptus grandis W. Hill ex Maiden, com dimensões nominais 3,5 x 10 x 25 cm de espessura, largura e comprimento, respectivamente, foram submetidas às temperaturas de 20, 40 e 70ºC. Um equipamento ultra-sônico PUNDIT com transdutores de faces planas de 50 kHz foi utilizado para medir a velocidade de propagação do som na direção longitudinal da madeira. Os resultados indicaram aumento da velocidade ultra-sônica estimada em função da redução do teor de umidade. Essa relação mostrou-se válida no intervalo desde verde até o final da secagem, sendo que os melhores coeficientes de determinação ocorreram na madeira de eucalipto (R² = 81%). Embora não tenha sido observada uma influência da espécie na velocidade ultra-sônica, esta foi influenciada pela massa específica da madeira e pela temperatura de secagem. O efeito da massa específica foi diretamente proporcional para a madeira de pinus e inversamente proporcional para a madeira de eucalipto. A velocidade ultra-sônica apresentou tendência de redução com o aumento da temperatura de secagem para ambas as espécies, e os resultados obtidos sugerem que o método ultra-sônico apresenta bom potencial para o controle do processo de secagem.


Palavras-chave


secagem da madeira; ondas ultra-sônicas; controle de secagem; temperatura de secagem

Texto completo:

PDF

Referências


BEKHTA, P.; NIEMZ, P.; KUCERA, L. The study of sound propagation in the wood-based composite materials. In: INTERNATIONAL SYMPOSIUM ON NONDESTRUCTIVE TESTING OF WOOD, 12., 2000, Suíça. Abstract… Suíça: Wood NDT, 2000. Disponível em: http://www.ndt.net/abstract/wood00/ data/3.htm. Acesso em: 10 set. 2005.

BRASHAW, B.K.; WANG, X.; ROSS, R.J. et al. Relationship between stress wave velocities of green and dry veneer. Forest Products Journal, Madison, v. 54, n. 6, p. 85-89, 2004.

BUCUR, V.; LANCELEUR, P.; ROGE, B. Acoustic properties of wood in tridimensional representation of slowness surfaces. Ultrasonics, v. 1 a 8, n. 40. p.537-541, 2002.

CARRASCO, E.V.M.; AZEVEDO JÚNIOR, A.P. Avaliação não-destrutiva de propriedades mecânicas de madeiras através de ultra-som - fundamentos físicos e resultados experimentais. Cerne, Lavras, v. 9, n. 2, p. 178-191, 2003.

COSTA, O.A.L. da. Velocidade de propagação de ultra-som na madeira para diferentes condições de umidade. Campinas: UNICAMP, 2004. 47p. (Relatório de pesquisa)

DYK, H.V.; RICE, R.W. Ultrasonic wave velocity as a moisture indicator in frozen and unfrozen lumber. Forest Products Journal, Madison, v.55, n.6, p. 68-72, 2005.

FEENEY, F.E.; CHIVERS, R.C.; EVERTSEN, J.A. et al. The influence of inhomogeneity on the propagation of ultrasound in wood. Ultrasonics, v. 36, n. 1/5, p. 449-453, 1998.

GONÇALVES, R.; COSTA, O.A.L. Acompanhamento da secagem da madeira de pinus, eucalipto e embuia utilizando ultra-som. In: CONGRESSO IBERO-AMERICANO DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS FLORESTAIS, 2., 2002, Curitiba. Anais... Curitiba: UFPR. p. 1-10, 2002. 1 CD-ROM.

GREEN, D.W.; EVANS, J.W.; LOGAN, J. D. et al. Adjusting modulus of elasticity for changes in temperature. Forest Products Journal, Madison, v. 49, n. 10, p. 82-94, 1999.

GRUNDSTRÖM, F. Non-destructive testing of particleboard with sound and eigen frequency methods. 1998. 60f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) - Luleå University of Technology, Skellefteå, 1998.

OLIVEIRA, F.G.R. de; CANDIAN, M; LUCCHETTE, F.F. et al. Moisture content effect on ultrasonic velocity in Goupia glabra. Materials Research, v. 8, n.1, p. 11-14, 2005.

OLIVEIRA, F.G.R. de; SALES, A. Relationship between density and ultrasonic velocity in Brazilian tropical woods. Bioresource Technology, v. 97, p. 2443-2446, 2006.

PUCCINI, C.T. Avaliação de aspectos de qualidade da madeira utilizando o ultra-som. 2002. 139f. Tese (Doutorado em Engenharia Agrícola) - Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2002.

SANTINI, E.J. Alternativas para monitoramento e controle do processo de secagem de madeira serrada em estufa. 1996. 198f. Tese (Doutorado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 1996.

SMITH, A.W. The Elements of Physics. 3. ed. New York and London: McGraw McGraw-Hill, 1932.

SHIMOYAMA, V.R. de S. Estimativas de propriedades da madeira de Pinus taeda através do método não-destrutivo emissão de ondas de tensão, visando à geração de produtos de alto valor agregado. 2005. 151f. Tese (Doutorado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2005.

SIMPSON, W.T. Relationship between speed of sound and moisture content of red oak and hard maple during drying. Wood and Fiber Science, Madison, v.30, n.4, p.405-413, 1998.

SKAAR, C. Water in wood. New York: Syracuse University Press, 1972.

WANG, S.Y.; LIN, C.J.; CHIU, C.M. The adjusted dynamic modulus of elasticity above the fiber saturation point in Taiwania plantation wood by ultrasonic-wave measurement. Holzforschung, Berlin, v. 57, n. 5, p.547-552, 2003.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/198050981971

Licença Creative Commons