Clones de Eucalyptus versus a produção de polpa celulósica.

Paulo Fernando Trugilho, Maria Lucia Bianchi, José Lívio Gomide, José Tarcísio Lima, Lourival Marin Mendes, Fábio Akira Mori, Débora de Faria Ferreira Gomes

Resumo


A qualidade da madeira é definida pelas combinações entre as diversas características intrínsecas da árvore em função do seu uso. O objetivo do presente estudo foi avaliar essas características na madeira de clones de Eucalyptus visando à produção de polpa celulósica kraft de qualidade. Foram usados 15 clones, duas árvores de cada clone, num total de trinta árvores, todos com idades de 5,8 anos. As características avaliadas na madeira foram densidade básica, dimensões das fibras (comprimento da fibra, espessura de parede, diâmetro do lúmen) e composição química (teor de celulose, lignina, hemicelulose, extrativos e cinzas). Foram realizados quatro cozimentos Kraft para cada árvore, utilizando diferentes cargas de álcali ativo, para estabelecer a curva de deslignificação da amostra. Essas cargas de álcali foram selecionadas após realização de cozimentos exploratórios, objetivando obtenção de número kappa próximo a 18 na parte mediana da curva. Nos cozimentos, foram avaliados o rendimento depurado, a viscosidade da polpa celulósica e o álcali consumido. Os resultados de rendimento variaram de 43,4 a 52,0 %, o teor de álcali ativo utilizado de 17,5 a 23,4 %, o álcali consumido de 15,5 a 20,0% e a viscosidade de 19,9 a 61,4 cP.


Palavras-chave


<i>Eucalyptus</i>; polpação Kraft; celulose

Texto completo:

PDF

Referências


ASSOCIAÇÃO Brasileira de Celulose e Papel (Bracelpa). Disponivel em: .

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA TÉCNICA DE CELULOSE E PAPEL – ABTCP. Normas técnicas. São Paulo, 1974. Não paginado. Extrativos totais, Norma M 3/89. Solubilidade em NaOH a 1%, Norma M 5/68 Teor de cinzas ou minerais, Norma M 11/77.

BARRICHELLO, L.E.G.; BRITO, J.O.; BAZANELLI, A.V. Densidade básica e características das fibras de madeira de Eucaliptus grandis. In : CONGRESSO LATINO-AMERICANO DE CELULOSE E PAPEL, 3., 1983. Anais ... 1983. p. 112-125.

BROWNING, B.L. The chemistry of wood. New York : Interscience, 1963. 689 p.

COLLINS, D.J.; PILOTTI, C.A.; WALLIS, A.F.A. Correlation of chemical composition and kraft pulping properties of some Papua New Guinea reforestation woods. Appita Journal, v.43, n.3, p. 193-198, 1990.

DAHLMANN, G. ; SCHROETER, M.C. TAPPI Journal, v.73, n.4, p. 237-241, 1990.

DEMUNER, B.J. ; BERTOLUCCI, F.L.G. Seleção florestal: uma nova abordagem a partir de estimativas de parâmetros genéticos e fenotípicos para características da madeira e polpa de eucalipto. In: CONGRESSO ANUAL DE CELULOSE E PAPEL DA ABTCP, 26., 1993, São Paulo. Anais ... 1993. p. 411-423.

ELVERS, B. ; HAWKINS, S. (Eds). Ullman’s encyclopedia of industrial chemistry. 5. ed. New York : Gail Schulz, 1991. v.18

FRAZÃO, F. J. L. Características da madeira e da polpa kraft não branqueada de Eucaliptus deglupta Blume introduzido na região de Manaus – AM. In : CONGRESSO ANUAL DA ABCP, 19., 1986. Anais ... 1986. p. 79-87.

FOELKEL, C.E.B.; MORA, E.; MENOCHELLI, S. Densidade básica: sua verdadeira utilidade como índice de qualidade na madeira de eucalipto para produção de celulose. O Papel, v.53, n.5, p. 35-40, 1992.

FONSECA, S.M.; OLIVEIRA, R.C.; SILVEIRA, P.N. Seleção da árvore industrial. Revista Árvore, v.20, n.1, p. 69-85, 1996.

GOLDSCHIMID, O. Ultraviolet spectra. In: SARKANEN, K.V. ; LUDWIG, C.H. Lignins: occurrence, formation, structure and reations. New York : John Wiley & Sons, 1971. 915p.

GOMIDE, J.L. ; DEMUNER, B.J. Determinação do teor de lignina em material lenhoso: método Klason modificado. O Papel, n. 47 p. 36-38, 1986.

GONZAGA, J.V. et. al. Qualidade da madeira e da celulose kraft branqueada de treze espécies de Eucaliptus. CONGRESSO LATINO-AMERICANO DE CELULOSE E PAPEL, 3., 1983, São Paulo. Anais ...1983. p. 7-29.

HILLIS, W. E.; Eucalypts: Chemistry uses. Appita J., n.44, p. 239-244, 1991.

KENNEDY, F.; PHILLIPS, G. O. ; WILLIANS, P. A.; Wood and cellulosics: industrial utilization, biotechnology, structure and properties. Ellis Horwood, 1987. 702 p.

REZENDE, J. L. P. ;COELHO Jr., L. M.; OLIVEIRA, A D. A economia florestal mineira vis-à-vis a economia florestal brasileira. In : ANAIS: sólidos de Eucalipto: avanços científicos e tecnológicos. Lavras : 2002. p. 1-64.

SANTOS, C.R. Métodos não-convencionais para determinação de celulose como parâmetro de seleção de árvores matrizes visando a produção de polpa kraft-AQ. 2000. 117 p. Dissertação (Mestrado) - ESALQ-USP, Piracicaba, 2000.

SILVA, D. J. Impacto da qualidade da madeira na deslignificação, no branqueamento e nas propriedades físico-mecânicas da polpa de eucalipto. 1996. 103 p. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Viçosa, Vicosa, 1996.

VITAL, B. R. Métodos de determinação da densidade da madeira. Viçosa : SIF, 1984. p. 21 (Boletim técnico, 1).




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/198050981832

Licença Creative Commons