POLPAÇÃO KRAFT E KRAFT/AQ DA MADEIRA PRÉ-HIDROLISADA DE Eucalyptus urograndis

Rafael dos Santos, Julio Antonio de Mello Júnior, José Cláudio Caraschi, Gustavo Ventorim, Felipo Augusto Pereira

Resumo


A madeira do gênero Eucalyptus ocupa um lugar de destaque em relação a outras fontes de celulose, devido a sua composição química, seu baixo custo, abundância e disponibilidade. Dentre os processos de polpação química, o processo kraft é o mais extensivamente utilizado para produção de polpas celulósicas a partir da madeira de eucalipto. O uso de antraquinona (AQ) na polpação tem como principais finalidades aumentar a taxa de deslignificação, bem como proteger a polpa quanto à degradação dos polissacarídeos. O presente trabalho objetivou utilizar a antraquinona como aditivo no cozimento visando reduzir a carga de sulfidez aplicada no processo sem prejudicar a qualidade da polpa. Os cozimentos kraft e kraft/AQ foram realizados em digestor rotativo laboratorial variando-se inicialmente o álcali ativo (10, 13, 16 e 19%) e, posteriormente, a sulfidez (5, 10, 15, 20 e 25%), mantendo-se as demais condições constantes visando obter polpa com número kappa próximo de 9. A partir da variação do álcali ativo e da sulfidez foram estabelecidas curvas de deslignificação entre álcali ativo e número kappa e, sulfidez e número kappa, de onde foi possível estabelecer as quantidades mínimas necessárias de álcali, bem como de sulfidez. A partir dos cozimentos foi possível estabelecer as cargas de álcali ativo e sulfidez de 17,4% e 8,8%, respectivamente. O cozimento em condições determinadas apresentou rendimento depurado de 48,63%, sendo que o rendimento com base na massa inicial de madeira foi de 42,24%, gerando uma polpa de elevada qualidade, ou seja, com baixo número kappa e teor de hemiceluloses (0,41%) e elevado teor de alfa celulose (98,49%).


Palavras-chave


antraquinona; polpação; polpa solúvel; eucalipto.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, J. M.; SILVA, D. J. Avaliação técnica do uso de antraquinona na polpação kraft e suas perspectivas econômicas. In: CONGRESSO ANUAL DE CELULOSE E PAPEL, 36., 2003, São Paulo. Anais... São Paulo: ABTCP, 2003. 9 p.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 11941: Madeira – Determinação da densidade básica. Rio de Janeiro, 2003. 6 p.

BASSA, A. G. M. C. Misturas de madeira de Eucalyptus grandis x Eucalyptus urophylla, Eucalyptus globulus e Pinus taeda para produção de celulose Kraft através do Processo Lo-Solids®. 2006. 170 f. Dissertação (Mestrado em Recursos Florestais) - Departamento de Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz", Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2006.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE CELULOSE E PAPEL. Relatório Estatístico 2009/2010. São Paulo: BRACELPA, 2011. Disponível em: . Acesso em: 10 abr. 2012.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE CELULOSE E PAPEL. Relatório Estatístico 2010/2011. São Paulo: BRACELPA, 2012. Disponível em: . Acesso em: 15 mar. 2012.

CARVALHO, A. M.; NAHUZ, M. A. R. Valorização da madeira do híbrido Eucalyptus grandis x urophylla através da produção conjunta de madeira serrada em pequenas dimensões, celulose e lenha. Scientia Forestalis, Piracicaba, n. 59, p. 61-76, jun. 2001.

COSTA, M. M. et al. Produção de polpa solúvel totalmente isenta de cloro a partir de Eucalyptus spp. In: CONGRESSO ANUAL DE CELULOSE E PAPEL, 30., 1997, São Paulo. Anais... São Paulo: ABTCP , 1997. p. 115-125.

FOELKEL, C. E. B. et al. Controle das Emissões de H2S no forno de cal através de suas variáveis operacionais. In: CONGRESSO LATINO-AMERICANO DE CELULOSE Y PAPEL, 3., 1983, São Paulo. Anais... São Paulo: ABCP, 1983. p. 959-970. Disponível em: . Acesso em: 13 jan. 2010.

FOELKEL, C. E. B.; MORA, E.; MENOCHELLI, S. Densidade básica: sua verdadeira utilidade como índice de qualidade na madeira de eucalipto para produção de celulose. O Papel, São Paulo, v. 53, n. 5, p. 35-40, maio 1992.

FOELKEL, C. E. B.; ZVINAKEVICIUS, C.; ANDRADE, J. O. M. Processo de pré-hidrolise/Kraft para produção de celulose para dissolução a partir da madeira de eucalipto. O Papel, São Paulo, v. 40, p. 54-62, ago. 1979.

FONSECA, S. M.; OLIVEIRA, R. C.; SILVEIRA, P. N. Seleção da árvore industrial – procedimentos, riscos, custos e benefícios. Revista Árvore, Viçosa, MG, v. 20, n. 1, p. 69-85, 1996.

FRANCIS, R. C. et al. Soda pulping of hardwoods catalyzed by anthraquinone and methyl substituted anthraquinones. Journal of Wood Chemistry and Technology, Londres, v. 26, p. 141-152, 2006.

GOLDSCHMIDT, O. Ultraviolet Spectra. In: SARKANEN, K.; LUDWING, C. H. (Eds). Lignins: occurrence, formation, structure and reactions. New York: John Wiley & Sons, 1971. p. 241-298.

GOMIDE, J. L. et al. Caracterização tecnológica, para produção de celulose, da nova geração de clones de Eucalyptus do Brasil. Revista Árvore, Viçosa, MG, v. 29, n. 1, p. 129-137, 2005.

JERÔNIMO, L. H. Adição de antraquinona na polpa alcalina e sua influência na branqueabilidade de celulose de Eucalyptus saligna Smith. 1997. 69 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) – Tecnologia de Produtos Florestais, Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 1997.

JERÔNIMO, L. H.; FOELKEL, C. E. B.; FRIZZO, S. M. B. Adição de antraquinona na polpação alcalina de Eucalyptus saligna. Ciência Florestal, Santa Maria, v. 10, n. 2, p. 31-37, 2000a.

JERÔNIMO, L. H.; FOELKEL, C. E. B.; FRIZZO, S. M. B. Utilização de antraquinona na produção de polpa sulfato de Eucalyptus saligna e seus efeitos no branqueamento. In: CONGRESSO IBEROAMERICANO DE INVESTIGACIÓN EN CELULOSA Y PAPEL – CIADICYP, 1., 2000, Iguazú, Argentina. Anais... Iguazú, 2000b. 24 p.

MANHÃES, G. F.; LIMA, A. F. A special dissolving pulp from eucalyptus. In: BRAZILIAN SYMPOSIUM ON THE CHEMISTRY OF LIGNINS AND OTHER WOOD COMPONENTS, 7., 2001, Belo Horizonte. Proceedings... Viçosa: Universidade Federal de Viçosa, 2001. Session XII, p. 417-422.

MEZZOMO, L. X. Potencialidade de Eucalyptus cloeziana S. Muell, E. citriodora Hook, E. urophylla St. Blake e E. urophylla x grandis, cultivados na Bahia, para produção de celulose solúvel. 1996. 99 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) – Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 1996.

MILANEZ, A. Utilização de antraquinona na polpação kraft – Uma experiência em escala piloto e industrial. In: INTERNATIONAL COLLOQUIUM ON EUCALYPTUS KRAFT PULP, 1., 2003, Viçosa-MG, Brazil. Proceedings… Viçosa: UFV, 2003. p. 103-135.

SANTOS, S. R.; SANSÍGOLO, C. A. Deslignificação e resistências de polpas obtidas pelos processos Kraft, Kraft-AQ, Soda-AQ e Soda de madeira de Eucalyptus grandis. In: CONGRESSO IBEROAMERICANO DE INVESTIGACIÓN EN CELULOSA Y PAPEL - CIADICYP, 2., 2002, Campinas. Anais... Campinas: CIADICYP, 2002.

SCANDINAVIAN PULP, PAPER AND BOARD. SCAN-C15:62: Viscosity of Cellulose in Cupricethylenediamine Solution (CED). Stockholm, Sweden, 1962. 4 p.

SCANDINAVIAN PULP, PAPER AND BOARD. SCAN-C40:01: Wood chips for pulp production - Size Distribution. Stockholm, Sweden, 2001. 4 p.

SCANDINAVIAN PULP, PAPER AND BOARD. SCAN-C46:92: Wood chips for pulp production - Bulk Density. Stockholm, Sweden, 1992. 4 p.

SILVA, F. J. et al. Adição de antraquinona e redução da sulfidez para redução de emissões atmosféricas. In: CONGRESSO IBEROAMERICANO DE INVESTIGACIÓN EN CELULOSA Y PAPEL - CIADICYP, 1., 2000, Iguazú, Argentina. Anais... Iguazú: CIADICYP, 2000.

SILVA, F. J. et al. Efeito da redução da sulfidez, com adição de AQ, nas emissões poluentes e na qualidade da polpa Kraft de eucalipto. In: CONGRESSO ANUAL DE CELULOSE E PAPEL DA ABTCP, 34., 2001, São Paulo. Anais... São Paulo: ABTCP, 2001. 16 p.

SIXTA, H. Chemical Pulping Processes. In: HANDBOOK OF PULP. Austria: Wiley-VCH, 2006. v. 1, Chap. 4.

TAPPI. Testing Procedures of Technical Association of the Pulp and Paper Industry. In: TAPPI. Standard Method. Atlanta, USA, 2001. Cd-Rom.

WEHR, T. R. Variação nas características da madeira de Eucalyptus grandis Hill ex Maiden e suas influências na qualidade de cavacos em cozimentos Kraft. 1991. 84 f. Dissertação (Mestrado em Recursos Florestais) – Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Universidade de São Paulo, Piracicaba, 1991.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1980509825148