AVALIAÇÃO DO EFEITO DAS VARIÁVEIS DE PROCESSO NO BRANQUEAMENTO DE POLPA CELULÓSICA COM PERÓXIDO DE HIDROGÊNIO

Camila Juliane Marcondes, Gustavo Ventorim, Rafael dos Santos, Felipo Augusto Pereira

Resumo


O mercado de polpa celulósica branqueada tem trabalhado de modo a promover níveis de alvura com valores de 92% ISO obedecendo, contudo, às normas ambientais e buscando processos menos agressivos. Assim, o dióxido de cloro adicional que seria necessário para a elevação da alvura tem sido substituído pelo peróxido de hidrogênio. No presente trabalho, objetivou-se avaliar a influência da variação da carga de peróxido de hidrogênio, pressão e temperatura na sequência de branqueamento D0(E+P)D1(P+O). Para isto foi utilizada polpa kraft industrial, proveniente de híbrido de Eucalyptus urophylla X Eucalyptus grandis, pré-deslignificada com oxigênio, cujas características inicias eram: alvura de 61,8% ISO, viscosidade de 36,9 cP e número kappa de 8,9. O último estágio (P+O) foi realizado variando-se a carga de peróxido de hidrogênio (3 kg/t e 6 kg/t), a temperatura (95ºC e 105ºC) e a pressão (0 atm e 5 atm). Para avaliar o efeito de tais variações nas propriedades da polpa celulósica realizaram-se os testes de viscosidade, alvura e reversão de alvura de acordo com normas TAPPI. De modo geral, o aumento da carga de peróxido de hidrogênio (de 3 para 6 kg/t) proporcionou um pequeno incremento nos valores de alvura e uma pequena redução da viscosidade da polpa celulósica. O aumento de 10ºC na temperatura teve efeito positivo sobre o parâmetro de alvura, com acréscimo dos respectivos valores, por outro lado, para a viscosidade, os valores encontrados apresentaram tendência de redução. Para a variação de pressão de oxigênio observou-se também aumento da alvura e diminuição da viscosidade.


Palavras-chave


dióxido de cloro; peróxido pressurizado; número kappa.

Texto completo:

PDF

Referências


COLODETTE, J. L. Peroxide delignification and bleaching. In: ANNUAL NON-CHLORINE BLEACHING CONFERENCE, 3., 1994, Amelia Island. Proceedings… Amelia Island: [s. n.], 1994.

COLODETTE, J. L. et al. Aumentando a seletividade e eficiência no branqueamento com oxigênio pelo uso do metanol. O Papel, São Paulo, v. 54, n. 4, p. 26-36, 1993.

COMELATO, J. S. Efeito de reagentes de branqueamento nas propriedades físicas e mecânicas da polpa de celulose kraft de eucalipto. 2011. 113 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica – Materiais Lignocelulósicos) – Faculdade de Engenharia do Campus de Guaratinguetá, Universidade Estadual Paulista, Guaratinguetá, 2011.

COSTA, M. M. et al. Low environmental impact bleaching sequences for attaining high brightness level with eucalyptus spp pulp. Brazilian Journal of Chemical Engineering, São Paulo, v. 26, n. 1, p. 11-22, jan./mar. 2009.

EIRAS, K. M. M. et al. New insights on brightness stability of eucalyptus kraft pulp. Nordic Pulp and Paper Research Journal, Sundsvall, v. 23, n. 1, p. 102-107, jan. 2008.

GERMGÄRD, U.; NORDEN, S. OZP-Bleaching of kraft pulps to full brightness. In: INTERNATIONAL PULP BLEACHING CONFERENCE, 1994, Vancouver. Proceedings… Montreal: CPPA, 1994.

IGERUD, L. Mill experiences of Lignox bleaching. In: SUNDS DEFIBRATOR TECHNICAL SEMINAR, 9., 1992, Williamsburg. Proceedings… Williamsburg: [s. n.], 1992. p. 1-12.

KVAERNER PULPING TECHNOLOGIES AB (Sweden). Petter Tibbling; Ulla Ekström; Erik Nilsson; Lars-Ove Larsson. Process for peroxide bleaching of chemical pulp in a pressurized bleach vassel. US 5571377A, 22 dec. 1994, 5 nov. 1996.

MALMBERG, B.; EDWARDS, L. Dynamic modeling of pressurized peroxide stages with application to full bleach plant simulation. Tappi Journal, Atlanta, v. 6, n. 2, p. 9-17, apr. 2007.

MILANEZ, A. F.; COLODETTE, J. L.; CARVALHO, A. M. M. L. Condições ótimas para branquear polpa kraft de eucalipto com uma seqüência de três estágios. Scientia Forestalis, Piracicaba, v. 36, n. 78, p. 105-113, jun. 2008.

MOTA, S. F. et al. Pressurized hydrogen peroxide bleaching of Eucalyptus globulus pulps. Part I: effect of process variables. Nordic Pulp and Paper Research Journal, Sundsvall, v. 22, n. 1, p. 17-22, jan. 2007.

MOTA, S. M. F.; FERREIRA, L. M. G. A.; CARVALHO, M. G. V. S. Pressurized hydrogen peroxide bleaching of Eucalyptus globulus pulps. Part two: kinects. Nordic Pulp and Paper Research Journal, Sundsvall, v. 22, n. 1, p. 23-27, jan. 2007.

NAVARRO, R. M. S. Estudo dos diferentes tipos de processos de branqueamento de celulose objetivando a comparação entre seus métodos e a geração do potencial de poluentes em seus respectivos efluentes. 2004. 111 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) – Faculdade de Engenharia Química, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2004.

PEREIRA, E. R. Branqueamento de polpa kraft de eucalipto com perácidos e peróxido pressurizado. 1995. 70 f. Dissertação (Mestrado em Ciência Florestal) – Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, MG, 1995.

PESSOTI, J. P.; COLODETTE, J. L.; ARAÚJO, G. A. T. Otimização da sequência O/ODED(PO)D de um processo industrial de branqueamento de polpa kraft de eucalipto. In: CONGRESSO ANUAL DE CELULOSE E PAPEL, 30., 1997, São Paulo. Anais... São Paulo: ABTCP, 1997. p. 149-159.

RAGNAR, M. Alkaline extraction and a control strategy for the chlorine dioxide charge to the final stage in DED bleaching. Nordic Pulp and Paper Research Journal, Sundsvall, v. 18, n. 2, p. 162-167, feb. 2003.

ROBLES, Y. A. M.; SOUZA L. C.; LEPORINI FILHO, C. Avaliação de diferentes tecnologias de branqueamento para obtenção de polpa kraft de eucalipto. O Papel, São Paulo, v. 67, n. 7, p. 62-78, jul. 2006.

SIQUEIRA, J. L. D.; SILVA FILHO, L. L. Branqueamento de polpa Kraft de eucalipto – O papel do peróxido de hidrogênio. In: COLÓQUIO INTERNACIONAL SOBRE CELULOSE KRAFT DE EUCALIPTO, 2003, Viçosa, MG. Anais... Viçosa, MG: UFV, 2003. CD-ROM.

TECHNICAL ASSOCIATION OF THE PULP AND PAPER INDUSTRY. Testing Procedures of Technical Association of the Pulp and Paper Industry. In: ______. Standard Method. Atlanta: TAPPI, 2001. CD-ROM.

VENSON, I. Estudos em deslignificação de polpas kraft de Pinus spp. com oxigênio e peróxido. 2008. 136 f. Tese (Doutorado em Engenharia Florestal) – Setor de Ciências Agrárias, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2008.




DOI: https://doi.org/10.5902/1980509833463

Licença Creative Commons